Sexta-feira, 18 de Novembro de 2005

Portal do Astrónomo (197)


www.portaldoastronomo.org


NUCLIO - Núcleo Interactivo de Astronomia
Newsletter n.º 197

O Tema do Mês dedicado a Orionte fala esta semana sobre alguns dos objectos interessantes que se podem observar nesta constelação.

Durante a próxima semana a Lua vai ficando progressivamente menos iluminada, passando pela fase de Quarto-Minguante, quando tem apenas 50% da sua face iluminada, no próximo dia 23, às 221h11 UT.
Mas antes de chegar a Quarto-Minguante, vamos ter oportunidade de observar uma conjunção entre o nosso satélite natural e o planeta dos anéis, Saturno, que aos poucos começa a deixar-se observar. Assim, na noite de 21 para 22 de Novembro, menos de 4º vão separar os dois astros no céu, uma brilhante Lua com 66% da sua face iluminada, e um mais modesto Saturno, com magnitude 0,2 e apenas 18,94" de diâmetro equatorial. Esta conjunção será visível a olho nu, ou com binóculos, sendo possível ainda observar o enxame aberto M44, em Caranguejo caso utilize uns binóculos de baixa ampliação.

---

Líquenes sobrevivem no espaço

http://www.portaldoastronomo.org/noticia.php?id=594

De acordo com os resultados de uma experiência realizada durante a missão Foton-M2 (ESA), os líquenes, uma associação simbiótica de fungos e algas clorofíceas, têm a capacidade de resistir a uma exposição total às duras condições ambientais do espaço aberto, especialmente aos elevados níveis de radiação ultravioleta. Na procura de organismos vivos em outros planetas, ou no estudo da possibilidade de transferência de vida entre planetas, os investigadores têm centrado as suas pesquisas nas bactérias, que são organismos muito mais simples que os líquenes. Esta descoberta vem, assim, abrir novos horizontes para experiências futuras.

Remanescentes de supernovas criam ilusão

http://www.portaldoastronomo.org/noticia.php?id=595

Observações de DEM L316 realizadas pelo Observatório de Raios-X Chandra (NASA) mostraram que este objecto é o remanescente de duas supernovas distintas. Os dados obtidos em diferentes comprimentos de onda dos raios-X revelaram que a composição química das duas bolhas é totalmente distinta, o que implica que cada bolha é o remanescente de um certo tipo de supernova. Num dos casos, trata-se de um remanescente de supernova do Tipo Ia, e no outro, do Tipo II. A diferença de idade das estrelas que estão na origem de cada tipo de supernova faz com que o facto dos dois remanescentes estarem próximos um do outro seja um puro acaso.

Fonte:  www.portaldoastronomo.org  -  O Portal do Astrónomo.
Publicado por: Praia da Claridade às 22:58
Link do post | comentar
1 comentário:
De Anónimo a 20 de Novembro de 2005 às 19:23
...O q eu aprendo consigo.
De facto serão 4gr a separar a Lua de Saturno.
Este hà dois anos q vai fechando os aneis. Daqui a 3/4anos já serão impossíveis de ver mesmo c/ telescópio pois vão ficar alinhados. Ficarão de perfil para nós.
M44 (o 44º. objecto de Messier quando procurava cometas) é efectivamente um enxame estelar aberto
bonito de se ver mas não pode exagerar na "baixa ampliação" terá de ser um binóculo de 7x50 ou até 10x50.Os chamados de teatro não chegam. Um abraço.Vô-Zé
</a>
(mailto:martins-ze@sapo.pt)


Comentar Artigo

FILIPE FREITAS

Pesquisar neste blog

 

Os 50 Artigos mais Recentes

Batalha da Roliça

Revolução dos Cravos

Massacre de Lisboa de 150...

O Alasca foi vendido

Páscoa: este ano é muito ...

Feliz Dia de São Valentim...

Padre António Vieira

Centenário do Regicídio d...

Descoberta da Vacina

Daguerreótipo

Feliz Ano de 2008 !

Lua Azul

Fossa das Marianas

Flor-do-Natal

Calçada da Fama

Beatriz Costa

Frank Sinatra

Tubarão-touro

Miguel de Vasconcelos

Restauração da Independên...

Egas Moniz

Maiores campos de gelo e ...

Tumba de Herodes

A Bela Adormecida na Figu...

Bola de ténis

Qual a cidade mais fria d...

Tautologia

O maior grupo de lagos de...

Macaronésia

Chuva de estrelas

Erupções vulcânicas

Lenda de São Martinho

Mário Viegas

Muro de Berlim

Libelinha

Castanhas

Falha de Santo André

Quinze anos ao telemóvel

Fotografia Aérea com Papa...

Chuva de animais

Pseudo-fruto

Elevador da Glória

1.º avião do mundo

Maçã

Funicular

Amistad

Turbante

O primeiro satélite artif...

José Hermano Saraiva

Masseiras

Arquivos Mensais

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Temas

acidentes

açores

actores

alimentação

ambiente

animais

arquitectura

artes

astrologia

astronáutica

astronomia

aves

aviação

brasil

cantinhos de portugal

cantores

capitais

ciências ocultas

civilizações

crustáceos

culinária

curiosidades

desportos

electrónica

energia

fenómenos

festividades

figueira da foz

filosofia

geografia

guerra

história de portugal

história mundial

humor

informática

insectos

lazer

lisboa

literatura

locais sagrados

madeira

máquinas

mar

medicina

medicina natural

mistérios

monumentos

música

natureza

oceanos

palácios

peixes

pensamentos

pessoas célebres

poemas

poetas

religião

relíquias

rios

saúde

superstições

tecnologias

tradições

transportes

turismo

união europeia

todas as tags