Quarta-feira, 1 de Agosto de 2007

Castanholas

 
A castanhola é tradicionalmente usada pelas dançarinas de flamenco

A castanhola é tradicionalmente usada pelas dançarinas de flamenco



A castanhola é um instrumento de percussão criado pelos fenícios há três milénios que foi introduzido nos demais países do Mediterrâneo através do comércio marítimo desenvolvido por esse povo. Na Espanha tornou-se um instrumento nacional. É feito de dois pedaços de madeira de castanheira em forma de prato fundo, perfurado e ornamentado com uma fita que se coloca ao redor do polegar. O seu nome deriva do seu formato, que lembra uma castanha.
 
As castanholas emitem um som seco e oco, de entoação imprecisa. São de origem espanhola, se bem que sejam conhecidas desde o tempo dos Romanos, são populares também nalguns países hispano-americanos.
 
As castanholas servem de acompanhamento rítmico para muitas danças folclóricas, como o flamenco, por exemplo. Na orquestra são colocadas no extremo de uma pequena vara que é agitada, facilitando deste modo a sua execução a estrangeiros. Empregam-se na música erudita para obter um colorido espanhol (por exemplo, a Carmen de G. Bizet.
 
Em qualquer par de castanholas há uma que tem o som mais agudo do que a outra, distinguindo-se, respectivamente, com os nomes de castanholas-fêmea e castanholas-macho. Para tocá-las seguram-se com o dedo polegar através do cordão que as une, o qual atravessa a sua parte superior, chamada "orelha", fazendo-se chocar através da percussão rítmica dos outros dedos. Em algumas ocasiões, as castanholas de uma das mãos chocam com as da outra, dependendo dos passos de baile. Também podem ser produzidos efeitos de glissando, ondulando (alternando as duas mãos), trilos e rufos.
Fonte: Wikipédia. 
 

.............................................................
Publicado por: Praia da Claridade às 00:00
Link do post | comentar
6 comentários:
De Vô-Zé a 1 de Agosto de 2007 às 10:47
Olá caro conterrâneo.
Bela foto de fundo.
Leia o meu comentário ao Homem na Lua e...
Responda ao meu mail... diga qualquer coisa, enfim.
Um grande abraço


De soaresesilva a 1 de Agosto de 2007 às 16:26
Sempre gostei imenso do som e rítmo das castanholas mas nunca consegui manobrá-las apesar das muitas tentativas.


De Rafaela Silva Santos a 1 de Agosto de 2007 às 20:45
Achei o seu blog maravilhoso posso linká-lo?Tenho um só de poesias.Acho lindas as praias de Portugal principalmente as de Figueira...lindas.Me dá uma visitada as portas estão abertas.Beijuuss


De Chicailheu a 2 de Agosto de 2007 às 00:36
Sabes que gosto imenso tanto do som, como do objecto em si.
Tenho dois pares de castanholas. Umas são mesmo boas de madeira, e tem bom som. Comprei-as na minha 1ª ida a Espanha, em Sevilha. As outras são uma miniatuta, só para decoração, Vou fotografá-las e postar no meu chicailheu.
Gostei muito.
beijos.
Chicailheu


De Manuela a 3 de Agosto de 2007 às 02:21
Vim deixar um abraço.
Pois vou de férias para a minha outra Figueira.
Fique bem com saúde.
Manuela


De Cöllyßry a 3 de Agosto de 2007 às 19:03
Olá Filipe de novo, agora sim ficou uma delicia com a imagem maior e centrado...lindoooooooooooooo
e descança a vista neste mar...

Doce e terno beijo


Comentar Artigo

FILIPE FREITAS

Pesquisar neste blog

 

Os 50 Artigos mais Recentes

Batalha da Roliça

Revolução dos Cravos

Massacre de Lisboa de 150...

O Alasca foi vendido

Páscoa: este ano é muito ...

Feliz Dia de São Valentim...

Padre António Vieira

Centenário do Regicídio d...

Descoberta da Vacina

Daguerreótipo

Feliz Ano de 2008 !

Lua Azul

Fossa das Marianas

Flor-do-Natal

Calçada da Fama

Beatriz Costa

Frank Sinatra

Tubarão-touro

Miguel de Vasconcelos

Restauração da Independên...

Egas Moniz

Maiores campos de gelo e ...

Tumba de Herodes

A Bela Adormecida na Figu...

Bola de ténis

Qual a cidade mais fria d...

Tautologia

O maior grupo de lagos de...

Macaronésia

Chuva de estrelas

Erupções vulcânicas

Lenda de São Martinho

Mário Viegas

Muro de Berlim

Libelinha

Castanhas

Falha de Santo André

Quinze anos ao telemóvel

Fotografia Aérea com Papa...

Chuva de animais

Pseudo-fruto

Elevador da Glória

1.º avião do mundo

Maçã

Funicular

Amistad

Turbante

O primeiro satélite artif...

José Hermano Saraiva

Masseiras

Arquivos Mensais

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Temas

acidentes

açores

actores

alimentação

ambiente

animais

arquitectura

artes

astrologia

astronáutica

astronomia

aves

aviação

brasil

cantinhos de portugal

cantores

capitais

ciências ocultas

civilizações

crustáceos

culinária

curiosidades

desportos

electrónica

energia

fenómenos

festividades

figueira da foz

filosofia

geografia

guerra

história de portugal

história mundial

humor

informática

insectos

lazer

lisboa

literatura

locais sagrados

madeira

máquinas

mar

medicina

medicina natural

mistérios

monumentos

música

natureza

oceanos

palácios

peixes

pensamentos

pessoas célebres

poemas

poetas

religião

relíquias

rios

saúde

superstições

tecnologias

tradições

transportes

turismo

união europeia

todas as tags