Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

26
Mai06

Bandeira Europeia

Praia da Claridade

 
Bandeira Europeia
 
 
 

A Bandeira Europeia consiste de um circulo com doze estrelas douradas num fundo azul. Apesar da bandeira estar normalmente associada à União Europeia (UE) [1], foi inicialmente usada pelo Conselho da Europa, e pensada para representar a Europa como um todo.
 
A bandeira foi originalmente adoptada pelo Conselho da Europa a 8 de Dezembro de 1955, e o Concelho da Europa desejava, desde o início, que fosse usada por outras organizações regionais que procurassem a integração europeia.
 
A Comunidade Europeia (CE) adoptou-a a 26 de Maio de 1986. A UE, que se estabeleceu pelo Tratado de Maastricht na década de 1990 e que veio a substituir a CE e as suas funções, também escolheu esta bandeira. Desde então o uso da bandeira tem sido conjuntamente controlado quer pelo Concelho da Europa quer pela União Europeia.
 
A bandeira aparece na face de todas as notas de euro e as estrelas em todas as moedas de euro.
 
O número de estrelas na bandeira estão fixas a doze e não estão relacionadas com o número de estados membros da UE. Em 1953, o Concelho da Europa tinha 15 membros; foi proposto que uma bandeira futura tivesse uma estrela para cada membro, e não se alteraria com a entrada de futuros membros. A Alemanha Ocidental discordou já que um dos membros era a área disputada de Saarland e que ter a sua própria estrela implicaria ser uma região soberana. Nesta mesma base, a França também discordou que fossem 14 estrelas já que isso implicaria a absorção de Saarland na Alemanha. Treze está tradicionalmente relacionado com o azar em várias culturas europeias, e com o facto de que as primeiras bandeiras dos Estados Unidos da América terem esse número de estrelas. Doze foi o número escolhido já que não tinha conotações políticas e era um símbolo de perfeição e de algo completo.
 
Doze é um número especial nas várias culturas e tradições europeias, tais como:
 
-  12  signos do Zodíaco;
-  12  horas num relógio;
-  12  meses num ano;
-  12  apóstolos;
-  12  deuses olímpicos;
-  12  tábulas da Lei Romana.
 
 
Erros comuns
 
A seguir, apresenta-se alguns dos erros comuns na representação da bandeira europeia.
 
-  Um erro muito comum em Portugal, aconteceu quando a Áustria, a Finlândia e a Suécia entraram para a UE em 1993, em que muitas televisões portuguesas começaram a mostrar bandeiras com 15 estrelas e a afirmar que a partir de então na bandeira figurariam 15 estrelas. Antes, o número 12 coincidia com o número de membros da comunidade europeia.
 
-  O emblema invertido.
 
-  Má orientação das estrelas.
 
-  Má colocação das estrelas no círculo: as estrelas devem estar dispostas como as horas no mostrador de um relógio. 
   
 
[1] A União Europeia, anteriormente designada por Comunidade Económica Europeia (CEE) e Comunidade Europeia (CE), é uma organização internacional constituída actualmente por 25 Estados-Membros, estabelecida com este nome pelo Tratado da União Europeia (normalmente conhecido como Tratado de Maastricht) em 1992, mas muitos aspectos desta União já existindo desde a década de 1950. A União tem sedes em Bruxelas, Luxemburgo e Estrasburgo.
 
A União Europeia tem muitas facetas, as mais importantes sendo o mercado único europeu (ou seja uma união aduaneira), uma moeda única (adoptada por 12 dos 25 Estados Membros) e políticas agrícola, de pescas, comercial e de transportes comuns. A União Europeia desenvolve também várias iniciativas para a coordenação das actividades judiciais e de defesa dos Estados Membros.
 
O Tratado de Paris, assinado em 1951, estabelecendo a Comunidade Europeia do Carvão e do Aço, e o Tratado de Roma, assinado em 1957, e instituindo a Comunidade Económica Europeia e a Comunidade Europeia da Energia Atómica ou Euratom, foram assinados por seis membros fundadores: Alemanha, Bélgica, França, Itália, Luxemburgo e Países Baixos.
 
Depois disto, a UE levou a cabo cinco alargamentos sucessivos: em 1973 Dinamarca, Irlanda e Reino Unido; em 1981 Grécia; em 1986 Espanha e Portugal; em 1995 Áustria, Finlândia e Suécia; a 1 de Maio de 2004, República Checa, Chipre, Eslováquia, Eslovénia, Estónia, Hungria, Letónia, Lituânia, Malta e Polónia.
 
Em 1972 e 1994, a Noruega assinou também tratados de adesão à União Europeia. No entanto, nas duas ocasiões, através de referendos, a população norueguesa rejeitou a adesão do seu país.
 
A Croácia, Bulgária, Roménia e Turquia são candidatos à adesão à UE. A Bulgária e a Roménia têm adesão marcada para 2007. As negociações com a Turquia e a Croácia iniciaram-se oficialmente em Outubro de 2005 mas ainda não há uma data de adesão definida - o processo pode estender-se por vários anos.
 
Especificações gráficas do emblema europeu  aqui 
 
 
União Europeia
       Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D