Sexta-feira, 23 de Junho de 2006

O Giroscópio

 
O Giroscópio
 
 

Giroscópio é um dispositivo usado para orientação de navios, aviões e espaçonaves (naves espaciais), inventado por Léon Foucault (físico e astrónomo francês) em 1852. O giroscópio consiste num rotor suspenso por um suporte formado por dois círculos articulados, com juntas tipo "cardan". O seu funcionamento baseia-se no princípio da inércia (1). O eixo em rotação guarda a direcção fixa em relação ao espaço. O giroscópio veio substituir a bússola na navegação marítima. Na aviação, serve de girocompasso e piloto automático, permitindo o voo em condições de visibilidade zero. Nos voos espaciais o dispositivo é fundamental para a orientação das espaçonaves.
 
O giroscópio consiste essencialmente numa roda livre, ou várias rodas, para girar em qualquer direcção e com uma propriedade: opõe-se a qualquer tentativa de mudar a sua direcção original. Exemplo disso é virar a roda de uma bicicleta no ar e tentar mudar a sua rota bruscamente: você sentirá uma enorme reacção.
 
Existem giroscópios completos, quer dizer, eles actuam em todas as direcções e giroscópios simples, actuam apenas num sentido.
 
Ele é usado como auxiliar em navegação de helicópteros rádio-controlados, corrigindo automaticamente o curso.
 
(1) - A inércia é uma propriedade física da matéria. Considere um corpo não submetido à acção de nenhuma força ou submetido a um conjunto de forças de resultante nula; nesta condição esse corpo não sofre variação de velocidade. Isto significa que, se está parado, permanece parado, e se está em movimento, permanece em movimento e a sua velocidade se mantém constante. Tal princípio, formulado pela primeira vez por Galileu e, posteriormente, confirmado por Newton, é conhecido como primeiro princípio da Dinâmica (1ª lei de Newton) ou "princípio da Inércia".
 
Podemos interpretar o seu enunciado da seguinte maneira: todos os corpos são "preguiçosos" e não desejam modificar o seu estado de movimento: se estão em movimento, querem continuar em movimento; se estão parados, não desejam mover-se. Essa "preguiça" é chamada pelos físicos de Inércia e é característica de todos os corpos dotados de massa (grosso modo, o mesmo que quantidade de matéria).
 
O princípio da inércia pode ser observado no movimento de um comboio. Quando o comboio "arranca" a partir do repouso, os passageiros tendem a deslocar-se para trás, resistindo ao movimento. Da mesma forma, quando o comboio entra em travagem, os passageiros deslocam-se para a frente, tendendo a continuar com a velocidade que possuíam.
 
O conceito de inércia teve um importante precursor na Idade Média, com a "teoria do ímpeto" do filósofo Jean Buridan.
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Publicado por: Praia da Claridade às 00:00
Link do post | comentar
2 comentários:
De soaresesilva a 23 de Junho de 2006 às 13:03
Nestas e noutras invenções ficamos admirados com a capacidade do Homem em teorizar os princípios da física e logo pô-los em prática . Não me digam que o Homem não é um ser especial na Natureza...


De Paola Vannucci a 23 de Junho de 2006 às 18:51
Meu querido Freitas, rsrsrssrsrsrsrsrs

Mas que maraviha passear pelos montes andinos desfrutando de aveias ,

meu vc está cada vez mais bárbaro nas postagens,
Olha estou abrindo um blog novo, vpa me visite e comente

beijossssssss

Caleidoscó´pio

bjssssssssss


Comentar Artigo

FILIPE FREITAS

Pesquisar neste blog

 

Os 50 Artigos mais Recentes

Batalha da Roliça

Revolução dos Cravos

Massacre de Lisboa de 150...

O Alasca foi vendido

Páscoa: este ano é muito ...

Feliz Dia de São Valentim...

Padre António Vieira

Centenário do Regicídio d...

Descoberta da Vacina

Daguerreótipo

Feliz Ano de 2008 !

Lua Azul

Fossa das Marianas

Flor-do-Natal

Calçada da Fama

Beatriz Costa

Frank Sinatra

Tubarão-touro

Miguel de Vasconcelos

Restauração da Independên...

Egas Moniz

Maiores campos de gelo e ...

Tumba de Herodes

A Bela Adormecida na Figu...

Bola de ténis

Qual a cidade mais fria d...

Tautologia

O maior grupo de lagos de...

Macaronésia

Chuva de estrelas

Erupções vulcânicas

Lenda de São Martinho

Mário Viegas

Muro de Berlim

Libelinha

Castanhas

Falha de Santo André

Quinze anos ao telemóvel

Fotografia Aérea com Papa...

Chuva de animais

Pseudo-fruto

Elevador da Glória

1.º avião do mundo

Maçã

Funicular

Amistad

Turbante

O primeiro satélite artif...

José Hermano Saraiva

Masseiras

Arquivos Mensais

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Temas

acidentes

açores

actores

alimentação

ambiente

animais

arquitectura

artes

astrologia

astronáutica

astronomia

aves

aviação

brasil

cantinhos de portugal

cantores

capitais

ciências ocultas

civilizações

crustáceos

culinária

curiosidades

desportos

electrónica

energia

fenómenos

festividades

figueira da foz

filosofia

geografia

guerra

história de portugal

história mundial

humor

informática

insectos

lazer

lisboa

literatura

locais sagrados

madeira

máquinas

mar

medicina

medicina natural

mistérios

monumentos

música

natureza

oceanos

palácios

peixes

pensamentos

pessoas célebres

poemas

poetas

religião

relíquias

rios

saúde

superstições

tecnologias

tradições

transportes

turismo

união europeia

todas as tags