Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

30
Set05

Os Vulcões

Praia da Claridade
 
Vulcão
é uma estrutura geológica criada quando
Todas estas actividades podem ser um perigo potencial para o Homem. Para além disso a actividade vulcânica é muitas vezes acompanhada por
magma, gases e partículas quentes (como cinzas) escapam para a superfície terrestre. Injecta altas quantidades de poeira, gás e aerossóis na atmosfera, podendo causar arrefecimento climático temporário.
São frequentemente considerados causadores de
poluição natural.

Magma é
rocha fundida, localizado normalmente dentro de uma câmara de magma, debaixo da superfície da Terra. Essa complexa solução de silicatos a alta temperatura, entre 650 e 1200 graus Celsius, é ancestral de todas as rochas ígneas, sejam elas intrusivas ou extrusivas. O magma permanece sob alta pressão e, algumas vezes, emerge através das fendas vulcânicas, na forma de lava fluente e fluxos piroclásticos (os fluxos piroplásticos são os resultados devastadores de algumas erupções vulcânicas. Eles são rápidos, movidos de corpos fluidos de gás quente, cinza e pedra que pode viajar até 160 km por hora. O gás está normalmente numa temperatura de 100-800 graus Celsius. Os fluxos normalmente acompanham o chão da terra). Os produtos de uma erupção vulcânica geralmente contêm gases dissolvidos que podem nunca ter alcançado a superfície do planeta. O magma acumula-se em várias câmaras de magma, situadas no interior da crosta terrestre, cuja localização resulta em leves alterações na sua composição.

Tipicamente, os vulcões apresentam formato cónico e montanhoso.

A erupção de um vulcão é considerada um grave desastre natural, por vezes de consequências planetárias. Como outros desastres dessa natureza, são imprevisíveis e causam danos indiscriminados. Assim, tendem a desvalorizar os imóveis localizados em suas vizinhanças. No nosso planeta os vulcões tendem a ocorrer junto das margens das placas continentais. No entanto existem excepções quando os vulcões ocorrem em zonas chamadas de hot spots (pontos quentes). Por outro lado, os arredores de vulcões, formados de lava arrefecida, tendem a ser compostos de solos bastante férteis para a agricultura.

A palavra "Vulcão" deriva do nome do deus do fogo na mitologia romana Vulcano. A ciência que estuda os vulcões designa-se por Vulcanologia.


Tipos de Vulcões

Uma das formas de classificação dos vulcões é através do tipo de material que é eruptido, o que afecta a forma do vulcão. Se o magma eruptido contém uma elevada percentagem em sílica (>65%) a lava é chamada de félsica ou "ácida" e tem a tendência de ser muito viscosa (pouco fluida) e por isso solidifica rapidamente. Os vulcões com este tipo de lava têm tendência a explodir devido ao facto da lava facilmente obstruir a chaminé vulcânica. O Monte Pelé na Martinica é um exemplo de um vulcão deste tipo.

Se por outro lado, o magma é relativamente pobre em sílica (<52%) é chamado de máfico ou "básico" e causa erupções de lavas muito fluidas capazes de escorrer por longas distâncias. Um bom exemplo de uma escoada lávica máfica é a do Grande Þjórsárhraun (Thjórsárhraun) originada por uma fissura eruptiva quase no centro geográfico da Islândia há cerca de 8.000 anos. Esta escoada percorreu cerca de 130 quilómetros até ao mar e cobriu uma área com 800 Km².
  • Vulcão-escudo: O Havai e a Islândia são exemplos de locais onde podemos encontrar vulcões que expelem enormes quantidades de lava que gradualmente constroem uma montanha larga com o perfil de um escudo. As escoadas lávicas destes vulcões são geralmente muito quentes e fluidas, o que contribui para ocorrerem escoadas longas. O maior vulcão deste tipo na Terra é o Mauna Loa no Havai com 9.000 m de altura (assenta no fundo do mar) e 120 Km de diâmetro. O Monte Olimpus em Marte é um vulcão-escudo e também a maior montanha do sistema solar.
    ["O vulcanismo também deixou as suas marcas no planeta, sendo uma delas o Monte Olimpo que, com 27 km de altitude e 600 km de diâmetro, é o maior vulcão do Sistema Solar."]
  • Cones de escórias: São os tipos mais simples e mais comuns de vulcões. Esses vulcões são relativamente pequenos, com alturas geralmente menores que 300 metros. Formam-se pela erupção de magmas de baixa viscosidade, com composições basálticas ou intermediárias.
  • Estratovulcões: Também designados de "compostos", são grandes edifícios vulcânicos com longa actividade, forma geral cónica, normalmente com uma pequena cratera no cume e flancos íngremes, construídos pela intercalação de fluxos de lava e produtos Piroclasto, emitidos por uma ou mais condutas, e que podem ser pontuados ao longo do tempo por episódios de colapsos parciais do cone, reconstrução e mudanças da localização das condutas. Alguns dos exemplos de vulcões deste tipo são o Monte Fuji no Japão, o Monte Cotopaxi no Equador, o Vulcão Mayon nas Filipinas e o Monte Rainier nos E.U.A. Por outro lado, esses edifícios vulcânicos são os mais mortíferos do nosso planeta, envolvendo a perda da vida de aproximadamente 264.000 pessoas desde o ano de 1.500 DC.
    : São as maiores estruturas vulcânicas da Terra, possuem diâmetros que variam entre 15 e 100 km². Aparte de seu grande tamanho, Caldeiras Ressurgentes são amplas depressões topográficas com uma massa elevada central. Exemplos dessas estruturas são a Valles (E.U.A.), Yellowstone (E.U.A.) e Cerro Galan (Argentina).
    : São bastante comuns em certos fundos oceânicos nomeadamente na Crista-médio-Atlântica. São responsáveis pela formação de novo fundo oceânico em diversas zonas do globo. Um exemplo deste tipo de vulcão é o vulcão da Serreta no Arquipélago dos Açores. freáticas (vapor)
  • Caldeiras ressurgentes
  • Vulcões submarinos

Comportamento dos vulcões
  • Erupções
  • Erupções explosivas de lava rica em sílica (e.g.riolíto)
  • Erupções efusivas de lava pobre em sílica (e.g.Basalto)
  • Escoadas piroclasto (a pedra-pomes é o piroclasto dominante das rochas traquíticas)
  • Lahars (fluxos torrenciais de detritos vulcânicos saturados com água)
  • Emissões de dióxido de carbono. sismos, águas termais, fumarolas e géisers, entre outros fenómenos. As erupções vulcânicas são frequentemente precedidas por sismos de magnitude pouco elevada.


    Activos, dormentes ou extintos?


    Não existe um consenso entre os vulcanólogos para definir o que é um vulcão activo. O tempo de vida de um vulcão pode ir de alguns meses até alguns milhões de anos. Por exemplo, em vários vulcões na Terra ocorreram várias erupções nos últimos milhares de anos mas actualmente não dão sinais actividade.

    Alguns cientistas consideram um vulcão activo quando está em erupção ou mostra sinais de instabilidade, nomeadamente a ocorrência pouco usual de pequenos sismos ou novas emissões gasosas significativas. Outros consideram um vulcão activo aquele que teve erupções históricas. É de salientar que o tempo histórico varia de região para região. Enquanto que no Mediterrâneo este pode ir até 3.000 anos atrás, no Pacífico Noroeste dos Estados Unidos vai apenas a 300 anos atrás.

    Vulcões dormentes são considerados aqueles que não se encontram actualmente em actividade (como foi definido acima) mas que poderão mostrar sinais de perturbação e entrar de novo em erupção.

    Os vulcões extintos são aqueles que os vulcanólogos consideram pouco provável que entrem em erupção de novo, mas não é fácil afirmar com certeza que um vulcão está realmente extinto. As caldeiras têm tempo de vida que pode chegar aos milhões de anos, logo é difícil determinar se um irá voltar ou não a entrar em erupção, pois estas podem estar dormentes por vários milhares de anos. Por exemplo a caldeira de Yellowstone nos Estados Unidos tem pelo menos 2 milhões de anos e não entrou em erupção nos últimos 640.000 anos, apesar de ter havido alguma actividade há cerca de 70.000 anos atrás. Por esta razão os cientistas não consideram a caldeira de Yellowstone um vulcão extinto. Pelo contrário, esta caldeira é considerada um vulcão bastante activo devido à actividade sísmica, geotermal e à elevada velocidade do levantamento do solo na zona.


    Vulcões na Terra
    • Monte Baker  (Washington, EUA)
    • Vulcão de Cold Bay  (Alaska, EUA)
    • El Chichon  (Chiapas, México)
    • Pico de Orizaba  (Veracruz/Puebla, México)
    • Cotopaxi  (Equador)
    • Monte Fuji  (Honshu, Japão)
    • Monte Hood  (Oregon, EUA)
    • Monte Erebus  (Ilha de Ross, Antárctica)
    • Etna  (Sicília, Itália)
    • Krafla  (Islândia)
    • Hekla  (Islândia)
    • Kick-'em-Jenny  (Granada)
    • Kilauea  (Havai, EUA)
    • Vulcão das Furnas  (Ilha de São Miguel, Açores, Portugal)
    • Kluchevskaya  (Kamchatka, Rússia)
    • Krakatoa  (Rakata, Indonésia)
    • Mauna Kea  (Havai, EUA)
    • Mauna Loa  (Havai, EUA)
    • El Misti  (Arequipa, Perú)
    • Novarupta  (Alaska, EUA)
    • Pico  (Ilha do Pico, Açores, Portugal)
    • Paricutín  (Michoacán, México)
    • Monte Pinatubo  (Flilipinas)
    • Popocatépetl  (Mexico-Puebla, México)
    • Santorini  (Santorini, Grécia)
    • Vulcão de Soufriere  (Montserrat)
    • Monte Rainier  (Washington, EUA)
    • Vulcão do Fogo  (Ilha de São Miguel, Açores, Portugal)
    • Monte Shasta  (California, EUA)
    • Monte Santa Helena  (Washington, EUA)
    • Surtsey  (Islândia)
    • Tambora  (Sumbawa, Indonésia)
    • Teide  (Tenerife, Ilhas Canárias, Espanha)
    • White Island  (Baía de Plenty, Nova Zelândia)
    • Monte Vesúvio  (Baía de Nápoles, Itália)
       

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D