Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

21
Jul05

O algodão

Praia da Claridade
O  algodão  é uma fibra branca ou esbranquiçada obtida dos frutos de algumas espécies do género Gossypium, família Malvaceae. Há muitas espécies nativas das áreas tropicais da África, Ásia e América, e desde o final da última Era Glacial os tecidos já eram confeccionados com algodão. Actualmente, somente 4 espécies são aproveitadas em larga escala para a confecção de tecidos e instrumentos médicos.

Descrição

As fibras são colhidas manualmente ou com a ajuda de máquinas.
De uma forma ou de outra, as fibras sempre contêm pequenas sementes negras e triangulares que precisam de ser extraídas antes do processamento das fibras. As fibras são, de facto, pêlos originados da superfície das próprias sementes. Estas sementes ainda são aproveitadas na obtenção de um óleo comestível.

Nos primeiros 28 dias após a abertura da flor, as referidas células crescem rapidamente em comprimento, até 91 % do comprimento final. Em seguida, o crescimento dos 9% finais torna-se lento e estabiliza-se em torno dos 47-51 dias do florescimento. Aos 21 dias, a parede da célula resume-se, basicamente, em cutícula e camada fina, de celulose.

Fase de deposição de celulose

De 21 até os 52-56 dias após a abertura da flor, a deposição de celulose é intensa (96%), com o consequente engrossamento da parede secundária por camadas concêntricas sucessivas de material depositado, de fora para dentro da fibra. A deposição dos 4% finais é de forma lenta e estabiliza-se aos 61-64 dias do florescimento.
A temperatura e a luminosidade influenciam decisivamente na quantidade de celulose depositada, que se associa ao grau de maturação da fibra de algodão. Esse comportamento é mostrado na fase de deposição de celulose na fibra.

Fase de abertura dos frutos (maçãs)

Nos últimos 8-9 dias antes da abertura das maçãs, a deposição de celulose é mais lenta. A expansão da massa de fibras, aliada ao aumento da pressão interna, e o processo de desidratação gradual da casca da maçã provocam a sua própria abertura, que passa a ser denominada de capulho.

Capulho de algodão aberto (fibra madura)

Com a abertura dos frutos ocorre perda de água com grande rapidez, provocando a contracção das fibras sobre si. Há colapso da forma tubular, com achatamento das fibras que assumem, na sua secção transversal, a forma característica de grão de feijão. Aparecem, ao longo das fibras achatadas, os pontos de reversão ora para um lado, ora para o outro, conferindo-lhes a sua qualidade de fiabilidade.

Estrutura da fibra

Aparência de verniz. Contém cera, gomas, pectinas e óleos.
A cera é responsável pelo controle da absorção de água.

Cutícula

É a parte mais externa da fibra e constitui uma camada de protecção, fina e resistente, composta pela fibra. É a camada situada logo abaixo da cutícula.

Parede primária

É constituída por celulose, na forma de fibrilas microscópicas dispostas transversalmente em relação ao comprimento da fibra, em espirais Dextro ou levógiras. Numa mesma fibra, o sentido das espirais não muda. A formação da parede primária determina o comprimento da fibra. Essa parede contém outras substâncias também, como açucares, pectinas e proteínas.

Parede secundária

A parede secundária localiza-se abaixo da parede primária, representando a maior parte da espessura desta. É constituída de várias camadas concêntricas de celulose quase pura, na forma de fibrilas cristalinas aglomeradas em espirais, cujo sentido muda ao longo de uma mesma fibra. Da sua natureza dependem fundamentalmente a resistência e a maturidade da fibra.

Lume ou lumem

É o canal central da fibra. De secção circular durante a formação desta, passa a ter contorno irregular após o processo de desidratação (colapso). Contém resíduo proteico do protoplasma da célula que originou a fibra.
A fibra madura apresenta paredes relativamente espessas, com menos torções e lumem reduzido, ao passo que fibras imaturas são mais achatadas, contorcidas, com paredes delgadas lumem amplo.

Composição química

O principal componente da fibra de algodão é a celulose, que representa a maior parte da sua composição química.
A cadeia de celulose é constituída por moléculas de glicose. A disposição destas moléculas na cadeia é denominada de celulose amorfa e cristalina, e tem importante papel nas características das fibras. Depois da celulose, a cera constitui-se de grande importância na fibra de algodão.
É responsável pelo controle de absorção de água pela fibra e funciona como lubrificante entre as fibras durante os processos de estiragem na fiação.

Composição química aproximada da fibra de algodão, determinada em vase seca:

  • Celulose.................................94,0 %
  • Proteínas..................................1,3 %
  • Cinzas.......................................1,2 %
  • Substâncias pécticas...............0,9 %
  • Ácidos málicos, cítrico, etc.....0,8 %
  • Cera..........................................0,6 %
  • Açúcares totais........................0,3 %
  • Não dosados.............................0,9 %
  • TOTAL.....................................100 %

Propriedades físicas

As propriedades físicas da fibra determinam a sua qualidade ou valor tecnológico. No entanto, o conceito de qualidade do algodão sofreu modificações no passado em função das determinações tecnológicas comummente realizadas. Antigamente o valor do algodão era considerado apenas em função do comprimento da fibra e do tipo comercial, sendo o primeiro determinado manualmente pelos classificadores e o segundo, visualmente, em função da limpeza, aparência, cor e aspectos de beneficiamento.
A pesquisa tem revelado a importância de outras características físicas, utilizando aparelhos adequados, cuja evolução foi rápida nas últimas décadas. Hoje em dia, a maioria das indústrias já leva em consideração o Índice Micronaire, a tenacidade da fibra e a maturidade na avaliação da matéria-prima.
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D