Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

02
Nov05

O Sistema Solar (cont.)

Praia da Claridade

Unidade Astronómica (UA)
</strong>
(Complemento ao meu artigo de 29-Outubro-2005)



Em astronomia, a Unidade Astronómica (UA) é uma unidade de distância, aproximadamente igual à distância média entre a Terra e o Sol. É bastante utilizada para descrever a órbita dos planetas e outros corpos celestes no âmbito da astronomia planetária, valendo aproximadamente 150 milhões de quilómetros.
1 UA = 149.597.870,691 km (este valor não é fixo).


Definição

É o raio da órbita circular de um planeta de massa desprezível e livre de perturbações cujo movimento médio é “K” radianos por dia à volta do Sol, onde “K” é a constante gravitacional de Gauss, com a unidade de tempo do dia solar e a unidade de massa, a massa do Sol. Essa unidade está, então, relacionada às dimensões do sistema solar e ao movimento da Terra. Em termos práticos, a unidade astronómica pode ser definida como a distância média entre a Terra e o Sol e cujo valor aceito actualmente é: 149.597.870,610 quilómetros.
Um feixe de luz leva aproximadamente 8,3 minutos para viajar uma unidade astronómica.

As suas relações com outras unidades de distância utilizadas na astronomia são:


  • ano luz =     63.241,07710     UA

  • 1  parsec   =  206.264,806248  UA


Foi no século II a.C. que o astrónomo grego Hiparco tentou fazer o primeiro cálculo conhecido da distância entre a Terra e o Sol, aproveitando os eclipses totais da Lua. O seu método, entretanto, era bastante impreciso e resultou valores equivocados.

No início do século XVII, a determinação da distância da Terra ao Sol era a mais importante da astronomia, e Edmund Halley propôs um método baseado na paralaxe da observação de dois astrónomos situados distantes um do outro a observar o trânsito de Vénus sobre o disco solar para melhor se avaliar esta distância. No entanto, dada a raridade do fenómeno, somente em 1631 e 1639 ocorreu esse fenómeno e, então, foi possível aplicar o método de Halley para calculá-la como sendo cerca de 150 milhões de quilómetros.
Actualmente, são utilizados modernos métodos de deflexão de ondas de rádio para avaliação mais precisa desta distância.

Paralaxe estelar é utilizada para medir a distância das estrelas utilizando-se o movimento da
Terra
em sua órbita.

A paralaxe anual é definida como a diferença de posição de uma estrela com vista da Terra e do Sol. Como não podemos ver a estrela do Sol, a observação e feita entre dois pontos opostos da órbita da Terra e o resultado dividido por 2. O
parsec é a distância para a qual a paralaxe anual é de um segundo de arco ou arcseg. Um parsec é igual a 3,26 anos-luz
.
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


A unidade astronómica não é uma medida fixa, mas sim uma medida reavaliada periodicamente.
Um dos métodos:  o trânsito de Vénus, que aconteceu em 8 de Junho de 2004, permitiu mais uma vez o cálculo da Unidade Astronómica.

A unidade astronómica é estimada em 149.6 milhões de quilómetros (93 milhões de milhas).

Lembrete:

Para calcular a unidade astronómica com a passagem de Vénus, é preciso ter dois observadores distantes. Exemplo: os astrónomos amadores da Índia poderão encontrar amadores noutros países, e assim coordenar as observações destinadas à medição da unidade astronómica.

A exactidão do resultado dependerá, evidentemente, da quantidade de participantes. Observatórios, clubes de astronomia, associações, escolas, professores, em suma, todas as pessoas interessadas são convidadas, geralmente, a  participarem neste importante evento:  o calculo da unidade astronómica com a passagem de Vénus.


Curiosidade:

Se imaginarmos o Sol como uma bola de basquete, a Terra seria do tamanho de uma cabeça de alfinete. Júpiter - o maior planeta do sistema solar - fica com o tamanho de uma bola de pingue-pongue.


Unidades de distância em Astronomia
Mais algumas considerações

Como as distâncias medidas em astronomia são escandalosamente grandes para os padrões terrestres, os astrónomos utilizam algumas unidades características.

Entre elas encontramos:
A unidade astronómica, o ano-luz e o parsec.


A Unidade Astronómica

A unidade astronómica é definida como a distância média entre a Terra e o Sol.
A sua abreviatura é U.A. (sempre em letras maiúsculas).

Uma unidade astronómica equivale a 149.597.870,691 km mas, em geral, consideramos o valor aproximado de 150 milhões de quilómetros.

A unidade astronómica é mais usada quando tratamos de medidas de distância no interior do Sistema Solar. Tendo em vista o seu pequeno valor ela não é usada para caracterizar distâncias estelares. 


O ano-luz

Um ano-luz é a distância que a luz viaja num ano no vácuo.
A sua abreviatura é a.l..

Qual é o valor de um ano-luz?

Para obter este valor basta calcular o número de segundos que existem num ano e multiplicar o resultado pelo valor exacto da velocidade da luz no vácuo,  que é  299.792.458 metros por segundo.

Um ano-luz equivale a 9.460.530.000.000 km, o que é, aproximadamente, 9.500 biliões de quilómetros!

O valor exacto do ano-luz é 9.460.528.410.545.436,2688 metros ou 9.460.528.410.545,4362688 km.

Usando a notação científica podemos escrever que:
1  ano-luz  =   9,46053 x 1012 km.

Comummente aproximamos o resultado dizendo que um ano-luz é equivalente a 1013 km.

Também usamos sub-unidades do ano-luz tais como a hora-luz, o minuto-luz e o segundo-luz.

Uma hora-luz é a distância percorrida pela luz numa hora.
Ela corresponde a 1.079.252.820 km

Um minuto-luz é a distância percorrida pela luz num minuto.
Ele corresponde a 17.987.547 km.

Um segundo-luz é a distância percorrida pela luz num segundo.
Ele corresponde a 299.792 km.


Importante: o ano-luz e seus submúltiplos, hora-luz, minuto-luz e segundo-luz, são unidades de medida de distância e não de tempo.

Podemos compreender porque é que a unidade astronómica não é utilizada para definir a distância às estrelas:
Uma unidade astronómica é equivalente a, aproximadamente, 499 segundos-luz. Um feixe de luz leva aproximadamente 8,3 minutos para viajar uma unidade astronómica. A unidade astronómica é uma medida muito pequena para representar distâncias estelares. Um ano-luz corresponde a cerca de 63.070 unidades astronómicas. A estrela mais próxima de nós (não considerando o Sol) está a uma distância de 4,2 anos-luz ou seja 264.894 unidades astronómicas.


O parsec

Para medir distâncias às estrelas mais distantes os astrónomos usam, frequentemente, uma unidade de medida ainda maior do que o ano-luz e que tem o nome de parsec. A sua abreviatura é pc.

O parsec é definido como a distância na qual um objecto celeste, como por exemplo uma estrela, teria uma paralaxe de um segundo de arco. O parsec corresponde a 20.6265 unidades astronómicas e a 3,26 anos-luz. Isto significa que:

Um parsec  =   3,085678 x 1013 km = 3,08 x 1018 cm.

Usa-se bastante dois múltiplos do parsec:

1 kiloparsec    =   1 kpc  = 1000 parsecs = 103 pc
1 megaparsec =   1 Mpc = 1 milhão de parsecs = 106 pc


Em astrofísica não se usam unidades de tempo diferentes daquelas de uso comum. A idade de uma estrela é dada em anos.
Um ponto importante é não considerar ano-luz como unidade de medida de tempo. Ano-luz é unidade de medida de distância.

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D