Segunda-feira, 26 de Setembro de 2005

Península do Sinai

PeninsulaSinai.jpg              Sinai.JPG

 

Sinai é uma península montanhosa e desértica do Egipto, entre os Golfos de Suez e Aqaba. Este nome vai buscar a sua origem no deus Sin, deus da Lua. Por isso se diz que Sinai é a "Terra da Lua"; e a terra das águas turquesas da Paz. Ocupa uma posição estratégica que une dois continentes - África e Ásia - separando também dois mares - o Mediterrâneo e o Mar Vermelho. A Península tem uma superfície de 61.000 Km2 em forma triangular dividindo-se em duas partes: Sinai do norte e do sul. A sua fauna é muito variada e extremamente rica especialmente em aves. Também a flora é de grande valor, possuindo mais de 5.000 classes de plantas diferentes.
O Golfo de Aqaba (em árabe: Bahr el-Akabah), também chamado de Golfo de Eilat, consiste na baía nordeste do Mar Vermelho e separa a Arábia da Península do Sinai.

Toda esta região se tornou conhecida devido aos seus muito numerosos poços subterrâneos - é a terra do petróleo, do ouro e de toda a espécie de minerais. Nela convivem pessoas de diferentes credos religiosos. Por esta Península passaram todos os profetas.

Segundo a Bíblia, foi no Monte Sinai que Jeová deu o Decálogo a Moisés.
Os Dez Mandamentos ou Decálogo - do grego (deka), «dez» e (lógoi), «palavras» - é o nome dado aos dez mandamentos da Lei de Deus que, segundo a Bíblia, foram transmitidos a
Moisés no Monte Sinai.
Segundo o
Livro do Êxodo, Moisés conduziu 600 mil judeus escravizados para fora do Egipto, atravessando o Mar Vermelho. No sopé do monte Sinai, recebeu as duas "Tábuas da Lei" com os Dez Mandamentos da Lei de Deus.
O Livro do Êxodo conta a história da saída do povo de Israel do Egipto, onde foram escravos durante 400 anos.

A península foi ocupada pelo exército de Israel em 1967, durante a guerra dos Seis Dias.

Em Sinai encontram-se:
  • O Templo de Sirapid El Jadem: da época faraónica e dedicado à deusa Hator.
  • A Fortaleza do Soldado: que data da época de Saladino.
  • O Convento de Santa Catarina: construído no século IV compreende a Igreja Principal construída no ano 342 e a Igreja de Alika. O convento também possui uma biblioteca com milhares de livros antigos, exemplares únicos escritos em vários idiomas. Este convento é possuidor da mais antiga colecção de ícones do mundo cristão.
Turismo de Lazer, Terapêutico e de Aventura

Sinai possui praias maravilhosas nas quais se podem praticar desportos náuticos como o mergulho. A região é mesmo intitulada a meca dos mergulhadores, dos centros terapêuticos, dos desportos de aventura, dos safaris em 4x4, dos percursos em motos de três rodas pelo deserto, dos passeios de camelo desfrutando de lugares com espécies animais únicas e paisagens insólitas.

Turismo de desportos náuticos

Sharm el Sheikh é a zona mais conhecida pelos mergulhadores de todo o mundo.
Sharm el Sheikh está na península do Sinai, junto do Mar Vermelho. É a maior estação balnear do Egipto. É reputada por causa da grande quantidade de corais na sua costa.

Reservas naturais e zonas protegidas

Rash Mohamed é uma zona única em todo o mundo: compreende áreas de mananciais de água quente (mananciais são todas as fontes de água, superficiais ou subterrâneas, que podem ser usadas para o abastecimento público. Isso inclui, por exemplo, rios, lagos, represas e lençóis freáticos), espécies únicas de plantas e aves e, ainda, do maior agrupamento de corais.
Fonte: Wikipédia
 .
Publicado por: Praia da Claridade às 00:15
Link do post | comentar
2 comentários:
De Anónimo a 26 de Setembro de 2005 às 16:17
Olá Filipe! Não fazia ideia que tinhas problemas graves, mas acho que toda a gente, no mundo iteiro tem problemas graves, uns de uma maneira e outros de outra. Queria agradecer o teu comentário no meu blog. Assim como tu me desejaste as melhoras, o mesmo te digo a ti. Um enorme beijo e continua a ter muitos sonhos encantados.sonhos encantatos
(http://www.marisocas.blogs.sapo.pt)
(mailto:mac_marisa@yahoo.com.br)


De Anónimo a 26 de Setembro de 2005 às 13:39
ola filipe. desculpa a minha ausencia mas tu sabes, tenho andado com a minha vida de pantanas. quando acalmar voltarei. abraço da leonorleonoretta
</a>
(mailto:eximproviso@hotmail.com)


Comentar Artigo

FILIPE FREITAS

Pesquisar neste blog

 

Os 50 Artigos mais Recentes

Batalha da Roliça

Revolução dos Cravos

Massacre de Lisboa de 150...

O Alasca foi vendido

Páscoa: este ano é muito ...

Feliz Dia de São Valentim...

Padre António Vieira

Centenário do Regicídio d...

Descoberta da Vacina

Daguerreótipo

Feliz Ano de 2008 !

Lua Azul

Fossa das Marianas

Flor-do-Natal

Calçada da Fama

Beatriz Costa

Frank Sinatra

Tubarão-touro

Miguel de Vasconcelos

Restauração da Independên...

Egas Moniz

Maiores campos de gelo e ...

Tumba de Herodes

A Bela Adormecida na Figu...

Bola de ténis

Qual a cidade mais fria d...

Tautologia

O maior grupo de lagos de...

Macaronésia

Chuva de estrelas

Erupções vulcânicas

Lenda de São Martinho

Mário Viegas

Muro de Berlim

Libelinha

Castanhas

Falha de Santo André

Quinze anos ao telemóvel

Fotografia Aérea com Papa...

Chuva de animais

Pseudo-fruto

Elevador da Glória

1.º avião do mundo

Maçã

Funicular

Amistad

Turbante

O primeiro satélite artif...

José Hermano Saraiva

Masseiras

Arquivos Mensais

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Temas

acidentes

açores

actores

alimentação

ambiente

animais

arquitectura

artes

astrologia

astronáutica

astronomia

aves

aviação

brasil

cantinhos de portugal

cantores

capitais

ciências ocultas

civilizações

crustáceos

culinária

curiosidades

desportos

electrónica

energia

fenómenos

festividades

figueira da foz

filosofia

geografia

guerra

história de portugal

história mundial

humor

informática

insectos

lazer

lisboa

literatura

locais sagrados

madeira

máquinas

mar

medicina

medicina natural

mistérios

monumentos

música

natureza

oceanos

palácios

peixes

pensamentos

pessoas célebres

poemas

poetas

religião

relíquias

rios

saúde

superstições

tecnologias

tradições

transportes

turismo

união europeia

todas as tags