Quinta-feira, 12 de Janeiro de 2006

Vive o momento !...


Convencemo-nos que a vida será melhor:

... depois de acabar os estudos,

... depois de arranjar trabalho,

... depois de casarmos,

... depois de termos um filho,

... depois de termos outro filho.

Então, sentimo-nos frustrados, porque os nossos filhos ainda não são suficientemente crescidos e julgamos que seremos mais felizes quando crescerem e deixarem de ser crianças.

Depois, desesperamos...
...  porque são adolescentes, insuportáveis.

Pensamos: "Seremos mais felizes quando esta fase acabar!"

Então, decidimos que a nossa vida estará completa:
 

... quando o nosso companheiro ou companheira estiver realizado...

... quando tivermos um carro melhor...

... quando pudermos ir de férias...

... quando conseguirmos uma promoção...

... quando nos reformarmos...

A verdade é que NÃO HÁ MELHOR MOMENTO PARA SER FELIZ  DO QUE AGORA !

Se não for agora, então quando será ?

A vida está cheia de depois... É melhor admiti-lo e decidir ser feliz AGORA, de todas as formas.

Não há um depois, nem um caminho para a felicidade, a felicidade é o caminho e é...  AGORA !

Deixa de esperar até que acabes os estudos...

... até que te apaixones...

... até que encontres trabalho...

... até que te cases...

... até que tenhas filhos...

... até que eles saiam de casa...

... até que te divorcies...

... até que percas esses 10 kg...

... até sexta-feira à noite ou Domingo de manhã...

... até à Primavera, o Verão, o Outono ou o Inverno,

... ou até que morras...

... para decidires então que não há melhor momento que justamente ESTE para seres feliz !

A felicidade É um trajecto, não um destino.

Trabalha como se não precisasses de dinheiro...

... ama como se nunca te tivessem magoado e dança como se ninguém estivesse a ver !...

Conscientemente, para que sejas FELIZ !!!
Publicado por: Praia da Claridade às 00:19
Link do post | comentar | ver comentários (7)

Acidente de Goiânia


O acidente de vazamento de césio 137 (ver o meu artigo de ontem) em Goiânia (1) ocorreu no dia 13 de Setembro de 1987, matando 7 pessoas e deixando outros 16 feridos. Foi o pior acidente no mundo desencadeado pelo manuseio incorrecto de lixo nuclear (2).

Roberto dos Santos e Wagner Mota encontraram um aparelho de radioterapia (3) num hospital abandonado em Goiânia. Ao desmantelar o aparelho para vender as partes metálicas do mesmo para um ferro-velho, eles venderam o cilindro contendo césio a Devair Alves Ferreira. Como o césio brilhava no escuro, Devair convidou amigos e parentes para observarem o objecto.

O acidente só foi descoberto em 29 de Setembro, quando a esposa de Ferreira levou peças do aparelho desmontado à vigilância sanitária.

(1) - Goiânia é a maior cidade e capital do estado de Goiás. Estado brasileiro situado a leste da região Centro-Oeste. Tem como limites Tocantins a norte, a Bahia a leste, Minas Gerais a leste e sudeste.

(2) - Lixo Nuclear é aquele contendo elementos químicos radioactivos que não têm ou deixaram de ter utilidade. É usualmente o produto resultante de um processo de fissão nuclear, do material utilizado como combustível nos reactores ou do uso de armas nucleares. A radioactividade deste material diminui com o tempo. Todo o radioisótopo tem uma meia-vida, ou seja: o tempo necessário para perder metade (1/2) de sua radioactividade. Eventualmente todo o lixo radioactivo decai para um elemento não-radioactivo. Por exemplo: passados 40 anos, a maioria dos resíduos de combustível nuclear perde 99,9% de radiação.

(3) - Radioterapia é uma especialidade médica que se ocupa tratamento oncológico baseado em radiação.
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.



Para evitar acidentes não se deve mexer em materiais ou peças abandonadas que desconhecemos e que podem ser altamente perigosas ou até letais, sendo conveniente comunicar às autoridades para que elas possam controlar a ocorrência, solicitando, por exemplo, a comparência de pessoal especializado disponível (Polícia, Protecção Civil, Bombeiros, órgãos do meio ambiente). É costume encontrar, infelizmente, material militar com o qual se dever ter muita atenção...

Publicado por: Praia da Claridade às 00:16
Link do post | comentar | ver comentários (1)
Quarta-feira, 11 de Janeiro de 2006

O Relógio Atómico



 

Relógio atómico 

Relógio atómico




Um relógio atómico é um tipo de relógio que usa um padrão ressonante de frequência como contador.
 

Como o próprio nome diz, é um medidor de tempo que funciona baseado numa propriedade do átomo, sendo o padrão a frequência de oscilação da sua energia. Como um pêndulo de relógio, o átomo pode ser estimulado externamente (no caso por ondas electromagnéticas) para que a sua energia oscile de forma regular. Os elementos mais utilizados nos relógios são o césio (principalmente), hidrogénio e rubídio.
 

O seu funcionamento não é exactamente simples. Com base em estudos anteriores, os pesquisadores conhecem a frequência máxima com que esses átomos libertam energia, a sua frequência de oscilação. Os mecanismos do relógio estimulam os átomos por meio de microondas e ondas magnéticas, até atingir essa frequência, que é interpretada como tempo de acordo com os padrões já conhecidos. Por exemplo, a cada 9.192.631.770 oscilações do átomo de césio-133 o relógio entende que se passou um segundo.
 

As agências nacionais responsáveis pelos horários oficiais zelam pela manutenção de uma precisão de 10-9 segundo por dia:
Isto é 0,000 000 001 segundo ou ainda, um bilionésimo de segundo.
 

O primeiro relógio atómico foi construído em 1949 nos Estados Unidos. Uma versão aprimorada, baseada na transição do átomo de césio-133 foi construído por Louis Essen em 1955 no Reino Unido. Isto levou a uma definição, internacionalmente aceite, acerca do segundo baseada no tempo atómico.
 

Em Agosto de 2004, os cientistas do NIST (em inglês: National Institute of Standards and Technology) apresentaram um relógio atómico do tamanho de um chip (circuito integrado, um dispositivo microelectrónico), que segundo eles, esse relógio atómico teria um milésimo do tamanho de qualquer outro modelo e consumindo apenas 75mW, tornando possível a sua utilização em aparelhos movidos a pilhas ou baterias.
 

Desde 1967, a definição internacional do tempo baseia-se num relógio atómico, assim como os relógios, satélites e aparelhos de última geração. Ele é considerado o mais preciso já construído pelo homem e mesmo assim atrasa: 1 segundo a cada 3 mil anos. Assim, o Sistema Internacional de Unidades (SI) equiparou o segundo a 9.192.631.770 ciclos de radiação correspondendo à transição entre dois níveis de energia do átomo de césio-133.

 
O césio (do latim "caesium", que significa "céu azul") é um elemento químico de símbolo Cs. Os seus isótopos mais relevantes são o Cs-133 usado para definir o segundo e o radioisótopo Cs-137 para a cura do cancro.
 
O césio é um metal alcalino localizado no grupo 1 (1A) da classificação periódica dos elementos. É dúctil, muito reactivo, encontrado no estado líquido na temperatura ambiente. Foi descoberto em 1860 por Robert Wilhelm Bunsen e Gustav Kirchhoff, por análise espectral.
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

 
 

Publicado por: Praia da Claridade às 00:10
Link do post | comentar | ver comentários (5)
Terça-feira, 10 de Janeiro de 2006

Os Jardins Suspensos da Babilónia

Os jardins suspensos da Babilónia, como imaginados por Martin Heemskerck
Os jardins suspensos da Babilónia, como imaginados por Martin Heemskerck


Os Jardins Suspensos da Babilónia constituem uma das sete maravilhas do mundo antigo. É talvez uma das maravilhas relatadas sobre a qual menos se sabe. Muito se especula sobre as suas possíveis formas e dimensões, mas nenhuma descrição detalhada ou vestígio arqueológico já foram encontrados, além de um poço fora do comum que parece ter sido usado para bombear água.

Seis montes de terra artificiais, com terraços arborizados, apoiados em colunas de 25 a 100 metros de altura, construídos pelo rei Nabucodonosor, para agradar e consolar a sua esposa preferida Amitis, que nascera na Média, um reino vizinho, e vivia com saudades dos campos e florestas da sua terra. Chegava-se a eles por uma escada de mármore. Também chamados de Jardins Suspensos de Semiramis, foram construídos no século VI a.C., no sul do Iraque, na Babilónia. Os terraços foram construídos um em cima do outro e eram irrigados pela água bombeada do rio Eufratres. Nesses terraços estavam plantadas árvores, flores tropicais e alamedas de altas palmeiras. Dos jardins podia-se ver as belezas da cidade abaixo. Não se sabe quando foram destruídos. Suspeita-se que sua destruição tenha ocorrido na mesma época da destruição do palácio de Nabucodonosor, pois há boatos de que os jardins foram construídos sobre o seu palácio.

Nabucodonosor - Rei da Babilónia (630 a.C.?-562 a.C.). Durante o seu governo a Babilónia atinge o auge da sua prosperidade e hegemonia, sendo conhecida como "Rainha da Ásia". Nebuchadrezar II, filho do general Nabopolassar, fundador da dinastia caldéia, sobe ao trono em 605 a.C., depois da morte do pai. Transforma a cidade babilónica em centro cultural e financeiro do mundo antigo. A maior realização do seu reinado é um conjunto arquitectónico para proteger a cidade de invasões. Compreende a Torre de Babel, com 250 m de altura, os Jardins Suspensos e um canal de defesa ligando os rios Tigre e Eufrates, a 40 km da Babilónia, cercado por um muro em toda a sua extensão (o Muro dos Medas).

Líder militar de grande energia e crueldade, aniquila os fenícios, derrota os egípcios e obtém a hegemonia no Médio Oriente. Estende o Império Babilónico até o Mar Mediterrâneo. Em 598 a.C., conquista Jerusalém e realiza a primeira deportação de judeus para a Mesopotâmia, episódio conhecido como "O Cativeiro da Babilónia". Com a sua morte e sem um sucessor com a mesma força, os babilónios caem diante dos exércitos persas, na noite de 5/6 de Outubro de 539 a.C. pelo Rei Ciro da Pérsia, que desviou o curso do rio Eufrates para poder penetrar na cidade. Nessa noite, estava sendo dada uma festa em honra de Belsazar, Rei de Babilónia em exercício. Esta queda de Babilónia, em todos os pormenores relatados na História, cumpriu a profecia bíblica por meio do profeta Isaías, que predissera estes acontecimentos, mencionando até mesmo o nome do Rei Ciro como conquistador de Babilónia, 200 anos antes do seu nascimento.
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Publicado por: Praia da Claridade às 00:01
Link do post | comentar | ver comentários (4)
Segunda-feira, 9 de Janeiro de 2006

Oração à Mulher


[Error: Irreparable invalid markup ('<font [...] helvetica,>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<DIV><FONT face=Georgia color=#000080>
<DIV align=center><FONT face=Arial, color=#006666 size=3 helvetica,="undefined" sans-serif="undefined"><EM><STRONG>ORAÇÃO À MULHER</STRONG> </EM></FONT></DIV>
<DIV align=center><FONT face=Arial color=#000080 size=2></FONT> </DIV>
<DIV align=center><FONT face="Comic Sans MS" color=#003300 helvetica,="helvetica," sans-serif="sans-serif">"<FONT color=#006600>Missionária da Vida.</FONT></FONT></DIV>
<DIV align=center><FONT face="Comic Sans MS" color=#006600 helvetica,="helvetica," sans-serif="sans-serif">Ampara o homem para que o homem te ampare.</FONT></DIV>
<DIV align=center><FONT face="Comic Sans MS" color=#006600 helvetica,="helvetica," sans-serif="sans-serif">Não te conspurques no prazer, nem te mergulhes no vício.</FONT></DIV>
<DIV align=center><FONT face="Comic Sans MS" color=#006600 helvetica,="helvetica," sans-serif="sans-serif">A felicidade na Terra depende de ti, como o fruto depende da árvore.</FONT></DIV>
<DIV align=center><FONT face="Comic Sans MS" color=#006600 helvetica,="helvetica," sans-serif="sans-serif">Mãe, sê o anjo do lar.</FONT></DIV>
<DIV align=center><FONT face="Comic Sans MS" color=#006600 helvetica,="helvetica," sans-serif="sans-serif">Esposa, auxilia sempre.</FONT></DIV>
<DIV align=center><FONT face="Comic Sans MS" color=#006600 helvetica,="helvetica," sans-serif="sans-serif">Companheira, acende o lume da esperança.</FONT></DIV>
<DIV align=center><FONT face="Comic Sans MS" color=#006600 helvetica,="helvetica," sans-serif="sans-serif">Irmã, sacrifica-te e ajuda.</FONT></DIV>
<DIV align=center><FONT face="Comic Sans MS" color=#006600 helvetica,="helvetica," sans-serif="sans-serif">Mestra, orienta o caminho.</FONT></DIV>
<DIV align=center>
<P><FONT face="Comic Sans MS" color=#006600 helvetica,="helvetica," sans-serif="sans-serif">Enfermeira, compadece-te.</FONT></P>
<P><FONT face="Comic Sans MS" color=#006600 helvetica,="helvetica," sans-serif="sans-serif">Fonte sublime, se as feras do mal te poluírem as águas, imita a corrente cristalina que no serviço infatigável a todos, expulsa do próprio seio a lama que lhe atiram.</FONT></P></DIV>
<DIV align=center><FONT face="Comic Sans MS" color=#006600 helvetica,="helvetica," sans-serif="sans-serif">Por mais te aflija a dificuldade, não te confies à tristeza ou ao desânimo.</FONT></DIV>
<DIV align=center><FONT face="Comic Sans MS" color=#006600 helvetica,="helvetica," sans-serif="sans-serif">Lembra os órfãos, os doentes, os velhos e os desvalidos da estrada que esperam por teus braços e sorri com serenidade para a luta.</FONT></DIV>
<DIV align=center><FONT face="Comic Sans MS" color=#006600 helvetica,="helvetica," sans-serif="sans-serif">Deixa que o trabalho tanja as cordas celestes do teu sentimento para que não falte a música da harmonia aos pedregosos trilhos da existência terrestre.</FONT></DIV>
<DIV align=center><FONT face="Comic Sans MS" color=#006600 helvetica,="helvetica," sans-serif="sans-serif">Teu coração é uma estrela encarcerada.</FONT></DIV>
<DIV align=center><FONT face="Comic Sans MS" color=#006600 helvetica,="helvetica," sans-serif="sans-serif">Não lhe apagues a luz para que o amor resplandeça sobre as trevas.</FONT></DIV>
<DIV align=center><FONT face="Comic Sans MS" color=#006600 helvetica,="helvetica," sans-serif="sans-serif">Eleva-te, elevando-nos.</FONT></DIV>
<DIV align=center><FONT face="Comic Sans MS" color=#006600 helvetica,="helvetica," sans-serif="sans-serif">Não te esqueças de que trazes nas mãos a chave da vida porque a chave da vida é a glória de DEUS !"</FONT><FONT face=Arial size=2></DIV></FONT>
<DIV align=center><FONT face=Arial size=1>( MEIMEI )</FONT></DIV></FONT></DIV>
Publicado por: Praia da Claridade às 00:12
Link do post | comentar | ver comentários (5)

A Babilónia

Soldados Americanos em frente da reconstrução das ruinas da Babilónia (2003)
Ruínas da Babilónia
Soldados Americanos em frente da reconstrução das ruinas (2003)


Babilónia refere-se à capital da antiga Mesopotâmia. No moderno Iraque, localiza-se a aproximadamente 110 quilómetros ao sul de Bagdad. O nome vem do grego Babel, que por sua vez é derivada do semítico Babilu, significando "Os Portões de Deus". Essa palavra semítica é uma tradução do sumério Kadmirra.

Foi provavelmente fundada por volta de 3800 a.C. Teve um papel significativo na história da Mesopotâmia. Iniciou a sua era de império sob o amorita Hamurabi, por volta de 2300 a.C., e manteve-se assim por quase 2000 anos.

Os Arameus, assírios (os assírios habitavam a Alta Mesopotâmia) e os Caldeus lutaram durante séculos pelo controle da Babilónia. O rei assírio Assurbanipal venceu a luta em 648 a.C., e foi sucedido por Nabucodonosor II.

A Caldéia era uma região no sul da Mesopotâmia, principalmente na margem oriental do rio Eufrates, mas muitas vezes o termo é usado para se referir a toda a planície mesopotâmica. O nome em Hebraico é normalmente traduzido como "Caldeus".
A região da Caldéia é uma vasta planície formada por depósitos do Eufrates e do Tigre, estendendo-se a cerca de 250 quilómetros ao longo do curso de ambos os rios, e cerca de 60 quilómetros em largura.

Liderados por Nabucodonosor (que também construiu os Jardins Suspensos da Babilónia, uma das sete maravilhas do mundo antigo), os babilónios destruíram Jerusalém em 587 A.C., levando os judeus ao exílio babilónico. O rei persa Ciro, o Grande, derrotou os babilónicos em 539 A.C., e libertou os judeus do seu exílio.

Na cultura hebraica, a Babilónia tornou-se um inimigo arquétipo do povo de Deus. Várias referências à Babilónia ocorrem na Bíblia. No Novo Testamento, especialmente no livro Apocalipse, referências à Babilónia são comummente interpretadas como referências a Roma, ou metáforas sobre o poder do Império Romano.
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Publicado por: Praia da Claridade às 00:08
Link do post | comentar
Domingo, 8 de Janeiro de 2006

Baden-Powell e o Escotismo

Baden Powell idealizou e criou Movimento Escoteiro  
Baden Powell


Robert Stephenson Smyth Baden-Powell - nasceu em Londres, Inglaterra, a 22 de Fevereiro de 1857, e faleceu no Quénia, África, em 8 de Janeiro de 1941. Foi o quinto dos sete filhos do Reverendo Professor Baden-Powell. Idealizou e criou o Movimento Escoteiro, no ano de 1907. Foi militar e amava a vida ao ar livre, os desportos e o companheirismo. Actualmente, a casa de Baden-Powell, em Londres, é um museu do escotismo.

Escotismo é um
movimento educacional não formal para jovens, sem fins lucrativos, com a participação de adultos voluntários, fundado pelo general inglês Lord Robert Stephenson Smyth Baden-Powell, em 1907, e praticado por milhares de jovens por todo o mundo. Busca o desenvolvimento físico, mental, social, espiritual, afectivo e de carácter dos seus participantes através de um sistema de educação informal, baseado em actividades práticas (o chamado Aprender Fazendo) e na vida mateira (vida ao ar livre e o estudo da natureza). É organizado internacionalmente pela Organização Mundial do Movimento Escoteiro (OMME). Apesar de se assumir como um movimento sem vínculos político-religiosos, existem grupos vocacionados para determinadas confissões religiosas. Em Portugal, por exemplo, predomina a religião católica. É hoje o maior movimento de educação não-formal e o maior movimento de jovens do mundo, estando presente em 216 países e territórios. Já passaram pelo Movimento Escoteiro mais de 28 milhões de jovens desde a sua criação na Inglaterra. Em 2007 será realizado o Jamboree Mundial do Centenário na Inglaterra.


Lei Escoteira

Confiança, lealdade, ser prestativo, cortesia, respeito pelos animais, obediência, bom humor, trabalho, respeito pela propriedade e limpeza do corpo e da alma.


Em Portugal,

Os 10 artigos da Lei do Escoteiro (Associação dos Escoteiros de Portugal) são os seguintes:


  1. O Escoteiro é verdadeiro e a sua palavra é sagrada.
  2. O Escoteiro é leal.
  3. O Escoteiro é prestável.
  4. O Escoteiro é amigo de todos e irmão dos demais escoteiros.
  5. O Escoteiro é cortês.
  6. O Escoteiro é bom para com os animais e plantas.
  7. O Escoteiro é obediente e disciplinado.
  8. O Escoteiro é alegre e sorri perante as dificuldades.
  9. O Escoteiro é económico, sóbrio e respeitador dos bens de outrem.
  10. O Escoteiro é puro no pensamento, palavras e acções.

Os 10 artigos da Lei do Escuta (
Corpo Nacional de Escutas) são os seguintes:

  1. A honra do Escuta inspira confiança.
  2. O Escuta é leal.
  3. O Escuta é útil e pratica diariamente uma boa acção.
  4. O Escuta é amigo de todos e irmão de todos os outros escutas.
  5. O Escuta é delicado e respeitador.
  6. O Escuta protege as plantas e os animais.
  7. O Escuta é obediente.
  8. O Escuta tem sempre boa disposição de espírito.
  9. O Escuta é sóbrio, económico e respeitador do bem alheio.
  10. O Escuta é puro nos pensamentos, nas palavras e nas acções.

O CNE-Corpo Nacional de Escutas - Escutismo Católico Português é a maior organização escutista portuguesa.
Foi fundado em Braga a 27 de Maio de 1923 pelo arcebispo D. Manuel Vieira de Matos e por Dr. Avelino Gonçalves. Os fundadores mantiveram os primeiros contactos com o escutismo em Roma, quando ali assistiram, em 1922, a um desfile de 20.000 escuteiros, por ocasião do Congresso Eucarístico Internacional.

Depois de bem documentados regressaram a Braga e rodearam-se de um grupo de 11 bracarenses corajosos e valentes que, a 24 de Maio de 1923, faziam a sua primeira reunião, no prédio n.° 20 da Praça do Município, para estudarem a possibilidade e oportunidade da criação de um grupo de Scouts Católicos em Portugal: Assim nasceu o Corpo de Scouts Católicos Portugueses, cujos estatutos foram aprovados a 27 de Maio desse mesmo ano pelo governador civil de Braga, e confirmados em 26 de Novembro pela portaria n.° 3824 do Ministério do Interior e Direcção Geral de Segurança, começando a partir desse dia a existir oficialmente, com legalidade e personalidade jurídica.

A 26 de Maio de 1924 é publicado o Decreto-lei n.° 9729, que confirma a aprovação dos estatutos e alarga a todo o território Português o âmbito da Associação. Em Janeiro de 1925, reuniu em Braga, pela primeira vez a Junta Nacional com: D. Manuel Vieira de Matos, Director Geral; D. José Maria de Queirós e Lencastre, Comissário Nacional; Dr. Avelino Gonçalves, Inspector-Mor; Cap. Graciliano Reis S. Marques, 1.° Vogal e Álvaro Benjamim Coutinho, 2.° Vogal.

O Movimento estende-se de Norte a Sul de Portugal e, como meio de informação entre todas as Unidades, apareceu em Fevereiro de 1925 o 1.° número do jornal "Flor de Lis" que mais tarde, em Janeiro de 1945, se apresentava em forma de Revista.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Publicado por: Praia da Claridade às 00:08
Link do post | comentar | ver comentários (1)
Sábado, 7 de Janeiro de 2006

A Torre Nacional do Canadá

Torre Nacional do Canadá 
Torre Nacional do Canadá, ao centro


A Torre Nacional do Canadá (Canada's National Tower, em inglês), ou simplesmente Torre CN (ou CN Tower, como é conhecida internacionalmente), é a estrutura (não sustentada por cabos e em terra firme) mais alta do mundo, segundo o Guinness. Até 1995, o seu nome original era Canadian National Tower (Torre Canadense Nacional).

A sua altura total é de 553 metros e 33 centímetros, sendo que o principal observatório da torre está localizado a aproximadamente 342 metros de altura. A torre possui um segundo observatório, o Sky Pod, localizado a 447 metros de altura, o mais alto do mundo. A Torre CN é considerada uma das 7 maravilhas do mundo moderno pela Sociedade Americana de Engenheiros Civis.

A Torre CN está localizada no centro da cidade
canadense de Toronto, ao lado de outra atracção turística da cidade, o Skydome (estádio de desportos aberto localizado no centro da cidade). A Torre CN é o principal cartão postal da cidade, atraindo mais de 2 milhões de turistas por ano. Foi originalmente construída pela Canadian National Railway (daí o nome da torre) para resolver constantes problemas de comunicações que aconteciam devido à construção de prédios e arranha-céus cada vez mais altos no centro da cidade, e para mostrar a força da indústria canadense. Após a inauguração da Torre CN, a Canadian National Railway logo viu que a Torre CN era muito mais lucrativa como uma atracção turística do que uma torre de transmissão. Com cerca de um milhão de turistas subindo a torre anualmente, desde que foi construída, a Torre CN nunca operou no vermelho. Os seus custos de construção foram pagos em apenas 15 anos.

A Torre CN foi administrada pela Canadian National Railway - daí o nome antigo da torre, Canadian National Tower - até
1995, quando passou a ser administrada pela Canada Lands Company, uma companhia do governo canadense. A torre já era popularmente conhecida como CN Tower, e o governo, que queria remover o nome da empresa ferroviária da torre, mas para manter o acrónimo intacto, nomeou a torre de Canada's Tower.

Outra curiosidade da Torre CN é a escada que vai desde o piso térreo até ao principal observatório - ela possuem 1.776 degraus e é a escada mais longa do mundo. Projectada principalmente para casos de emergências, anualmente a escada é utilizada duas vezes para "escaladas de caridade" - abertas a quaisquer pessoas que queiram participar e ajudar a comunidade. A média do tempo que um escalador leva para subir todos os 1.776 degraus é de 30 minutos, sendo que o recorde é de 7 minutos e 58 segundos.

Enquanto que a Torre CN é actualmente a estrutura mais alta do mundo, esse recorde pode não durar muito, com a construção do
Burj Dubai, em Dubai, Emirados Árabes Unidos.

Um desenho do Burj Dubai 
Um desenho do Burj Dubai


O Burj Dubai é um arranha-céu em construção, na cidade de Dubai, Emirados Árabes Unidos. Não se sabe a altura exacta do edifício, mas acredita-se que ela terá aproximadamente 705 metros de altura, o que a fará não somente o arranha-céus mais alto do mundo, bem como a estrutura mais alta do mundo. O término da sua construção está prevista para 2008, e seu custo estimado é de oito biliões de dólares.
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Publicado por: Praia da Claridade às 00:06
Link do post | comentar
Sexta-feira, 6 de Janeiro de 2006

Portal do Astrónomo (204)


www.portaldoastronomo.org


NUCLIO - Núcleo Interactivo de Astronomia
Newsletter n.º 204


Ano novo, Tema novo. O ano de 2006 começa com um Tema do Mês que responde a muitas das questões que nos chegam através da "Secção Pergunte ao Astrónomo": O que devo fazer para observar o céu? Estou a começar, que tipo de binóculo/telescópio devo comprar?... Esta semana o tema começa pelo básico... olhar o céu com o olho nu!

Dando continuidade a um projecto de divulgação que o NUCLIO tem vindo a desenvolver com o apoio da Câmara Municipal de Cascais, hoje 6ª feira dia 6 de Janeiro, estaremos às 21h30 na Casa de Sta Maria, em Cascais,  "À conversa com o Cientista" Miguel Moreira. Pode consultar os detalhes desta iniciativa em:

http://www.nuclio.pt/projectos/000044.html

E já amanhã, Sábado, também às 21h30, mas no Centro de Interpretação Ambiental da Ponta do Sal, na Estrada Marginal, São Pedro do Estoril, voltaremos a ter uma sessão de "Astronomia em Crescente". Desta vez serão abordados dois temas: a descoberta de novos objectos "planetários" no Sistema Solar (por José Simões) e a possibilidade de uma futura colonização espacial (por Carl Koppeschaar). Pode consultar os detalhes desta iniciativa em:

http://www.nuclio.pt/projectos/000048.html 

Aproveitamos também esta oportunidade para divulgar outra palestra de Carl Koppeschaar, desta vez sobre um tema não astronómico, mas que mexe muito com todos nós, a Gripe... É no dia 9 de Janeiro, às 18h, na Fundação Calouste de Gulbenkian, sala 1. Pode ler o resumo desta apresentação em:

http://www.gripept.net/?q=carl_

Em relação ao céu nocturno... Após o Quarto-Crescente de hoje, pelas 18h57 UT, a  Lua, irá colocar-se em destaque no próximo dia 8 ao inicio da noite, quando estará em conjunção com Marte, com pouco mais de meio grau de separação aparente, o equivalente ao diâmetro da própria Lua! O planeta vermelho estará bastante brilhante com magnitude -0,4 mas parecerá um pequeno pontinho amarelado quando comparado com o brilho intenso do nosso satélite natural, com mais de 70% de fase. Ao contrário das últimas conjunções, que têm tido separações angulares bastante pronunciadas, esta é tão próxima que poderá ser vista através de um telescópio com uma ocular de baixa-média ampliação. Caso não possua um telescópio, um simples binóculo 10x50 ou até o olho nu servirão perfeitamente para observar esta espectacular conjunção.

---

Carl Koppeschaar em Portugal

http://www.portaldoastronomo.org/noticia.php?id=607

Carl Koppeschaar, famoso jornalista de ciência holandês, estará este Sábado na Ponta do Sal (S. Pedro do Estoril), onde falará sobre “Mundos distantes e a possibilidade de colonizar o espaço”, numa iniciativa do NUCLIO. Koppeschaar tem vários livros publicados, sobre Astronomia, Telecomunicações e Ciências Espaciais, colabora com diversas revistas e jornais, participa frequentemente em programas de televisão, e está envolvido em vários programas relacionados com o ensino das Ciências.


Plutão é mais frio do que deveria

http://www.portaldoastronomo.org/noticia.php?id=608

Os cientistas já suspeitavam que Plutão poderia ser mais frio do que era de esperar. Infelizmente, os resultados obtidos por telescópios, como o Keck ou o Hubble, sobre a emissão térmica deste planeta, não permitiam separar satisfatoriamente os dados relativos a Plutão dos relativos à sua lua Caronte, devido à proximidade entre ambos. Agora, uma equipa de investigadores do Centro Harvard-Smithsonian para a Astrofísica, utilizando o Submillimeter Array, conseguiu finalmente obter medições directas da emissão térmica de Plutão e da sua lua. As conclusões mostram que Plutão é realmente mais frio do que se esperava, mais frio ainda do que Caronte.

Fontewww.portaldoastronomo.org  -  O Portal do Astrónomo.
Publicado por: Praia da Claridade às 17:38
Link do post | comentar

Reis Magos


 Reis Magos,
santos esquecidos dentro das tradições do Natal



Das figuras bíblicas mais intimamente ligadas à tradição religiosa do povo destacam-se os Reis Magos, ou melhor, os Santos Reis uma vez que a hagiologia romana considera-os bem aventurados.

O simbolismo dos Reis Magos é amplo e emprestam-lhes os exegetas as mais diversas interpretações. Estão ligados intimamente às festas do Natal e deles nasceu, praticamente, a tradição do Papai Noel, pois os presentes dados nessa ocasião reproduzem que os magos do Oriente, depois de cumprida a rota que lhes indicava a estrela de Belém, prestaram a Jesus na gruta onde ele nascera.

As referências bíblicas são vagas e o episódio quase passa despercebido dos evangelistas, mas as contribuições da tradição patriática são muitas e, como elas têm força de fé e verdade, nelas devemos buscar grande parte das coisas que se contam dos santos Belchior, Gaspar e Baltazar já referidos pelos profetas do Velho Testamento, que vaticinavam a homenagem dos Reis ao humilde filho de Davi que deveria nascer em Belém.

De onde vieram e o que buscavam, pouca gente sabe. Vinham do Oriente e Baltazar, o mago negro talvez viesse de Sabá (terra misteriosa que seria o sul da Península Arábica ou, como querem os etíopes, a Abissínia). Simbolizam também as três unicas raças bíblicas, isso é, os semitas, jafetitas e camitas. Uma homenagem, pois, de todos os homens da Terra ao Rei dos Reis.

Eram magos, isto é, astrólogos e não feiticeiros. Naquele tempo a palavra mago tinha esse sentido, confundindo-se também com os termos sábio e filósofo. Eles prescrutavam o firmamento e sentiram-se chocados com a presença de um novo astro e, cada um deles, deixando suas terras depois de consultar seus pergaminhos e papiros cheios de palavras mágicas e fórmulas secretas, teve a revelação de que havia nascido o novo Rei de Judá e, que ele, como soberano, deveria, também, prestar seu preito ao menino que seria o monarca de todos os povos, embora o seu Reino não fosse deste mundo.

O simbolismo dos presentes

Conta ainda a tradição que, ao chegar a Canaã, indagaram os Magos onde havia nascido o novo Rei de Judá. Essa pergunta preocupou Herodes, que hoje seria considerado um quisting a serviço dos romanos, e que reinava na Judéia.

Os representantes do Império preocupavam-se com o aparecimento de um novo lider do povo de Israel. A revolta dos macabeus ainda não fora esquecida e o povo oprimido esperava, ansioso, pela vinda do Messias que iria libertar o Povo de Deus e cumprir a palavra do salmista: "Disse o Senhor ao meu Senhor — senta-te à minha direita até que ponho os teus amigos como escarbelo aos teus pés".

Os magos procuram — conforme conselho de Herodes — o novo Rei para render-lhe homenagem e para informar o representante romano do lugar onde nascera o Messias a fim de, com falso preito, sequestrá-lo.

No presépio encontramos apenas os animais e os pastores e, inspirados pelo Espírito Santo, curvaram-se diante do filho do carpinteiro de Nazaré e depositaram, ao pé da mangedoura que lhe servia de berço, os presentes: ouro, incenso e mirra, isto é prendas que simbolizavam a realeza, a divindade e a imortalidade do novo Rei, e grão de areia que cresceria e derrubaria o ídolo de pés de barro (simbolo das grandes potências que se sucederam no domínio do mundo), do sonho de Nabucodonosor decifrado pelo profeta Daniel.

Símbolos da humildade

Na tradição cristã os três Reis Magos simbolizavam os poderosos que deveriam curvar-se diante dos humildes na repetição real do canto da Virgem Maria à sua prima Isabel, e "Magnificat", pois sua alma rejubilava-se no Senhor, que exaltaria os pequenos de Israel e humilharia os poderosos.

A igreja cultua os Reis Magos dentro desse simbolismo. Representam os tronos, os potentados, os senhores da Terra que se curvara diante de Cristo, reconhecendo-lhe a divina realeza. É a busca dos poderosos que vêem em Belchior, Gaspar e Baltazar o exemplo de submissão aos designios de Deus e que devem, como os magos, despojar-se de seus bens e depositá-los aos pés dos demais seres humanos, partilhando sua fortuna como dignos despenseiros de Deus.

Os presentes de Natal também têm esse sentido. São as ofertas dos adultos à criança que com a sua pureza representa Jesus. Alguns, dão a essas festas um sentido mitológico pagão, buscando nas cerimônias dos druidas, dos germânicos ou saturnais romanas a pompa das festas natalinas que culminam com a Epifania.

A Bifana

A palavra epifania, usada também como nome de mulher, deu origem a uma corruptela dialetal do sul da Itália, levada depois a Portugal e Espanha, a Bifana. A Bifana, segundo a lenda, era uma velha que, no dia de Reis, saía pelas ruas da cidades a entregar presentes aos meninos que tivessem sido bons durante o ano que findara. Estava intimamente ligada às tradições dos povos mediterrâneos e mais próxima do significado litúrgico das festas natalícias. Os presentes eram somente dados no dia 6 de janeiro e nunca antes. Tanto assim é, que nós mesmos, no Brasil, na nossa infância, recebíamos os presentes nesse dia. Depois, com a influência francesa e inglesa em nossas tradições a Epifania ou Bifana foi substituída pelo Papai Noel, a quem muitos estudiosos atribuem uma origem pagã e outros, para disfarçar o sentido comercial da sua presença no dia de Natal, confundem com São Nicolau.

Hoje, o Santos Reis já não são lembrados. O presépio praticamente não existe e só neles é que podemos ver os Magos de Oriente apresentados. A árvore de Natal, pinheiro que os druidas e os feutos enfeitavam para agradar o terrível deus do inverno Hell, substituíria a representação do nascimento de Jesus, introduzida no costume dos povos por São Francisco de Assis. A festa da Epifania, dia de guarda no calendário litúrgico, já não mais é respeitada e com ela desaparecerem outras tradições da nossa gente, trazidas da Peninsula Ibérica pelos nossos antepassados, como a folia de Reis, Reizados e tantos outros autos folclóricos, cultuados em poucas regiões do país.

Gimenez, Armando.
"Reis Magos, santos esquecidos dentro das tradições do Natal". Diário de São Paulo, São Paulo, 5 de janeiro 1958.
Fonte: http://www.portaldafamilia.org/datas/natal/reismagos.shtml
Publicado por: Praia da Claridade às 17:02
Link do post | comentar

FILIPE FREITAS

Pesquisar neste blog

 

Os 50 Artigos mais Recentes

Batalha da Roliça

Revolução dos Cravos

Massacre de Lisboa de 150...

O Alasca foi vendido

Páscoa: este ano é muito ...

Feliz Dia de São Valentim...

Padre António Vieira

Centenário do Regicídio d...

Descoberta da Vacina

Daguerreótipo

Feliz Ano de 2008 !

Lua Azul

Fossa das Marianas

Flor-do-Natal

Calçada da Fama

Beatriz Costa

Frank Sinatra

Tubarão-touro

Miguel de Vasconcelos

Restauração da Independên...

Egas Moniz

Maiores campos de gelo e ...

Tumba de Herodes

A Bela Adormecida na Figu...

Bola de ténis

Qual a cidade mais fria d...

Tautologia

O maior grupo de lagos de...

Macaronésia

Chuva de estrelas

Erupções vulcânicas

Lenda de São Martinho

Mário Viegas

Muro de Berlim

Libelinha

Castanhas

Falha de Santo André

Quinze anos ao telemóvel

Fotografia Aérea com Papa...

Chuva de animais

Pseudo-fruto

Elevador da Glória

1.º avião do mundo

Maçã

Funicular

Amistad

Turbante

O primeiro satélite artif...

José Hermano Saraiva

Masseiras

Arquivos Mensais

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Temas

acidentes

açores

actores

alimentação

ambiente

animais

arquitectura

artes

astrologia

astronáutica

astronomia

aves

aviação

brasil

cantinhos de portugal

cantores

capitais

ciências ocultas

civilizações

crustáceos

culinária

curiosidades

desportos

electrónica

energia

fenómenos

festividades

figueira da foz

filosofia

geografia

guerra

história de portugal

história mundial

humor

informática

insectos

lazer

lisboa

literatura

locais sagrados

madeira

máquinas

mar

medicina

medicina natural

mistérios

monumentos

música

natureza

oceanos

palácios

peixes

pensamentos

pessoas célebres

poemas

poetas

religião

relíquias

rios

saúde

superstições

tecnologias

tradições

transportes

turismo

união europeia

todas as tags