Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

24
Dez06

Vasco da Gama

Praia da Claridade

 
Vasco da Gama


 

 
Vasco da Gama (pintura)

 
 
 
Vasco da Gama. Estátua no Palácio Antoniadis, em Alexandria
 
Vasco da Gama
Estátua no Palácio Antoniadis, em Alexandria, cidade ao norte do Egipto,
situada a Oeste do delta do rio Nilo, às margens do Mar Mediterrâneo



  
 

 
Vasco da Gama
(Sines, Portugal, 1469 — Cochim, Índia, 24 de Dezembro de 1524, faleceu faz hoje 482 anos) foi um navegador português.
 
Filho do alcaide-mor de Sines, Estêvão da Gama, o rei D. Manuel I  (1495-1521) confiou-lhe o comando da frota que, em 8 de Julho de 1497, zarpou do Rio Tejo  à procura da Índia, com 150 homens entre marinheiros, soldados e religiosos, distribuídos por quatro pequenas embarcações:
  • São Gabriel, feita especialmente para esta viagem, comandada pelo próprio Vasco da Gama;
  • São Rafael, também feita especialmente para esta viagem, comandada por Paulo da Gama, irmão do capitão-mor;
  • Bérrio, rebaptizada como São Miguel, mas que continuou a ser conhecida pelo seu nome original, sob o comando de Nicolau Coelho; e
  • uma naveta (pequena nau) para transporte de mantimentos, sob o comando de Gonçalo Nunes, que foi queimada perto da baía de São Brás, na costa oriental africana.
Em 2 de Março de 1498, completando o contorno da costa africana, a armada aportou a Moçambique, depois de haver sofrido medonhos temporais e de Vasco da Gama ter sufocado, com mão de ferro, uma revolta da marinhagem.
 
O piloto que o sultão da Ilha de Moçambique lhe deu para o conduzir à Índia, foi secretamente incumbido de entregar os navios portugueses aos mouros em Mombaça. Um acaso fez descobrir a cilada e Vasco da Gama pôde continuar até Melinde, cujo rei lhe forneceu um piloto árabe, conhecedor do Oceano Índico.
 
Em 17 de Abril de 1498, avistou Calecute. Estava estabelecida a rota no Oceano Índico e descoberto o caminho marítimo para a Índia.
 
Vasco da Gama regressou a Lisboa no Verão de 1499, um mês depois dos seus companheiros, pois teve de enterrar o irmão mais velho (Paulo da Gama que adoecera e acabara por falecer na ilha Terceira, nos Açores.
 
D. Manuel recompensou este glorioso feito, nomeando o navegador Almirante-mor das Índias e dando-lhe uma renda de trezentos mil réis anuais que passaria para os filhos que tivesse. Recebeu, conjuntamente com os irmãos, o título de Dom e duas vilas, em Sines e Vila Nova de Milfontes.
 
Voltaria mais duas vezes à Índia, de que foi governador e segundo vice-rei para lutar contra os abusos existentes que punham em causa a presença portuguesa na região. Vasco da Gama começa a actuar rigidamente e consegue impor a ordem, mas vem a morrer em Dezembro desse mesmo ano em Cochim, sendo os seus restos mortais trazidos para Portugal, mais concretamente para a Igreja de um convento carmelita, conhecido actualmente como Quinta do Carmo (propriedade privada). A presença das ossadas na vila alentejana de Vidigueira, prende-se com o facto, de o Rei lhe ter atribuído o título de Conde de Vidigueira (a si e aos seus descendentes) em 1519. Aqui estiveram até 1880, data em que ocorreu a trasladação para o Mosteiro dos Jerónimos ficando ao lado do túmulo de Luís de Camões. Há quem defenda, porém, que os ossos de Vasco da Gama ainda se encontram naquela vila alentejana. Se é lenda ou não, não se sabe. Como testemunho da eventual trasladação das ossadas, em frente da estátua do navegador, temos a antiga Escola Primária Vasco da Gama, em Vidigueira, vila portuguesa pertencente ao Distrito de Beja, (que serviu de moeda de troca para obterem permissão para efectuar a trasladação), onde se encontra instalado o Museu Municipal de Vidigueira.
 
Teve cinco filhos: Francisco, Estêvão, Paulo, Cristóvão e Pedro. Alguns acompanharam-no e vieram a desempenhar cargos importantes no Oriente.
 
Centro Virtual Camões - Navegações Portuguesas.
Fonte: Wikipédia. 
 

..........................

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D