Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

20
Out05

A osteoporose

Praia da Claridade

Osteoporose02.jpg

O Dia Mundial da Osteoporose
é celebrado em todo o mundo no dia 20 de Outubro.


O QUE É

É uma doença que atinge os ossos. Ocorre quando a quantidade de massa óssea diminui substancialmente e desenvolve ossos ocos, finos e de extrema sensibilidade, mais sujeitos a fracturas. Faz parte do processo normal de envelhecimento e é mais comum em mulheres que em homens. A doença progride lentamente e raramente apresenta sintomas.
Se não forem feitos exames...
Aconselhe-se com o seu médico.
 
 
Coluna
 
As pessoas idosas podem fracturar as vértebras da coluna com frequência. A chamada corcunda de viúva é uma deformação comum e pode até levar à diminuição de tamanho do doente.
 
Pulso
 
Por ser um ponto de apoio, é uma área na qual as fracturas acontecem normalmente. Os ossos sensíveis têm pouca estrutura para sustentar o peso do corpo quando cai.

Quadril

Outro ponto fraco entre os que têm a doença. As fracturas de bacia são difíceis de cicatrizar e podem levar à invalidez. Estudos mostram que em torno de 50% dos que fracturam o quadril não conseguem mais andar sozinhos.
 
Fémur
 
Também muito comum entre os que desenvolvem a doença. É frequente tanto em homens quanto em mulheres, principalmente depois dos 65 anos. A recuperação costuma ser lenta.
 
 
A MASSA ÓSSEA
 
O aparecimento da osteoporose está ligado aos níveis hormonais do organismo. O estrogénio - hormonas femininas, também presente nos homens, mas em menor quantidade - ajuda a manter o equilíbrio entre a perda e o ganho de massa óssea.
 
As mulheres
 
São as mais atingidas pela doença. Na menopausa, os níveis de estrogénio caem bruscamente. Com isso, os ossos passam a incorporar menos cálcio (fundamental na formação do osso), tornando-se mais frágeis. Para cada quatro mulheres, um homem desenvolve o mal.
 
 
SINTOMAS
 
A doença progride lentamente e raramente apresenta sintomas. Se não forem feitos exames sanguíneos e de massa óssea, é percebida apenas quando surgem as primeiras fracturas, acompanhadas de dores agudas. A osteoporose pode, também, provocar deformidades e reduzir a estatura do doente.
 
 
QUEM TEM MAIS RISCO DE DESENVOLVER A DOENÇA

-  Mulheres.
-  Pessoas de raça branca.
-  Fumadores.
-  Os que consomem álcool ou café em excesso.
-  Diabéticos.
-  Os que se exercitam em excesso.
 
 
OSSO NORMAL

Embora pareçam estruturas inactivas, os ossos modificam-se ao longo da vida. O organismo está constantemente fazendo e desfazendo ossos.
Esse processo depende de vários factores como: genética, boa nutrição, manutenção de bons níveis de hormonas e prática regular de exercícios.
 
As células ósseas
 
Os osteócitos são células responsáveis pela formação do colagénio, que dá sustentação ao osso. Os canais que interligam os osteócitos permitem que o cálcio, essencial para a formação óssea, saia do sangue e ajude a formar o osso.
 
 
O OSSO COM OSTEOPOROSE
 
A densidade mineral (de cálcio) é reduzida de 65% para 35% quando a doença se instala. O canal medular central do osso torna-se mais largo. Com a progressão da osteoporose, os ossos podem ficar esburacados e quebradiços.
 
As células ósseas doentes
 
Com a osteoporose, o colagénio e os depósitos minerais são desfeitos muito rapidamente e a formação do osso torna-se mais lenta. Com menos colagénio, surgem espaços vazios que enfraquecem o osso.
 
 
PREVENÇÃO
 
Fazer exercícios físicos regularmente. Actividades desportivas aeróbias são as mais recomendadas.
 
Dieta com alimentos ricos em cálcio - como leite e derivados; verduras, como brócolos e repolho, camarão, salmão e ostra.
 
A reposição hormonal do estrogénio em mulheres na menopausa consegue evitar a osteoporose.
 
 
TRATAMENTO
 
Reposição hormonal
 
Importante tanto durante a prevenção quanto durante o tratamento.
O estrogénio reduz o risco de fracturas em mulheres com osteoporose.
 
Administração de cálcio
 
Para quem já tem a doença, o cálcio pode ser dado em dosagens de 1 mil miligrama a 1,5 mil miligramas por dia, com recomendação médica.
 
Calcitina
 
É uma hormona que tem a função de evitar que o cálcio saia dos ossos. Decresce assim o processo de corrosão que a doença provoca no osso.
 
Para estar ciente do que deve fazer, consulte o seu médico.
 
A densitometria óssea é avaliação do grau da osteoporose.

Fonte: Wikipédia.
 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D