Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

16
Jan06

O Diamante

Praia da Claridade


Só os diamantes são suficientemente duros para cortar outros diamantes.
O polimento e montagem dão-lhes grande valor, brilho, e interesse em joalharia.



Diamante: cristal de átomos de Carbono. É a substância mais dura da natureza, embora tenha pouca tenacidade, ou seja, o diamante tem capacidade de riscar qualquer outra substância, devido à sua dureza, porém, sob pressão ou impacto, quebra-se com facilidade, dada a baixa tenacidade.

O nome vem do grego adhamas, que significa indestrutível. Por isso o adjectivo 'adamantino' também é aceite para referenciar o diamante (o termo mais usado é 'diamantino').

Diamante é um dos alotropos de carbono natural (o alotropo principal que é grafite).

Devido à disposição dos átomos do carbono na sua constituição, todo o diamante no estado bruto (não lapidado) tem formato de octaedro (poliedro de oito faces). 

Octaedro-Animação
 Octaedro - animação

Cada cristal de diamante é constituído de apenas uma molécula, ou seja, o número de átomos de carbono é o seu número de massa é o número n de carbonos que compõem cada molécula.

O Brasil é um dos grande produtores de diamantes, mas perde, actualmente, para a produção das minas nos países do sul do
Continente Africano.

A
Bahia possui uma região rica em diamantes, a Chapada Diamantina (que recebeu o nome por causa da abundância do mineral).


Propriedades


O diamante é um cristal transparente, opticamente isotrópico, com um índice de refractividade de 2,417, uma dispersão de 0,044, e uma gravidade específica de 3,52.


Dureza e estrutura do cristal

Algumas vezes como adamant, é o mais duro material natural conhecido, pontuado como 10 na antiga Escala de Mohs de dureza mineral.

Infelizmente, medir a dureza dos
minerais não é a melhor forma de defini-los, embora o método seja útil para descrevê-los. A Escala de Mohs é apenas um meio grosseiro e instantâneo de comparação entre minerais, não uma medição cientificamente precisa. Mas, apesar das limitações, a Escala de Mohs continua a ser perfeitamente adequada e o método mais comum para uso geral.

A ESCALA DE MOHS  –  A escala de dureza proposta e desenvolvida pelo cientista alemão Friedrich Mohs (1773-1839) vai de 1 a 10. Os minerais de número superior arranham qualquer mineral de número inferior – quanto mais alto o número, mais duro o mineral.

Talco  – o mais mole dos minerais, pode ser arranhado por todos os outros e também com a unha (Escala de Mohs = 1)

Diamante   –  a mais dura substância natural (Escala de Mohs = 10).


Propriedades ópticas

Após a lapidação os micro espelhos internos são capazes de absorver e reflectir a luz branca, o seu brilho não é interferido por outras cores e permanece vivo até mesmo em ambientes extremamente escuros.


Claridade

São avaliados segundo a sua transparência, quanto mais branco mais puro. O seu brilho é proveniente dos padrões criados durante a lapidação, apresentam-se como se fossem centenas de micro-espelhos dentro da gema do minério; estes espelhos absorvem e reflectem a luz branca. Por este motivo o diamante mantém o seu brilho forte até mesmo em ambientes parcialmente escuros.


Cor

Apresentam-se nas mais variadas cores, sendo considerados mais puros segundo o seu grau de brancura. Os diamantes negros são extremamente raros e atingem valores incomensuráveis.Um dos interessantes aspectos do diamantes é que ele não reflecte cores externas.


Simbolismo dos diamantes


Simbolizam em primeiro lugar Status, o poder de ter algo lindo, raro e cobiçado.


Lapidadores de Diamantes Famosos



  • Gabriel Tolkowsky
    - Um famoso lapidador de diamantes, que cortou dois dos maiores diamantes do mundo, o Diamante Centenário e o Diamante do Jubileu de Ouro. Ele também empreendeu-se em patentear e/ou obter reserva de direitos autoriais sobre vários desenhos de diamantes.

Um dos dez diamantes mais famosos do mundo, o Diamante Centenário foi descoberto em Julho de 1986, na mina Premier, localizada em Transvaal na África do Sul. Pesava, no seu estado bruto, 599,10 quilates. O lapidário Gabi Tolkowsky levou 3 anos junto com a sua equipe de especialista para lapidar o diamante.

Possui 247 facetas, pesa 273,85 quilates e é superado em tamanho apenas pelos diamantes Cullinan I e II, que se encontram nas jóias da coroa britânica. O Diamante Centenário  foi exibido pela primeira vez na Torre de
Londres em 1991.
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

































5 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D