Sexta-feira, 14 de Abril de 2006

A Páscoa

 
O coelhinho e os ovos da Páscoa




A Páscoa é a maior e a mais importante festa da cristandade. Na Páscoa os cristãos celebram a Ressurreição de Jesus Cristo (Vitória sobre a morte) depois da sua morte por crucificação (Sexta Feira Santa) que terá ocorrido nesta altura do ano em 30 ou 33 d.C. O termo pode referir-se também ao período do ano canónico que dura cerca de dois meses a partir desta data até ao Pentecostes.
 
A data é também uma importante data para os judeus (com o nome de Pesach, significando passagem), comemorando a libertação e fuga do seu povo escravizado no Egipto, conduzidos por Moisés e passando pelo Mar Vermelho. A palavra Páscoa advém, exactamente do nome em hebraico da festa judaica à qual a Páscoa cristã está intimamente ligada, não só pelo sentido simbólico de “passagem”, comum às celebrações pagãs (passagem do Inverno para a Primavera) e judaicas (da escravatura no Egipto para a liberdade na Terra prometida), mas também pela posição da Páscoa no calendário, segundo os cálculos que se indicam a seguir. A última ceia partilhada por Jesus e pelos discípulos é considerada, geralmente, um “seder do pesach” – a refeição ritual que acompanha a festividade judaica, se nos atermos à cronologia proposta pelos Evangelhos sinópticos. O Evangelho de João propõe uma cronologia distinta, ao situar a morte de Cristo por altura da hecatombe dos cordeiros do Pesach. Assim, a última ceia teria ocorrido um pouco antes desta festividade.
 
Os termos "Easter" (Ishtar) e "Ostern" (em inglês e alemão, respectivamente) parecem não ter qualquer relação etimológica como o Pesach (Páscoa). As hipóteses mais aceites relacionam os termos com Eostremonat, nome de um antigo mês germânico, ou de Eostre, uma deusa germânica relacionada com a Primavera que era homenageada todos os anos, no mês de Eostremonat, de acordo com o historiador inglês do século VIII, Beda. É sugerido por alguns historiadores que muitos dos actuais símbolos ligados à Páscoa (especialmente os ovos coloridos e o coelhinho da Páscoa) são resquícios culturais da festividade de Primavera em honra de Eostre que, depois, foram assimilados às celebrações cristãs do Pesach, depois da cristianização dos pagãos germânicos. Contudo, já os Persas, Romanos, Judeus e Arménios tinham o hábito de oferecer e receber ovos coloridos por esta época.
 
Ishtar tinha alguns rituais de carácter sexual, uma vez que era a deusa da fertilidade, outros rituais tinham a ver com libações e outras ofertas corporais.
 
Um ritual importante ocorria no equinócio da Primavera, onde os participantes pintavam e decoravam ovos (símbolo da fertilidade) e os escondiam e enterravam em tocas nos campos. Este ritual foi adaptado pela Igreja Católica no principio do 1º milénio depois de Cristo, fundindo-a com outra festa popular da altura chamada de Páscoa. Mesmo assim, o ritual da decoração dos ovos de Páscoa mantêm-se um pouco por todo o mundo nesta festa, quando ocorre o equinócio da Primavera.
 
Cálculo
 
Como o calendário judeu é baseado na Lua, a Páscoa cristã passa a ser móvel no calendário cristão, assim como as demais datas referentes a Páscoa, tanto na Igreja Católica como nas Igrejas Protestantes e Igrejas Ortodoxas:
 
A Páscoa é um feriado móvel que serve de referência para outras datas. É calculado como sendo o primeiro domingo após a lua cheia seguinte à entrada do equinócio de Outono no hemisfério sul ou o equinócio de Primavera no hemisfério norte.
 
As datas móveis que dependem da Páscoa são:
 
>  Domingo de Carnaval - 46 dias antes (por isso as Cinzas sempre são numa quarta-feira)
>  Quaresma - Inicia na Quarta-feira de cinzas
>  Domingo de Ramos - Uma semana antes
>  Sexta-feira Santa - a sexta-feira imediatamente anterior
>  Sábado de Aleluia - o sábado de véspera
Pentecostes - o oitavo domingo após a Páscoa
>  Corpus Christi - (ou Ascensão de Cristo) a quinta-feira após o Pentecostes.
 
Todavia, o Vaticano tem autoridade para indicar outras datas.
 
Páscoa no Judaísmo
 
Segundo a Bíblia, Deus lançou pragas contra o Egipto. Na última delas, disse que todos os primogénitos egípcios seriam exterminados, mas os de Israel seriam poupados. Para isso, os de Israel deveriam imolar um cordeiro, e passar o sangue nas portas das casas e Deus passaria por elas.
 
Diz ainda a Bíblia: Conservareis a memória daquele dia, celebrando-o como uma festa em honra do Senhor: Fareis isto de geração em geração, pois é uma instituição perpétua. (Livro do Êxodo 12, 14). Assim, ficou instituída a festa da Páscoa.
 
Páscoa no Cristianismo
 
Jesus Cristo é tido pelos cristãos como o Cordeiro de Deus que foi imolado para salvação e libertação de todos do pecado. Para isso Deus teria designado a sua morte exactamente no dia da Páscoa judaica para criar o paralelo entre a aliança antiga, no sangue do cordeiro imolado, e a nova aliança, no sangue do próprio Jesus imolado.
 
No primeiro concílio de Nicéia, em 325, foi decidido que a Páscoa seria celebrada no mesmo domingo para todas as correntes cristãs, mas é bem provável que nenhum método de cálculo da data tenha sido explicitamente indicado. Assim, a Páscoa cristã é comemorada (segundo o costume da Idade Média) no primeiro domingo após a primeira Lua cheia da Primavera: a data ocorre entre os dias 22 de Março e 25 de Abril.
 
A sequência da liturgia para todos os domingos do Ano Cristão está na dependência da Páscoa, excepto os domingos do Advento, que são sempre quatro domingos antes do Natal, não importando se cai no domingo ou noutro dia da semana.
 
Como, segundo a tradição cristã sustentada no Novo Testamento, Jesus ressuscitou num domingo, surgiu a prática de os Cristãos se reunirem aos domingos (literalmente, Dia do Senhor), e não aos sábados, como fazem os judeus (shabat).
 
Esta tradição foi modificada posteriormente por algumas igrejas protestantes que retornaram ao costume judeu de guardar o sábado.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


Os meu votos sinceros de uma
PÁSCOA FELIZ
a todos os que visitarem este meu Blog
 
sinto-me: Oferecendo ovos da Páscoa...
Publicado por: Praia da Claridade às 00:00
Link do post | comentar
12 comentários:
De ruca a 14 de Abril de 2006 às 01:04
Retribuição de votos do melhor que houver esta Páscoa.

beijinhos


De carla a 14 de Abril de 2006 às 11:58
olá :o)
obigado pela visita lá no meu cantinho :o)
e tambem te desejo uma boa pascoa :o), nao comas muitas amendoas que faz mal aos dentinhos :op
(ps: obrigado pelos ovos da pascoa)
bjinho


De soaresesilva a 14 de Abril de 2006 às 13:01
Focas aqui todos os aspectos da Páscoa: o sagrado e o profano. Nada fica por dizer... Fico com a tua ilustração de hoje que é uma delícia! Boa Páscoa também para ti.


De soaresesilva a 14 de Abril de 2006 às 13:12
Se quiseres saber novidade da Figueira da Foz vai ao blog da Musas (Sónia)...http://asmusas.blogspot.com/
Não sei copiar para aqui o endereço, como muitos de vocês fazem para irdem directamente lá. Como devo fazer?


De soaresesilva a 14 de Abril de 2006 às 13:13
Afinal parece que fiz bem a cópia do endereço das Musas.


De maira a 18 de Abril de 2010 às 13:43
hahahhahahah


De HumbertotheWizard a 14 de Abril de 2006 às 17:45
A Páscoa deve ser por excelência um óptimo ponto de encontro para nos encontrarmos com nós mesmos. Ela indicia um chamamento, pelo silêncio da morte de Jesus, a um recolhimento interior, importante pra que possamos distinguir e separar os nossos defeitos das nossas virtudes. De admitir que falhamos com determinados comportamentos, actos e palavras, e encontrar a melhor forma de erradicarmos os erros que compulsivamente ou ocasionalmente cometemos. A chave de sermos cada vez melhores, podemos encontrar na modificação de um defeito que sofremos e que agora, se tornou numa brilhante virtude nossa. Muitas felicidades para o rapaz figueirense que admirávelmente assina esta página com tanta sapiência, remetendo-lhe um Páscoa feliz, desde dos Algarves para a Praia da Claridade.
DOMINIO DOS ANJOS


De Dalva a 14 de Abril de 2006 às 18:44
comi os ovos.. chocolate, amendoa etc e ainda roubei o coelho ha ha ha.. adorei...obrigada !!!
À todos uma bela Páscoa.. beijinhos.....


De mariaelisaramos@sapo.pt a 14 de Abril de 2006 às 21:43
Para si amigo Filipe,e familía votos de feliz Páscoa com tudo de bom,e saúde e como católica que sou,não praticante não, poderia sem primeiro dizer!Que se Cristo Ressusitou!que ilumine com sua luz os homems na terra para que aja paz para o mundo todo e que sejamos todos irmãos pois foi isso que ele pregou ãos discípulos.
Boa Páscoa
Maria Elisa


De As Musas a 14 de Abril de 2006 às 22:15
Olá, uma santa Pascoa para ti tb e aparece sempre que possas.
O festival do Peixe ai na Figueira é até 25 de Abril, salvo erro...
Jinhos


De jo a 14 de Abril de 2006 às 22:56
Devias ter sido professor, personificas o próprio didactismo, obrigada por nos tazeres tantos assuntos interessantes.
BOA PASCOA!


Comentar Artigo

FILIPE FREITAS

Pesquisar neste blog

 

Os 50 Artigos mais Recentes

Batalha da Roliça

Revolução dos Cravos

Massacre de Lisboa de 150...

O Alasca foi vendido

Páscoa: este ano é muito ...

Feliz Dia de São Valentim...

Padre António Vieira

Centenário do Regicídio d...

Descoberta da Vacina

Daguerreótipo

Feliz Ano de 2008 !

Lua Azul

Fossa das Marianas

Flor-do-Natal

Calçada da Fama

Beatriz Costa

Frank Sinatra

Tubarão-touro

Miguel de Vasconcelos

Restauração da Independên...

Egas Moniz

Maiores campos de gelo e ...

Tumba de Herodes

A Bela Adormecida na Figu...

Bola de ténis

Qual a cidade mais fria d...

Tautologia

O maior grupo de lagos de...

Macaronésia

Chuva de estrelas

Erupções vulcânicas

Lenda de São Martinho

Mário Viegas

Muro de Berlim

Libelinha

Castanhas

Falha de Santo André

Quinze anos ao telemóvel

Fotografia Aérea com Papa...

Chuva de animais

Pseudo-fruto

Elevador da Glória

1.º avião do mundo

Maçã

Funicular

Amistad

Turbante

O primeiro satélite artif...

José Hermano Saraiva

Masseiras

Arquivos Mensais

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Temas

acidentes

açores

actores

alimentação

ambiente

animais

arquitectura

artes

astrologia

astronáutica

astronomia

aves

aviação

brasil

cantinhos de portugal

cantores

capitais

ciências ocultas

civilizações

crustáceos

culinária

curiosidades

desportos

electrónica

energia

fenómenos

festividades

figueira da foz

filosofia

geografia

guerra

história de portugal

história mundial

humor

informática

insectos

lazer

lisboa

literatura

locais sagrados

madeira

máquinas

mar

medicina

medicina natural

mistérios

monumentos

música

natureza

oceanos

palácios

peixes

pensamentos

pessoas célebres

poemas

poetas

religião

relíquias

rios

saúde

superstições

tecnologias

tradições

transportes

turismo

união europeia

todas as tags