Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

05
Set06

As Eclusas

Praia da Claridade

 
Uma eclusa no Canal do Panamá. As comportas abrem-se para a entrada do navio. Observe que a água está ao mesmo nível do lado do navio. Após a entrada, o contentor será esvaziado e o navio estará ao nível das águas da comporta ao fundo.
 
Uma eclusa no Canal do Panamá.
As comportas abrem-se para a entrada do navio.
Observe que a água está ao mesmo nível do lado do navio.
Após a entrada, o contentor será esvaziado e o navio estará ao nível
das águas da comporta ao fundo.
 
 
 

Eclusa é uma construção que permite que as embarcações subam ou desçam os rios em locais onde há quedas de água ou onde as águas correm mais rápidas.
 
O sistema de eclusas funciona segundo o princípio dos vasos comunicantes, que é o seguinte: quando se põe um líquido em diversos recipientes que se comunicam entre si, ele se distribui até ficar em nível igual em todos eles.
 
As eclusas funcionam como degraus: há duas portas separando os dois níveis do rio. Quando uma embarcação precisa subir o rio ela entra pela porta da eclusa a jusante e fica no reservatório que é, então, enchido com água, elevando a embarcação para que esta possa atingir o nível mais alto. Quando a embarcação precisa descer o rio ela entra pela porta da eclusa a montante e permanece no reservatório enquanto ele é esvaziado, descendo a embarcação até ao nível mais baixo do rio. Um dos seus objectivos é permitir a navegação. O processo de enchimento do reservatório é hidráulico de modo que não é necessário o uso bombas de água e motores.
 
No caso de rios com barragens sucessivas, para o aproveitamento hidroeléctrico, em geral, quase nada precisa ser feito ao longo do curso de água. As obras fundamentais são as eclusas, ou obras de transposição de nível. As eclusas de navegação são formadas por uma câmara de nível variável, alimentada por montante, onde se liga com o reservatório formado pela barragem. Para se ter uma ideia do uso de eclusas pelo mundo, a União Europeia tem cerca de 700 eclusas; a China tem cerca de 900 eclusas, os Estados Unidos por volta de 230 (dados referentes ao início do ano de 2004).
 
A construção de eclusas, no caso de aproveitamentos hidroeléctricos, se elas forem executadas na altura em que é construída a barragem, não implica maiores impactos, em face do volume muitas vezes maior da própria barragem. Se for executada depois, em geral junto à barragem, leva a alguma perturbação local, porque é uma área já degradada ambientalmente.
  

1 comentário

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D