Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

16
Set05

O Panteão Nacional

Praia da Claridade
 
O Panteão Nacional, em Portugal, situa-se na freguesia de São Vicente de Fora, em Lisboa, na Igreja de Santa Engrácia.
O actual edifício está no local onde já tinha sido erigida uma igreja em 1568, por ordem da Infanta D. Maria, filha de D. Manuel I, por ocasião da criação da antiga freguesia de Santa Engrácia.

Panteão, que, etimologicamente, deriva de pan (todo) théos (deus), significa, literalmente, o templo que é dedicado a todos os deuses. Mais tarde, com o monoteísmo, os panteões foram reformulados para servir de última morada àqueles que através dos seus feitos engrandeceram a sua Pátria (intelectuais, estadistas, artistas, etc).

O templo passou a ter a função de Panteão a partir de 1916. Entre as personagens ilustres que aí estão sepultadas, encontramos Amália Rodrigues, depois de se alterarem as disposições legais que apenas permitiam a trasladação para o Panteão Nacional, quatro anos após a morte da individualidade. No mesmo local encontram-se os restos mortais dos escritores João de Deus, Almeida Garrett e Guerra Junqueiro.
Os Presidentes da República portugueses Teófilo Braga, Sidónio Pais e Óscar Carmona estão também aí sepultados.

São também evocados no Panteão Nacional, através de cenotáfios, as personalidades de Luís de Camões, Pedro Álvares Cabral, Afonso de Albuquerque, Nuno Álvares Pereira, Vasco da Gama e do Infante D. Henrique, ainda que os seus corpos aí não estejam presentes.

Cenotáfio (grego: kenos, vazio; taphos, túmulo)  é um memorial fúnebre erguido para homenagear alguma pessoa ou grupo de pessoas cujos restos mortais estão noutro local, ou estão em local desconhecido.

Igreja de Santa Engrácia

A igreja original foi constantemente alvo de modificações e alterações, de tal modo que hoje nada resta dela. A versão original foi vítima de um temporal, em 1681. A primeira pedra do novo edifício barroco, lançada em 1682, marcou o início de uma saga de 284 anos. As obras mantiveram-se durante tanto tempo que se deu azo à expressão popular "obras de Santa Engrácia" para designar algo que nunca mais acaba. A igreja só foi terminada em 1966.

O interior está pavimentado com mármore colorido e coroado por uma cúpula gigante. Como Panteão Nacional abriga os cenotáfios de heróis da história portuguesa, tais como Vasco da Gama e Afonso de Albuquerque, vice-rei da Índia, à esquerda, Henrique o Navegador e Luís de Camões, à direita. Também aqui se encontra o túmulo da fadista Amália Rodrigues, ícone cultural para os Portugueses.
Fonte: Wikipédia.
 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D