Segunda-feira, 28 de Novembro de 2005

Principado de Andorra



Localização do Principado de Andorra


Andorra é um país europeu localizado num enclave nos Pirinéus entre a Espanha, a sul, e a França, a norte.


História

O Principado de Andorra foi durante séculos um território essencialmente agrícola e de pastorícia, onde a prática da caça era frequente. Em 1278, o bispo da cidade espanhola de Urgel tornou-se co-suserano (soberano) do conde de Urgel, que manteve o controle do principado até ao século XVI. Andorra permaneceu sob controle do bispo de Urgel, excepto durante a Revolução Francesa, quando revolucionários declararam a independência do país. Em 1806, os habitantes locais pediram a Napoleão Bonaparte que devolvesse ao território o estatuto de principado. Durante 700 anos, o principado prestou vassalagem ao bispo de Urgel e ao monarca francês (depois, com o regime de república em França, ao presidente). Até 1970, o direito de voto era exclusivo dos homens de Andorra, a partir da terceira geração. Actualmente, o voto é extensivo a todos os andorranos de primeira geração, com idade igual ou superior a 28 anos, cujos pais sejam estrangeiros. O número de eleitores é diminuto, em relação ao total da população, cerca de 70% da qual é composta por residentes estrangeiros que têm vindo a reivindicar os seus direitos políticos e de cidadania. A imigração, controlada através de um sistema de quotas, restringe-se aos nacionais de França e de Espanha que pretendam trabalhar em Andorra. Antes de 1993, o país não possuía qualquer constituição formal, tendo todas as moções e propostas que ser submetidas aos delegados permanentes (representantes dos dois chefes de estado) para aprovação.

Em 1976 foi criada uma organização política, tecnicamente ilegal, o Partido Democrático de Andorra, que forneceu as bases de um futuro sistema democrático. Oscar Riba Reig tornou-se no primeiro Primeiro-Ministro do país em 1981, e em 1982 foi nomeado um Conselho Executivo chefiado pelo Primeiro-Ministro. Tal provocou a separação entre os poderes legislativo e executivo. Em Julho de 1991 foram estabelecidos laços formais com a Comunidade Europeia. Em Maio de 1993 foi adoptada uma nova Constituição, concedendo a independência ao país em todos os aspectos menos o da segurança externa, que continuou sob a responsabilidade da França e da Espanha. As primeiras eleições directas tiveram lugar em Dezembro de 1993, tendo sido formado um Governo de coligação liderado pelo Primeiro-Ministro, Oscar Riba Reig. Em 1994, Andorra tornou-se um membro de pleno direito das Nações Unidas e do Conselho da Europa. A coligação de Reig, o Grupo Nacional Democrático, perdeu o apoio dos independentes em Dezembro de 1994 e Marc Forne, da União Liberal, substituiu-o no cargo. Desde a década de 1950, Andorra tornou-se economicamente uma nação próspera, tendo chegado a ser declarada como o país com o maior crescimento económico do mundo, com um rendimento per capita superior ao japonês. No principado existem mais de 5.000 lojas e 500 hotéis, a actividade turística é intensa e a banca vive uma situação estável e próspera. Em grande parte, este panorama deve-se à isenção de impostos de que usufruem muitos produtos e actividades no principado.


Política

Andorra é um co-principado independente desde 1278 e uma democracia parlamentar desde 1993. O poder legislativo é exercido pelo Conselho Geral dos Vales, composto por 28 deputados eleitos para um mandato de quatro anos. Os Chefes de Estado, ou co-príncipes, são o presidente da República Francesa e o bispo da cidade espanhola de Urgel. O Chefe de Governo é eleito pela maioria do Conselho Geral dos Vales. Os principais partidos políticos são o PLA (Partido Liberal de Andorra), a AND (Aliança Nacional Democrática) e a IND (Iniciativa Democrática Nacional).


Divisões administrativas

O território do Principado de Andorra está estruturado em 7 divisões administrativas locais, que são conhecidas como paróquias. São elas: Canillo, Encamp, Andorra la Vella, Ordino, la Massana, Sant Julià de Lòria e Escaldes-Engordany. As paróquias são administradas pelos comuns, que representam os interesses locais, aprovam e executam o pressuposto comunal, e que fixam e elaboram as políticas de gestão e administração dos bens e das propriedades comunais. Dispõem de recursos próprios e recebem capital do Estado, com objectivo de garantir a autonomia financeira.


O Principado de Andorra

Língua oficial ..........  Catalão
Capital  .....................  Andorra-a-Velha
Chefe de Estado ......  Albert Pintat Santolària, desde 3 de Junho de 2005
Área
  ........................  468 km²  - 178º na lista de maiores países

População ...............  69.150  - Total (2003)
Densidade ...............  144,5/km²
Moeda ......................  Euro  (Antes de
1999: franco francês e peseta espanhola)
Hino Nacional ......... 
El Gran Carlemany  (O Grande Carlos Magno)


Tradução do Hino Nacional de Andorra

O grande Carlos Magno, meu Pai, livrou-me dos Sarracenos,
E do céu deu a vida a Meritxell, a grande Mãe.
Nasci princesa, uma dama imparcial entre duas nações.
Sou a única filha sobrevivente do
império Carolíngio
Crente e livre durante onze séculos, Crente e livre serei.
Que me apadrinhem as leis da terra, e os meus defensores, Príncipes!
E príncipes, os meus defensores!



Geografia

Condizendo com a sua localização no leste da cordilheira dos Pirinéus, Andorra consiste predominantemente de montanhas escarpadas com uma altitude média de 1.996 m e a mais elevada, Coma Pedrosa, a atingir 2.946 m. As montanhas são separadas por três vales estreitos em forma de Y, que se combinam num único, por onde o principal curso de água, o rio Valira, sai do país e entra em Espanha, no ponto mais baixo de Andorra, aos 870 m de altitude.

O clima de Andorra é semelhante ao clima temperado dos vizinhos, mas a sua altitude mais elevada significa que há, em média, mais neve no Inverno e que é um pouco mais frio no verão.


População

Crescimento Anual:      0,8%
Índice de Natalidade:   12,6 a cada 1.000 habitantes
Índice de Mortalidade:  3,1 a cada 1.000 habitantes
Esperança de Vida:    Homens: 80 anos;   Mulheres: 86 anos
População Urbana:    93%
Grupos Étnicos:   Espanhóis: 42,8% Andorranos: 21,7%
                                Portugueses: 10,7% Franceses: 6,7% Outros: 18,1%
Religião:   Católicos: 86,6%  Outros: 13,4%


Economia

O principal recurso da economia de Andorra é o turismo, estimulado pela construção de estações de esqui. Além disso são também importantes a exportação de energia eléctrica e as actividades financeiras.
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Publicado por: Praia da Claridade às 00:21
Link do post
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




FILIPE FREITAS

Pesquisar neste blog

 

Os 50 Artigos mais Recentes

Batalha da Roliça

Revolução dos Cravos

Massacre de Lisboa de 150...

O Alasca foi vendido

Páscoa: este ano é muito ...

Feliz Dia de São Valentim...

Padre António Vieira

Centenário do Regicídio d...

Descoberta da Vacina

Daguerreótipo

Feliz Ano de 2008 !

Lua Azul

Fossa das Marianas

Flor-do-Natal

Calçada da Fama

Beatriz Costa

Frank Sinatra

Tubarão-touro

Miguel de Vasconcelos

Restauração da Independên...

Egas Moniz

Maiores campos de gelo e ...

Tumba de Herodes

A Bela Adormecida na Figu...

Bola de ténis

Qual a cidade mais fria d...

Tautologia

O maior grupo de lagos de...

Macaronésia

Chuva de estrelas

Erupções vulcânicas

Lenda de São Martinho

Mário Viegas

Muro de Berlim

Libelinha

Castanhas

Falha de Santo André

Quinze anos ao telemóvel

Fotografia Aérea com Papa...

Chuva de animais

Pseudo-fruto

Elevador da Glória

1.º avião do mundo

Maçã

Funicular

Amistad

Turbante

O primeiro satélite artif...

José Hermano Saraiva

Masseiras

Arquivos Mensais

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Temas

acidentes

açores

actores

alimentação

ambiente

animais

arquitectura

artes

astrologia

astronáutica

astronomia

aves

aviação

brasil

cantinhos de portugal

cantores

capitais

ciências ocultas

civilizações

crustáceos

culinária

curiosidades

desportos

electrónica

energia

fenómenos

festividades

figueira da foz

filosofia

geografia

guerra

história de portugal

história mundial

humor

informática

insectos

lazer

lisboa

literatura

locais sagrados

madeira

máquinas

mar

medicina

medicina natural

mistérios

monumentos

música

natureza

oceanos

palácios

peixes

pensamentos

pessoas célebres

poemas

poetas

religião

relíquias

rios

saúde

superstições

tecnologias

tradições

transportes

turismo

união europeia

todas as tags