Terça-feira, 12 de Setembro de 2006

O Museu Nacional dos Coches

 
Museu Nacional dos Coches, em Lisboa - Portugal
 
Museu Nacional dos Coches, em Lisboa - Portugal
 
 
 

O Museu Nacional dos Coches está situado em Lisboa, junto ao rio Tejo na Praça Afonso de Albuquerque. Esta recebeu o nome do primeiro vice-rei da Índia, Afonso de Albuquerque. No centro da praça, uma coluna neo-manuelina exibe a sua estátua, com cenas da sua vida esculpidas na base.
 
Era antigamente uma escola de equitação, O Picadeiro Real do Palácio de Belém, construída pelo arquitecto italiano Giacomo Azzolini, em 1726. Em 1905, foi transformada num museu pela rainha D. Amélia, a esposa do rei D. Carlos.
 
Feitos em Portugal, Itália, França, Áustria e Espanha, os coches abrangem três séculos e vão dos mais simples aos mais sofisticados. A galeria principal, no estilo Luís XVI, é ocupada por duas filas de coches construídos para a realeza portuguesa. A colecção começa pelo coche de viagem de D. Filipe I de Portugal (II de Espanha), de madeira e couro vermelho, do século XVII. Os coches são forrados a veludo vermelho e ouro, com exteriores esculpidos e decorados com alegorias e as armas reais, trabalho denominado talha dourada. As filas terminam com três enormes coches barrocos feitos em Roma para o embaixador português no Vaticano, D. Rodrigo Almeida e Menezes, Marquês de Abrantes, em embaixada enviada ao papa Clemente XI a mando do rei João V de Portugal. Estes coches, de 5 toneladas, têm interiores luxuosos e esculturas douradas em tamanho natural. Durante muitos anos nenhum monarca europeu enviou embaixadas ao Vaticano por não se conseguir igualar tamanha magnitude.
 
A galeria seguinte tem outros exemplos de carruagens reais, incluindo cabriolés (carruagem leve, puxada por um só cavalo) de duas rodas e landaus da Família Real. (Landaus: carruagem de quatro rodas, que tem no interior dois bancos frente a frente, dispostos paralelamente aos eixos, e cuja capota se pode baixar).Tem também um táxi  da Lisboa do século XIX, pintado de preto e verde, as cores dos táxis até à década de 90. A caleche (carruagem de quatro rodas e dois assentos, aberta à frente) do século XVIII, com janelas que parecem olhos, foi fabricada durante a época de Pombal. A galeria superior exibe arneses (armadura completa do antigo guerreiro), trajos da corte e retratos a óleo da família real.
 
O Museu Nacional dos Coches possui ainda um anexo no Paço Ducal de Vila Viçosa, onde se vêem algumas viaturas de aparato, sendo o seu forte viaturas de campo, caça e passeio. Está em Vila Viçosa o coche onde foram assassinados o rei Carlos I de Portugal e o seu filho, o príncipe herdeiro Luís Filipe, onde se pode observar os buracos de bala feitos no atentado republicano de 1910.
Fonte: Wikipédia.
 
 
Publicado por: Praia da Claridade às 00:08
Link do post | comentar
3 comentários:
De Martuxa a 12 de Setembro de 2006 às 17:13
É lindo esse museu, aliás quase todos os museus o são =)
Beijinho e sorriso


De TiBéu ( Isa) a 13 de Setembro de 2006 às 00:53
Olá boaq noite, já há alguns anos que não vou visitar o museu dos coches, como é bom que alguem nos lembre, obrigada.
bj de boa noite


De soaresesilva a 13 de Setembro de 2006 às 01:25
Lembro-me muito bem que foi o primeiro museu que visitei era ainda muito criança e fiquei fascinada pela beleza daqueles coches. Voltei lá mais vezes mas agora há uns anos que o não faço. Tenho de lá voltar em breve.


Comentar Artigo

FILIPE FREITAS

Pesquisar neste blog

 

Os 50 Artigos mais Recentes

Batalha da Roliça

Revolução dos Cravos

Massacre de Lisboa de 150...

O Alasca foi vendido

Páscoa: este ano é muito ...

Feliz Dia de São Valentim...

Padre António Vieira

Centenário do Regicídio d...

Descoberta da Vacina

Daguerreótipo

Feliz Ano de 2008 !

Lua Azul

Fossa das Marianas

Flor-do-Natal

Calçada da Fama

Beatriz Costa

Frank Sinatra

Tubarão-touro

Miguel de Vasconcelos

Restauração da Independên...

Egas Moniz

Maiores campos de gelo e ...

Tumba de Herodes

A Bela Adormecida na Figu...

Bola de ténis

Qual a cidade mais fria d...

Tautologia

O maior grupo de lagos de...

Macaronésia

Chuva de estrelas

Erupções vulcânicas

Lenda de São Martinho

Mário Viegas

Muro de Berlim

Libelinha

Castanhas

Falha de Santo André

Quinze anos ao telemóvel

Fotografia Aérea com Papa...

Chuva de animais

Pseudo-fruto

Elevador da Glória

1.º avião do mundo

Maçã

Funicular

Amistad

Turbante

O primeiro satélite artif...

José Hermano Saraiva

Masseiras

Arquivos Mensais

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Temas

acidentes

açores

actores

alimentação

ambiente

animais

arquitectura

artes

astrologia

astronáutica

astronomia

aves

aviação

brasil

cantinhos de portugal

cantores

capitais

ciências ocultas

civilizações

crustáceos

culinária

curiosidades

desportos

electrónica

energia

fenómenos

festividades

figueira da foz

filosofia

geografia

guerra

história de portugal

história mundial

humor

informática

insectos

lazer

lisboa

literatura

locais sagrados

madeira

máquinas

mar

medicina

medicina natural

mistérios

monumentos

música

natureza

oceanos

palácios

peixes

pensamentos

pessoas célebres

poemas

poetas

religião

relíquias

rios

saúde

superstições

tecnologias

tradições

transportes

turismo

união europeia

todas as tags