Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

17
Nov06

Cataratas Vitória

Praia da Claridade

 
Cataratas Vitória



Cataratas Vitória na estação seca e a ponte da linha de caminho-de-ferro
Cataratas Vitória na estação seca e a ponte da linha de caminho-de-ferro



Cataratas Vitória - imagem de satélite
Cataratas Vitória - imagem de satélite



Serpa Pinto explorador e administrador colonial português
Serpa Pinto - explorador e administrador colonial português



As Cataratas Vitória ou Quedas Vitória são das mais espectaculares cataratas do mundo. Situam-se no Rio Zambeze (1), na fronteira entre a Zâmbia e o Zimbabwe. Têm cerca de 1,5 km de largura, e altura máxima de 128 m.
 
David Livingstone, explorador escocês, foi o primeiro ocidental a vê-las em 17 de Novembro de 1855, faz hoje 151 anos, e deu-lhes o nome em honra da rainha Vitória (Rainha do Reino Unido de 1837 a 1901); o nome local é Mosi-oa-Tunya, que quer dizer "fumo que troveja". Fazem parte da lista de Património Cultural da Humanidade mantida pela UNESCO.
 
Em 1860, Livingstone voltou à zona das cataratas e fez um estudo detalhado. Também o explorador português Serpa Pinto(2) as visitou, mas até que aquela área ficasse mais acessível, o que ocorreu por volta de 1905 com a construção de uma linha de caminho-de-ferro, poucos ocidentais se aventuraram por lá. Hoje o número de visitantes anual ultrapassa os 300 milhares.
 
 
(1) - O Zambeze (escrito em inglês Zambesi ou Zambezi) é um rio da África Austral. Tem 2.750 km de comprimento: nasce na Zâmbia, passa pela província angolana do Moxico, estabelece a fronteira entre a Zâmbia e o Zimbabwe e atravessa Moçambique de oeste para leste, para desaguar no Oceano Índico num enorme delta. A parte mais espectacular do seu curso são as Cataratas Vitória, as maiores do mundo, com 1708 m de extensão e uma queda de 99 m.
 
O Zambeze tem ainda outras quedas de água importantes, entre as quais as Chavuma Falls na fronteira entre a Zâmbia e Angola e as Ngonye Falls, perto de Sioma, na região ocidental da Zâmbia.
 
As planícies de inundação do Zambeze, também no oeste da Zâmbia, são a terra do povo Lozi, cujo chefe tem duas “capitais”: Lealui e Limulunga. No tempo das chuvas, a “corte” dos Lozi muda-se para Limulunga, que não fica inundada e este evento é considerado um dos grandes festivais da Zâmbia, o Kuomboka.
 
Existem duas grandes barragens no rio Zambeze: Kariba, na fronteira entre a Zâmbia e o Zimbabwe (e gerida conjuntamente) e Cahora Bassa, em Moçambique. Estas barragens são uma das maiores fontes de energia eléctrica para a sub-região da África Austral e as suas albufeiras são igualmente palco de importantes pescarias.
 
 
(2) - Alexandre Alberto da Rocha de Serpa Pinto (20 de Abril de 1846 - 28 de Dezembro de 1900) foi um explorador e administrador colonial português que percorreu África central e meridional para fazer o reconhecimento do território e efectuar reprodução em mapa do interior do continente.

Ingressou no Colégio Militar com 10 anos e aos 17 tornou-se no seu primeiro Comandante de Batalhão aluno. Serpa Pinto viajou até à África Oriental em 1869 numa expedição ao rio Zambeze. Oito anos depois liderou uma expedição que partiu de Benguela, em Angola, e percorreu as bacias do rio Congo e do Zambeze.
 

Página da NASA Earth Observatory 
Fonte: Wikipédia. 
 

..........................

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Praia da Claridade 18.11.2006

    O Rei D. Manuel I, muito acarinhado pelo povo, ainda teve essa pouca sorte de morrer por sofucação. Infelizmente sei o que é essa aflição por dois casos de família. Um deles fui eu !... Mas, calma... ainda aqui estou vivo !!!!!.... Numas "férias" no hospital para uma operação estive aflito com um espasmo muscular no tórax que não me deixava respirar. Só pensava na família... O que me valeu foi a pronta assistência médica. Recordo-me tão bem como se tivesse sido ontem !
    Muitos anos depois aqui me têm nesta praia !...
    Bom fim de semana.
    Abraço.
    Filipe, com o da minha Praia.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

    Arquivo

      1. 2008
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2007
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2006
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2005
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D