Sábado, 11 de Agosto de 2007

Duas "LUAS"... ???

 
Têm circulado mail's com a seguinte "notícia":
 
"Duas Luas no dia 27 de Agosto. Todo o Mundo está à espera. O Planeta Marte será o mais brilhante no início da noite. Parecerá tão grande quanto a Lua cheia (...)."
 
 
Esta notícia não é verdadeira!...
Do amigo C.Martins, entendido em astronomia, ao qual agradeço, recebi o seguinte esclarecimento:
 
 
"Como tenho sido bombardeado com as duas Luas, quer por mail's quer por telefone, lembrei-me se não seria interessante falar nisto no seu blog....
 
Marte fica mais próximo da Terra quando a posição dos dois planetas de frente um para o outro (em oposição) do mesmo lado do Sol, é óbvio, coincide com a aproximação das respectivas órbitas.
Ora, nem isso acontece em Agosto. As órbitas estiveram mais próximas há cerca de um mês e a oposição só se dará lá para Outubro / Novembro quando as órbitas já estarão mais afastadas.
Mesmo em 2003 (quando o meu amigo andou de "nariz no ar" à procura de Marte), nessa altura sim, estiveram excepcionalmente próximos. Ainda se lembrará que o seu tamanho aparente nada tinha a ver com o da Lua.
 
Vejamos então os tamanhos com uma experiência fácil:
 
Com uma máquina fotográfica munida de uma tele-objectiva, digamos de 500mm, tiremos uma foto à Lua, outra a Vénus, a Júpiter e a MARTE. Os diâmetros angulares aparentes, são, em finais de Agosto:
 
Lua: meio grau;

Vénus: 59" (quase um minuto);
Júpiter: 35" (pouco mais de meio minuto); 
Marte: 8"!!!!

 
Daqui se pode concluir que depois da Lua a pinta mais brilhante será Vénus, a seguir Júpiter e só depois Marte, uma pintinha.
 
Então na nossa foto teríamos:
 
Lua com 5 mm (meio centímetro);
Vénus com 0.16 mm;
Júpiter com 0.10 mm
MARTE com 0.02 mm.
 
Enfim, não consigo perceber como estas notícias aparecem, pois para a maioria das pessoas o mais provável é acabarem por dar cabo do pescoço e não chegarem a encontrar Marte (se não souberem onde ele está, por informação paralela e mesmo assim teriam de "conhecer" suficientemente o céu)."

 

.............................................................
Publicado por: Praia da Claridade às 00:00
Link do post | comentar
4 comentários:
De Vô-Zé a 11 de Agosto de 2007 às 11:28
OH - Fiquei muito satisfeito por esta publicação para desenganar as pessoas e estas não ficarem à espera duma segunda Lua que nunca existirá na nosso velho planeta. No entanto, podem, com um vulgar binóculo 10x50 apreciar o pequeno disco de Júpiter com 4 pintinhas (se nenhuma estiver escondida pela planeta)
que são as 4 Luas vistas por Galileu com o seu rudimentar instrumento, há centenas de anos. Júpiter ao princípio da noite estará para Sul (no escorpião) a meia altura e é perfeitamente identificável por ser muito brilhante e não cintilar. - Atenção, Júpiter tem centenas de Luas


De Vô-Zé a 11 de Agosto de 2007 às 11:32
Em tempo.
Onde se lê centenas de Luas deve ler-se dezenas, mil perdões.


De Rafaela Silva Santos a 12 de Agosto de 2007 às 15:47
Engraçado isso Felipe das duas luas, como se diz aqui no Brasil eles "viajaram na maionese" Beijuuss


De soaresesilva a 12 de Agosto de 2007 às 18:12
Também tenho recebido imensos mails com essa notícia e preparava-me para, nessa noite, ir para a minha varanda observar os céus. Fiquei desiludida mas a verdade acima de tudo...


Comentar Artigo

FILIPE FREITAS

Pesquisar neste blog

 

Os 50 Artigos mais Recentes

Batalha da Roliça

Revolução dos Cravos

Massacre de Lisboa de 150...

O Alasca foi vendido

Páscoa: este ano é muito ...

Feliz Dia de São Valentim...

Padre António Vieira

Centenário do Regicídio d...

Descoberta da Vacina

Daguerreótipo

Feliz Ano de 2008 !

Lua Azul

Fossa das Marianas

Flor-do-Natal

Calçada da Fama

Beatriz Costa

Frank Sinatra

Tubarão-touro

Miguel de Vasconcelos

Restauração da Independên...

Egas Moniz

Maiores campos de gelo e ...

Tumba de Herodes

A Bela Adormecida na Figu...

Bola de ténis

Qual a cidade mais fria d...

Tautologia

O maior grupo de lagos de...

Macaronésia

Chuva de estrelas

Erupções vulcânicas

Lenda de São Martinho

Mário Viegas

Muro de Berlim

Libelinha

Castanhas

Falha de Santo André

Quinze anos ao telemóvel

Fotografia Aérea com Papa...

Chuva de animais

Pseudo-fruto

Elevador da Glória

1.º avião do mundo

Maçã

Funicular

Amistad

Turbante

O primeiro satélite artif...

José Hermano Saraiva

Masseiras

Arquivos Mensais

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Temas

acidentes

açores

actores

alimentação

ambiente

animais

arquitectura

artes

astrologia

astronáutica

astronomia

aves

aviação

brasil

cantinhos de portugal

cantores

capitais

ciências ocultas

civilizações

crustáceos

culinária

curiosidades

desportos

electrónica

energia

fenómenos

festividades

figueira da foz

filosofia

geografia

guerra

história de portugal

história mundial

humor

informática

insectos

lazer

lisboa

literatura

locais sagrados

madeira

máquinas

mar

medicina

medicina natural

mistérios

monumentos

música

natureza

oceanos

palácios

peixes

pensamentos

pessoas célebres

poemas

poetas

religião

relíquias

rios

saúde

superstições

tecnologias

tradições

transportes

turismo

união europeia

todas as tags