Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

21
Jun06

O Facóquero

Praia da Claridade

 
O Facóquero
 
 
 

O facóquero ou facoquero, (Phacochoerus sp.) é um mamífero africano, aparentado com o javali, caracterizado pela cabeça grande, o corpo em forma de barril e a presença de verrugas na cara, o que lhes vale o nome em inglês: warthog (porco-verruguento).
 
 
Classificação
 
O facóquero é classificado como um artiodáctilo (inclui os mamíferos ungulados com um número par de dedos nas patas) da família Suidae (que inclui porcos e javalis) pertencente ao género Phacochoerus. O género inclui duas espécies, P. africanus e P. aethiopicus, que são consideradas sinónimos por alguns autores.
 
 
Distribuição geográfica
 
Os facóqueros habitam a África, ao sul do Saara. Eles preferem as savanas áridas e húmidas, evitando desertos, florestas e montanhas. Ao contrário dos demais suídeos, o facóquero tolera bem a aridez e temperaturas elevadas.
 
 
Aparência
 
O facóquero possui uma cabeça grande com verrugas características, espalhadas aos pares. Os olhos no alto da cabeça servem para vigiar possíveis predadores, como o leão ou o leopardo. O focinho é longo, acompanhado de dois pares de presas, usadas para escavar e para defesa. O corpo é grande e as pernas curtas. Apesar disso, é um bom corredor. Possui um cauda razoavelmente longa, que mantém em posição erecta enquanto trota. Um facóquero adulto pesa entre 50 e 100 kg. A altura da cernelha é em torno de 75 cm.
 
 
Dieta
 
Os facóqueros alimentam-se de pasto ou de raízes, bolbos e tubérculos que escavam com o focinho, apoiados nos seus membros anteriores.
 
 
Reprodução
 
Os machos disputam as fêmeas em combates violentos. A gestação da fêmea é de 175 dias, ao fim dos quais nascem 4 leitõezinhos, que são desmamados aos 2 meses. Os filhotes permanecem junto da mãe até o próximo parto.
 
 
Hábitos
 
Como todos os porcos, usa a lama para se refrescar e se proteger de parasitas e insectos. Eles vivem em pequenos núcleos familiares compostos por uma fêmea e seus filhotes. Os machos vivem sozinhos. Apesar de bons cavadores, os facáoqueros não constroem as suas tocas. Preferem viver em tocas abandonadas de outros animais como o orictéropo (mamífero africano).
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D