Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

06
Jan06

GPS - Sistema de Posicionamento Global

Praia da Claridade

 
Mais de 50 satélites como este NAVSTAR já foram lançados desde 1978


O Sistema de Posicionamento Global, vulgarmente conhecido por GPS (do acrónimo do inglês Global Positioning System), é um sistema de posicionamento por
satélite, por vezes incorrectamente designado de sistema de navegação, utilizado para determinação da posição na superfície da Terra ou em órbita. É constituído por uma constelação de satélites.

O sistema GPS foi criado e é controlado pelo Departamento de Defesa dos
Estados Unidos da América, DoD, e pode ser utilizado por qualquer pessoa, gratuitamente, necessitando apenas de um receptor que capte o sinal emitido pelos satélites. O DoD fornece dois tipos de serviços GPS: Standard e Precision. Contrariamente ao que inicialmente acontecia, actualmente os dois serviços estão disponíveis em regime aberto em qualquer parte do mundo. O sistema está dividido em três partes: espacial, de controlo e utilizador. O segmento espacial é composto pela constelação de satélites. O segmento de controlo é formado pelas estações terrestres dispersas pelo mundo ao longo da Zona Equatorial, responsáveis pela monitorização das órbitas dos satélites, sincronização dos relógios atómicos de bordo dos satélites e actualização dos dados de almanaque que os satélites transmitem. O segmento do utilizador consiste num receptor que capta os sinais emitidos pelos satélites. Um receptor GPS (GPSR) descodifica as transmissões do sinal de código e fase de múltiplos satélites e calcula a sua posição com base nas distâncias a estes. A posição é dada por latitude, longitude e altitude, coordenadas geodésicas referentes ao sistema WGS84.


Descrição técnica

O sistema consiste numa "constelação" de pelo menos 24 satélites em 6 planos orbitais. Os satélites GPS, construídos pela empresa Rockwell, foram lançados entre Fevereiro de 1978 (Bloco I), e
6 de Novembro de 2004 (o 29º). Cada um circunda a Terra duas vezes por dia a uma altitude de 20200 quilómetros (12600 milhas). Os satélites têm a bordo relógios atómicos e constantemente difundem o tempo preciso de acordo com o seu próprio relógio, junto com informação adicional como os elementos orbitais de movimento, tal como determinado por um conjunto de estações de observação terrestres.



O receptor não necessita de ter um relógio de tão grande precisão, mas sim de um suficientemente estável. O receptor capta os sinais de quatro satélites para determinar as suas próprias coordenadas, e ainda o tempo. Então, o receptor calcula a distância a cada um dos quatro satélites pelo intervalo de tempo entre o instante local e o instante em que os sinais foram enviados (esta distância é chamada pseudodistância). Descodificando as localizações dos satélites a partir dos sinais de rádio e de uma base de dados interna, e sabendo a velocidade de propagação do sinal, o receptor pode situar-se na intersecção de quatro
esferas, uma para cada satélite.
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

"Europa lança o primeiro satélite do projecto Galileu
28 de Dezembro de 2005

A União Europeia lançou ontem em Baikonur (Cazaquistão) o primeiro satélite do projecto Galileu, um passo decisivo para a implantação, em torno de 2010, de seu próprio sistema de localização por satélite. Trata-se de um sistema mais fiável e preciso do que seus competidores estadunidense e russo e, ademais, é de carácter civil.

O primeiro satélite experimental de Galileu, conhecido como Giove-A, foi lançado desde Baikonur, em Cazaquistão e foi posto em órbita por um foguete Soyuz. Em 2010, a União Europeia pretende colocar em marcha este projecto, um sistema de localização por satélite, similar ao GPS estadunidense, porém com mais funcionalidades e com uma melhora na precisão.

O projecto conta com 30 satélites, cuja posta em órbita tem um custo de 4.000 milhões de dólares. A diferença de seus competidores estadunidense ou russo, que na actualidade ocupam o mercado, Galileu é um projecto civil gerido por um consórcio privado. O novo GPS multiplicará a oferta em numerosos mercados, desde os bens de consumo, como a telefonia celular, até aplicações de segurança."

Fonte: http://www.ciberamerica.org/Ciberamerica/Portugues/General/Noticias/noticiaeuropalancaprimeirosatelite.htm


-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Com a capacidade de procurar em tempo real um ponto qualquer na Terra com precisão de 1 metro, os satélites do projecto  Galileu poderão oferecer-nos uma gama enorme de serviços. Vamos aguardar...















Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D