Sábado, 8 de Outubro de 2005

A Esgrima

Esgrima.jpg



A Esgrima é um desporto que evoluiu da antiga forma de combate, em que o objectivo é tocar o adversário com uma espada ao mesmo tempo que se evita ser tocado por ele. A esgrima moderna pratica-se em recintos cobertos, com os atletas a combater sobre um tapete de 14m por 1,5m e usando um vestuário equipado com sensores que detectam o toque da lâmina do adversário.

As primeiras referências vêm de 1100 a.C. no Egipto. Perdeu um pouco da sua importância com a invenção da pólvora. Foi aí que na Idade Média, os nobres passaram a praticá-la como um desporto. Chegou ao Brasil com esgrimistas franceses e italianos.

Existem três disciplinas de esgrima: florete, espada e sabre, diferindo não só no formato da lâmina mas também nas zonas do corpo onde um toque conta como ponto.

Desde os primeiros jogos olímpicos da era moderna que a esgrima faz parte das modalidades olímpicas, sendo uma das quatro modalidades que fazem parte dos Jogos Olímpicos desde a primeira edição.
A esgrima é também considerada uma arte marcial.
A esgrima é a Arte Marcial do Ocidente.

Touché

No passado, os esgrimistas gritavam touché! (toquei!) para dizer que tinham acertado o adversário. Hoje, cada atleta tem seu grito de guerra para comemorar a vitória. Poucos ainda falam touché!

A pista e a roupa

A pista de esgrima tem catorze metros de comprimento, mais um metro e meio a dois metros de recuo, zonas que também podem ser utilizadas. A largura da pista é de um metro e meio a dois.

Os esgrimistas vestem sempre roupas brancas e máscara protectora. Antes do surgimento dos sensores electrónicos, as armas eram mergulhadas em tinta para facilitar o trabalho dos juízes.

Regras gerais

No florete só vale tocar a ponta da arma do tronco do adversário. Na espada só vale tocar com a ponta em qualquer parte do corpo. No sabre pode-se tocar com a ponta, o corte ou contra-corte da lâmina da arma. A região que deve ser atingida fica da cintura para cima.

Na espada e no sabre, existe o chamado direito de passagem. Quem começa o ataque tem prioridade de tentar o toque. Se errar o ataque ou se o adversário conseguir defender-se, a vantagem passa para o adversário.

A espada e o florete vêm equipados com um sensor na ponta da arma. O do sabre fica dentro do corpo. Quando um esgrimista toca o outro, o sensor faz acender uma luz no aparelho de sinalização. Ele fica numa mesa entre a pista e o árbitro. Também há um árbitro observando a luta e verificando o cumprimento das regras.

Na etapa classificatória são necessários 5 toques ou 4 minutos para se vencer. Na etapa eliminatória são precisos 15 toques ou 9 minutos.
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Publicado por: Praia da Claridade às 00:06
Link do post | comentar

FILIPE FREITAS

Pesquisar neste blog

 

Os 50 Artigos mais Recentes

Batalha da Roliça

Revolução dos Cravos

Massacre de Lisboa de 150...

O Alasca foi vendido

Páscoa: este ano é muito ...

Feliz Dia de São Valentim...

Padre António Vieira

Centenário do Regicídio d...

Descoberta da Vacina

Daguerreótipo

Feliz Ano de 2008 !

Lua Azul

Fossa das Marianas

Flor-do-Natal

Calçada da Fama

Beatriz Costa

Frank Sinatra

Tubarão-touro

Miguel de Vasconcelos

Restauração da Independên...

Egas Moniz

Maiores campos de gelo e ...

Tumba de Herodes

A Bela Adormecida na Figu...

Bola de ténis

Qual a cidade mais fria d...

Tautologia

O maior grupo de lagos de...

Macaronésia

Chuva de estrelas

Erupções vulcânicas

Lenda de São Martinho

Mário Viegas

Muro de Berlim

Libelinha

Castanhas

Falha de Santo André

Quinze anos ao telemóvel

Fotografia Aérea com Papa...

Chuva de animais

Pseudo-fruto

Elevador da Glória

1.º avião do mundo

Maçã

Funicular

Amistad

Turbante

O primeiro satélite artif...

José Hermano Saraiva

Masseiras

Arquivos Mensais

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Temas

acidentes

açores

actores

alimentação

ambiente

animais

arquitectura

artes

astrologia

astronáutica

astronomia

aves

aviação

brasil

cantinhos de portugal

cantores

capitais

ciências ocultas

civilizações

crustáceos

culinária

curiosidades

desportos

electrónica

energia

fenómenos

festividades

figueira da foz

filosofia

geografia

guerra

história de portugal

história mundial

humor

informática

insectos

lazer

lisboa

literatura

locais sagrados

madeira

máquinas

mar

medicina

medicina natural

mistérios

monumentos

música

natureza

oceanos

palácios

peixes

pensamentos

pessoas célebres

poemas

poetas

religião

relíquias

rios

saúde

superstições

tecnologias

tradições

transportes

turismo

união europeia

todas as tags