Terça-feira, 21 de Novembro de 2006

Bom Jesus (Braga)

 
Bom Jesus do Monte - Os Escadórios do Bom Jesus ligam a parte alta da cidade de Braga à estância do Bom Jesus
Bom Jesus do Monte - Os Escadórios do Bom Jesus
ligam a parte alta da cidade de Braga à estância do Bom Jesus


Igreja do Bom Jesus de Braga - Portugal
Igreja do Bom Jesus de Braga



Elevador do Bom Jesus de Braga - aspecto da carruagem
Elevador do Bom Jesus de Braga - aspecto da carruagem



O Bom Jesus é um local religioso e turístico localizado em Tenões, uma freguesia dos arredores de Braga, Portugal.
 
O Bom Jesus possui uma grande igreja, um escadório por onde passa a Via Sacra do Bom Jesus, uma mata (Parque do Bom Jesus) alguns hotéis e um elevador hidráulico centenário.
 
Igreja
 
Foi desenhada pelo arquitecto Carlos Amarante, por encomenda do Arcebispo D. Gaspar de Bragança, para substituir uma primitiva igreja, mandada construir por D. Rodrigo de Moura Teles, que se encontrava em ruínas. As obras começaram em 1 de Junho de 1784, tendo ficado concluídas em 1811. É um dos primeiros edifícios neoclássicos em Portugal. A fachada é ladeada por duas torres e termina num frontão triangular.
 
Escadório
 
Os Escadórios do Bom Jesus vencem um desnível de 116 metros e estão divididos em três partes:
 
 
Escadório do Pórtico
 
O Pórtico, um arco à entrada da escadaria, mostra o brasão de D. Rodrigo de Moura Teles, Arcebispo de Braga, responsável pela construção, em 1723, do primeiro grande lanço de escadaria e capelas.
 
Nesta primeira parte, estão as capelas do início da Via Sacra.
 
 
Escadório dos Cinco Sentidos
 
Nesta parte do escadório estão cinco lances de escadas, intervalados por patamares com fontes alegóricas aos cinco sentidos, pela seguinte ordem: Visão, Audição, Olfacto, Paladar, Tacto.
 
A primeira fonte, a das Cinco Chagas, tem a seguinte inscrição: «Fontes de púrpura abriu então o ódio amargo; agora o amor transforma-os aqui em cristais para ti»
 
Fonte da Visão
 
Na fonte da Visão existe uma estátua lançando água pelos olhos e onde a inscrição é «Varão prudente, toma-as por um sonho e assim vigiarás». À direita a estátua de Moisés dizendo «Aqueles que feridos olhavam saravam» e de Jeremias, com a inscrição «Eu vejo uma cara vigilante».
 
Fonte do Ouvido
 
A fonte do Ouvido, representado por uma figura que lança água das orelhas tem a estátua de Idito a tocar cítara e a legenda “Que cantava ao som da cítara, presidindo os que cantavam e louvavam o Senhor». À esquerda está David e «Ao meu ouvido darás gozo e alegria» em frente a uma mulher que lhe diz «Tua voz soe aos meus ouvidos».
 
Fonte do Olfacto
 
Na fonte do Olfacto a estátua deita água pelo nariz e a estátua é de um varão encabeçado pela inscrição «Dai flores como o lírio e rescendei suave cheiro». À esquerda está Noé e à direita Sulamite dizendo «A tua estatura é semelhante a uma palmeira... e o cheiro da tua boca é como o das maçãs».
 
Fonte do Gosto
 
Na fonte do Gosto a estátua deita água pela boca e tem a estátua de José do Egipto com um cálice e um prato nas mãos. «A tua terra seja cheia das bênçãos do Senhor, dos frutos do céu e do orvalho» é o que se lê. À esquerda Jónatas dizendo «Provei um pouco de mel na ponta duma vara e eis porque morro» e na direita Esdras pedindo que «Prove o pão, e não nos abandones, como o pastor no meio dos lobos».
 
Fonte do Tacto
 
Na fonte do Tacto, cuja fonte tem uma bilha segurada por duas mãos, donde cai água. A estátua da fonte é de Salomão, com a sugestiva inscrição «As minhas entranhas estremeceram ao seu toque». Salomão está ladeado por Isaías que diz «Tocou a minha boca» e Isaac, cego com as mãos estendidas à procura do filho e proferindo «Chega-te a mim, meu filho, para que te toque».
 
 
Escadório das Três Virtudes
 
Nos mesmos moldes do Escadório dos Cinco Sentidos, data de 1837.
 
Possui as seguintes fontes: , Esperança, Caridade.
 
 
Fonte da Fé
 
A primeira fonte, a Fé, possui a inscrição «Correrão dele águas vivas». As alegorias fazem-se à docilidade e à confissão.
 
Fonte da Esperança
 
A segunda fonte é a da Esperança, com a arca de Noé por baixo da qual cai a água: «Arca na qual... se salvaram almas». Aqui alude-se à confiança e glória.
 
Fonte da Caridade
 
A fonte da Caridade, simbolizada por uma estátua de mulher com duas crianças nos braços: «São três estas virtudes... a maior delas, porém, é a caridade». A água jorra do coração de uma das crianças e as alegorias fazem-se à Benignidade e à Paz.
 
Para terminar, o escadório culmina na Fonte do Pelicano a que se segue a Igreja.
 
 
Elevador
 
O Elevador do Bom Jesus, é um funicular, sobre uma rampa, constituído por duas cabines independentes, ligadas entre si por um cabo.
 
O seu funcionamento baseia-se no sistema Contrapeso de Água. As cabines têm um depósito que é cheio de água, quando estão no nível superior, e vazio no inferior. A diferença de pesos obtida permite a deslocação.
 
História
 
Inaugurado em 25 de Março de 1882, o Elevador do Bom Jesus, em Braga, constituiu o primeiro funicular construído na Península Ibérica. A iniciativa da sua construção deveu-se ao empresário bracarense Manuel Joaquim Gomes e a direcção do respectivo projecto foi do engenheiro suíço Nikolaus Riggenbach. Este, que a partir do seu país natal enviava todas as indicações necessárias para a construção do Elevador, contou com a imprescindível colaboração técnica e prática do engenheiro português de ascendência francesa Raul Mesnier du Ponsard, que em Braga dirigiu a execução do projecto.
 
O Elevador do Bom Jesus é actualmente o mais antigo do mundo em serviço a utilizar o sistema de contrapeso de água.
 
Características
  • Distância: 274 metros
  • Desnível: 116 metros
  • Inclinação: 42 %
  • Capacidade do depósito de água:  5 850 litros
  • Tempo de Viagem: 3 minutos.

Estátua de São Longuinhos
 
Situada sobre uma rocha onde estava a torre da primitiva igreja do Bom Jesus.
 
Parque
 
O Parque do Bom Jesus é constituído por uma mata, jardins, vários lagos artificiais (o maior com barcos para alugar), um campo de ténis, jardim infantil, estabelecimentos de restauração, praças como o Terreiro dos Evangelistas, etc.
Fonte: Wikipédia. 
 

..........................
Publicado por: Praia da Claridade às 00:00
Link do post
De Peter a 2 de Junho de 2007 às 08:50
Mais uma vez lhe pedia para citar as fontes do texto e sobretudo fotográficas.

Neste caso a wikipedia


De Praia da Claridade a 5 de Junho de 2007 às 01:19
Agradecia que deixasse de ser "Anónimo" quando comenta.
Reservo-me no direito de NÃO responder a comentários anónimos.....


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




FILIPE FREITAS

Pesquisar neste blog

 

Os 50 Artigos mais Recentes

Batalha da Roliça

Revolução dos Cravos

Massacre de Lisboa de 150...

O Alasca foi vendido

Páscoa: este ano é muito ...

Feliz Dia de São Valentim...

Padre António Vieira

Centenário do Regicídio d...

Descoberta da Vacina

Daguerreótipo

Feliz Ano de 2008 !

Lua Azul

Fossa das Marianas

Flor-do-Natal

Calçada da Fama

Beatriz Costa

Frank Sinatra

Tubarão-touro

Miguel de Vasconcelos

Restauração da Independên...

Egas Moniz

Maiores campos de gelo e ...

Tumba de Herodes

A Bela Adormecida na Figu...

Bola de ténis

Qual a cidade mais fria d...

Tautologia

O maior grupo de lagos de...

Macaronésia

Chuva de estrelas

Erupções vulcânicas

Lenda de São Martinho

Mário Viegas

Muro de Berlim

Libelinha

Castanhas

Falha de Santo André

Quinze anos ao telemóvel

Fotografia Aérea com Papa...

Chuva de animais

Pseudo-fruto

Elevador da Glória

1.º avião do mundo

Maçã

Funicular

Amistad

Turbante

O primeiro satélite artif...

José Hermano Saraiva

Masseiras

Arquivos Mensais

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Temas

acidentes

açores

actores

alimentação

ambiente

animais

arquitectura

artes

astrologia

astronáutica

astronomia

aves

aviação

brasil

cantinhos de portugal

cantores

capitais

ciências ocultas

civilizações

crustáceos

culinária

curiosidades

desportos

electrónica

energia

fenómenos

festividades

figueira da foz

filosofia

geografia

guerra

história de portugal

história mundial

humor

informática

insectos

lazer

lisboa

literatura

locais sagrados

madeira

máquinas

mar

medicina

medicina natural

mistérios

monumentos

música

natureza

oceanos

palácios

peixes

pensamentos

pessoas célebres

poemas

poetas

religião

relíquias

rios

saúde

superstições

tecnologias

tradições

transportes

turismo

união europeia

todas as tags