Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

06
Jul05

Louis Pasteur

Praia da Claridade

Louis Pasteur   ( 27 de Dezembro de 1822 em Dole,  Jura,  França  -  28 de Setembro de 1895, Villeneuve-L'Etang, perto de Paris )   foi um químico francês cujas descobertas tiveram enorme importância na história da medicina.
A ele se deve a técnica conhecida como pasteurização (1).

Não foi um aluno especialmente aplicado ou brilhante na escola e nem mesmo na universidade.  Iniciou os seus estudos em Arbois e Besançon, transferindo-se para a Escola Normal Superior em 1843.
Após licenciar-se e assistir às aulas do grande químico francês Jean B. Dumas, começou a interessar-se pela química.

Exerceu o cargo de professor de química em Estrasburgo e posteriormente em Paris.

Descobriu em 1848 o dimorfismo do ácido tartárico, ao observar no microscópio que o ácido racémico (diz-se de uma variedade de ácido tartárico)  apresentava dois tipos de cristais, com simetria especular (diz-se de certos minerais compostos de lâminas brilhantes).
Foi portanto o descobridor das formas destrógiras e levógiras, comprovando que desviavam o plano de polarização da luz no mesmo ângulo, porém em sentido contrário. Esta descoberta valeu ao jovem químico, com apenas 26 anos de idade, a concessão da "Légion d'Honneur Francesa".

Em 1854 foi nomeado decano da Faculdade de Ciências na Universidade de Lille.

A pedido dos vinicultores e cervejeiros da região, começou a investigar a razão pela qual azedavam os vinhos e a cerveja. De novo, utilizando o microscópio, conseguiu identificar a levedura responsável pelo processo. Propôs eliminar o problema aquecendo a bebida lentamente até alcançar 48° C, matando, deste modo, as leveduras, e encerrando o líquido posteriormente em cubas hermeticamente seladas para evitar uma nova contaminação. Este processo originou a actual técnica de pasteurização dos alimentos. Demonstrou, desta forma, que todo processo de fermentação e decomposição orgânica ocorre devido à acção de organismos vivos.

Na Inglaterra, em 1865, o cirurgião Joseph Lister aplicou os conhecimentos de Pasteur para eliminar os microorganismos vivos em feridas e incisões cirúrgicas. Em 1871, o próprio Pasteur obrigou os médicos dos hospitais militares a ferver o instrumental e as bandejas que seriam utilizados nos procedimentos médicos.

Expôs a "teoria germinal das enfermidades infecciosas", segundo a qual toda enfermidade infecciosa tem a sua causa (etiologia) num micróbio  (2)  com capacidade de se propagar entre as pessoas.
Deve-se buscar o micróbio responsável por cada enfermidade para se determinar um modo de combatê-lo.

Pasteur passou a investigar os microscópicos agentes patogénicos, terminando por descobrir vacinas  (3), em especial a anti-rábica. Fundou em 1888 o Instituto Pasteur, um dos mais famosos centros de pesquisa da actualidade.

Anotações:

(1) - Em 1864, o químico francês Louis Pasteur criou o processo que leva o seu nome , conhecido actualmente como pasteurização, usado para destruir microrganismos patogénicos em produtos comestíveis. Posteriormente estes produtos são selados hermeticamente por questões de segurança, evitando assim uma nova contaminação.
O avanço científico de Pasteur melhorou a qualidade de vida dos humanos ao permitir que produtos como o leite pudessem ser transportados sem sofrerem decomposição.

Louis Pasteur (1822-1895), descobriu nos meados do século XIX que o aquecimento de certos alimentos e bebidas acima de 60º C  evitava a sua deterioração, reduzindo de maneira sensível o número de microorganismos presentes na sua composição.

No final do século XIX, os alemães iniciaram a aplicação do procedimento da pasteurização para o leite in natura, comprovando que o processo era eficaz para a destruição das bactérias existentes neste produto.

Deste modo, deram origem não só a um importante método de conservação, como também a uma medida higiénica fundamental para preservar a saúde dos consumidores e conservar a qualidade dos produtos alimentícios.

(2) - Na linguagem vulgar, chamam-se micróbios aos seres vivos que só se podem ver com o auxílio de um microscópio. Normalmente, refere-se aos organismos que se encontram na água, nos alimentos, dentro de outros organismos ou no meio ambiente e que podem causar doenças ao homem ou aos animais ou plantas com importância na sua vida.

Neste contexto, micróbios significa as bactérias, os vírus e alguns protozoários, como o plasmódio da malária. Malária ou Paludismo é uma doença infecciosa aguda ou crónica causada por protozoários parasitas do género Plasmodium, transmitidos pela picada do mosquito Anopheles. A malária mata 2 milhões de pessoas/ano, uma taxa só comparável à SIDA/AIDS, e afecta mais de 500 milhões todos os anos.
É a principal parasitose tropical, e uma das mais frequentes causas de morte em crianças nesses países (mata um milhão de crianças com menos de 5 anos em cada ano).

A disciplina que estuda os micróbios é tradicionalmente chamada microbiologia.

(3) - As vacinas  são substâncias que, ao serem introduzidas no organismo, suscitam uma reacção do sistema imunológico semelhante à que ocorreria no caso de uma infecção por um determinado agente patogénico, por forma a tornar o organismo imune a esse agente (e às doenças por ele provocadas).

São, geralmente, produzidas a partir de agentes patogénicos (vírus ou bactérias) previamente enfraquecidos.
A descoberta da vacina deve-se às pesquisas de Louis Pasteur.
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D