Sábado, 24 de Setembro de 2005

Constelações do Zodíaco


Em 1888, a União Astronómica Internacional dividiu o céu em 88 constelações oficiais, com fronteiras precisas. Desta forma, cada direcção no céu pertence necessariamente a uma (e apenas uma) delas. Elas foram baptizadas, na sua maioria, de acordo com a tradição proveniente da Grécia antiga, e os seus nomes oficiais são sempre em latim.

O conceito de Zodíaco tem interpretações diferenciadas nas astrologias ocidental, chinesa e védica.

Na astrologia Ocidental, o Zodíaco é representado como uma circunferência onde estão colocados os planetas da forma como se apresentavam no céu no momento do nascimento do assunto estudado (que pode ser uma pessoa, cidade, País, etc.) - Este é o "Mapa astrológico" da pessoa ou evento.

Os 360 graus da circunferência estão divididos em 12 signos zodiacais (Áries, Touro, Gémeos, Câncer, Leão, Virgem, Libra, Escorpião, Sagitário, Capricórnio, Aquário e Peixes) e cada um é regido por um planeta (Marte, Vénus, Mercúrio, Lua, Sol, Mercúrio, Vénus, Plutão, Júpiter, Saturno, Urano e Neptuno, respectivamente).

Tradicionalmente, o Zodíaco contém as seguintes doze constelações:

  • Áries, o Carneiro
  • Taurus,  o  Touro
  • Gemini,  os  Gémeos
  • Câncer,  o  Caranguejo
  • Leo,  o  Leão
  • Virgo,  a  Virgem
  • Libra,  a  Balança
  • Scorpius,  o  Escorpião
  • Sagittarius,  o  Sagitário,  o arqueiro
  • Capricornus,  o  Capricórnio,  a cabra do mar
  • Aquarius,  o  Aquário,  o carregador de água
  • Pisces,  os  Peixes


Áries, o Carneiro - O genitivo, usado para formar nomes de estrelas, é Arietis. Na mitologia, este era o carneiro cuja lã se transformou em ouro, esperando a ocasião da busca de Jasão e os Argonautas.
As constelações vizinhas, de acordo com as fronteiras modernas, são Perseus, Triangulum, Pisces, Cetus e Taurus.

Taurus, o Touro - O genitivo, usado para formar nomes de estrelas, é Tauri. Este é o touro mitológico em que Zeus se transformou para seduzir Europa, uma princesa fenícia.
As constelações vizinhas, de acordo com as fronteiras modernas, são Auriga, Perseus, Aries, Cetus, Eridanus, Orion e Gemini.
A constelação do Touro é formada apenas pela cabeça, ombros e membros anteriores do touro. Na literatura grega foi chamada o Busto, representando o touro que raptou Europa, e a sua parte posterior estava submersa nas ondas. As estrelas são representadas como um touro em posição de ataque, os chifres enormes abaixados.

Gemini, os Gémeos - O genitivo, usado para formar nomes de estrelas, é Geminorum. Eles representam Castor (α) e Pólux (β), irmãos de Helena de Tróia, na mitologia grega. O planeta Plutão foi descoberto próximo a Wasat, δ Gem, em 1930, por Clyde Tombaugh.
As constelações vizinhas, de acordo com as fronteiras modernas, são Lynx, Auriga, Taurus, Orion, Monoceros, Canis Minor e Cancer.

Cancer, o Caranguejo - O genitivo, usado para formar nomes de estrelas, é Cancri. 55 Cancri possui um sistema planetário com dois planetas confirmados. A massa de um deles é 0,84 vezes a de Júpiter, e a do outro é estimada em 5 vezes esta última.
As constelações vizinhas, de acordo com as fronteiras modernas, são Lynx, Gemini, Canis Minor, Hydra e Leo.

Leo, o Leão - O genitivo, usado para formar nomes de estrelas, é Leonis. Wolf 359, que é uma das estrelas mais próximas do Sistema Solar, encontra-se nesta constelação.
As constelações vizinhas, de acordo com as fronteiras modernas, são Ursa Major, Leo Minor, Cancer, Hydra, Sextans, Crater, Virgo e Coma Berenices.

Virgo, a Virgem - O genitivo, usado para formar nomes de estrelas, é Virginis. Uma das identidades mitológicas da Virgem é Témis, deusa da justiça, que, desgostosa com o comportamento humano, ascendeu ao céu. Um de seus atributos era a balança, daí a proximidade das duas constelações.
As suas vizinhas, de acordo com as fronteiras modernas, são Boötes, Coma Berenices, Leo, Crater, Corvus, Hydra, Libra e Serpens Caput.

Libra, a Balança - O genitivo, usado para formar nomes de estrelas, é Librae. Representando a balança segurada pela Virgem, a Justiça, esta constelação também foi, por muito tempo, considerada parte do Escorpião.
As constelações vizinhas, de acordo com as fronteiras modernas, são Serpens Caput, Virgo, Hydra, Lupus, Scorpius e Ophiuchus.

Scorpius, o Escorpião - O genitivo, usado para formar nomes de estrelas, é Scorpii. O seu inimigo mitológico é Orion, o caçador, e as constelações estão de facto em pontos diametralmente opostos do céu.
As constelações vizinhas, de acordo com as fronteiras modernas, são Sagittarius, Ophiuchus, Libra, Lupus, Norma, Ara e Corona Australis.

Sagittarius, o Arqueiro - O genitivo, usado para formar nomes de estrelas, é Sagittarii. O centro da Via Láctea encontra-se nesta constelação.
As constelações vizinhas, de acordo com as fronteiras modernas, são Aquila, Scutum, Serpens Cauda, Ophiuchus, Corona Australis, Telescopium, Microscopium e Capricornus.

Capricornus -  O genitivo, usado para formar nomes de estrelas, é Capricorni; a constelação é conhecida em português como Capricórnio. Os antigos associavam-na a uma cabra ou cabra-do-mar.
As constelações vizinhas, de acordo com as fronteiras modernas, são Aquila, Sagittarius, Microscopium, Piscis Austrinus e Aquarius.

Aquarius -  O genitivo, usado para formar nomes de estrelas, é Aquarii e a abreviação oficial adoptada pela União Astronómica Internacional é Aqr;  a constelação é conhecida em português como Aquário, o portador de água. A região do céu em que ela se encontra é conhecida como o Mar ou a Água, devido à proximidade de constelações como Cetus, a Baleia, Pisces, os Peixes, e o rio Eridanus (Erídano). Este é, por vezes, representado como fluindo do vaso do Aquário. Os antigos viam, nessa constelação, a figura de um homem vertendo água de uma ânfora.
As constelações vizinhas, de acordo com as fronteiras modernas, são Pisces, Pegasus, Equuleus, Delphinus, Aquila, Capricornus, Piscis Austrinus, Sculptor e Cetus.

Pisces, os Peixes -  O genitivo, usado para formar nomes de estrelas, é Piscium. A estrela α Psc é conhecida como Alrisha, significando "o nó"; este seria o nó da corda usada para atar os peixes em que Afrodite e Eros se transformaram para escapar de Tífon.
As constelações vizinhas, de acordo com as fronteiras modernas, são Triangulum, Andromeda, Pegasus, Aquarius, Cetus e Aries.
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Publicado por: Praia da Claridade às 00:09
Link do post | comentar
2 comentários:
De Anónimo a 26 de Setembro de 2005 às 10:47
Vejo com muito agrado que teve disposição para mudar o visual e para melhor. Penso que a foto do nome é tirada do pavilhão de Chá ou perto.
Quanto às constelações, se tiver tempo, um dia destes mando-lhe por mail umas dicas mais referidas à Astronomia do que à Astrologia visto que quanto a esta, isto está de mestre IOI
Um abraçoVô-Zé
</a>
(mailto:martins-ze@sapo.pt)


De Anónimo a 24 de Setembro de 2005 às 12:09
Filipe,Gosto muito da nova apresentação do teu blog!! BeijosMAR Y SOL
(http://ricavida.blogs.sapo.pt)
(mailto:marysol@sapo.pt)


Comentar Artigo

FILIPE FREITAS

Pesquisar neste blog

 

Os 50 Artigos mais Recentes

Batalha da Roliça

Revolução dos Cravos

Massacre de Lisboa de 150...

O Alasca foi vendido

Páscoa: este ano é muito ...

Feliz Dia de São Valentim...

Padre António Vieira

Centenário do Regicídio d...

Descoberta da Vacina

Daguerreótipo

Feliz Ano de 2008 !

Lua Azul

Fossa das Marianas

Flor-do-Natal

Calçada da Fama

Beatriz Costa

Frank Sinatra

Tubarão-touro

Miguel de Vasconcelos

Restauração da Independên...

Egas Moniz

Maiores campos de gelo e ...

Tumba de Herodes

A Bela Adormecida na Figu...

Bola de ténis

Qual a cidade mais fria d...

Tautologia

O maior grupo de lagos de...

Macaronésia

Chuva de estrelas

Erupções vulcânicas

Lenda de São Martinho

Mário Viegas

Muro de Berlim

Libelinha

Castanhas

Falha de Santo André

Quinze anos ao telemóvel

Fotografia Aérea com Papa...

Chuva de animais

Pseudo-fruto

Elevador da Glória

1.º avião do mundo

Maçã

Funicular

Amistad

Turbante

O primeiro satélite artif...

José Hermano Saraiva

Masseiras

Arquivos Mensais

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Temas

acidentes

açores

actores

alimentação

ambiente

animais

arquitectura

artes

astrologia

astronáutica

astronomia

aves

aviação

brasil

cantinhos de portugal

cantores

capitais

ciências ocultas

civilizações

crustáceos

culinária

curiosidades

desportos

electrónica

energia

fenómenos

festividades

figueira da foz

filosofia

geografia

guerra

história de portugal

história mundial

humor

informática

insectos

lazer

lisboa

literatura

locais sagrados

madeira

máquinas

mar

medicina

medicina natural

mistérios

monumentos

música

natureza

oceanos

palácios

peixes

pensamentos

pessoas célebres

poemas

poetas

religião

relíquias

rios

saúde

superstições

tecnologias

tradições

transportes

turismo

união europeia

todas as tags