Sexta-feira, 7 de Abril de 2006

O Cabo das Agulhas



Localização do Cabo das Agulhas
Localização do Cabo das Agulhas (Cape Agulhas)
À esquerda o Cabo da Boa Esperança (Cape of Good Hope)


O Cabo das Agulhas é o extremo sul do continente africano, e é considerado para fins hidrográficos como a divisória entre os oceanos Atlântico e Índico. Historicamente, este cabo tem sido de má fama para os navegadores como um dos pontos mais perigosos da Rota dos Clippers.




Divisão entre os Oceanos Atlântico e Índico
Divisão entre os Oceanos Índico e Atlântico


Geografia
 
O Cabo das Agulhas localiza-se em 34°49′43.39″S, 020°00′09.15″E, numa zona rural 170 kms a sueste da Cidade do Cabo. O nome do cabo foi-lhe dado pelos navegadores portugueses, que lhe chamaram "Agulhas" devido aos rochedos e recifes que pontuam aquela zona. O cabo situa-se perto da localidade de Agulhas e pertence ao Município de Cape Agulhas, na Província do Cabo Ocidental da África do Sul.
 
Contrariamente ao seu parente mais famoso, o Cabo da Boa Esperança, o Cabo das Agulhas tem uma aparência relativamente banal, consistindo num litoral rochoso levemente encurvado. Um marco geodésico assinala a localização do cabo, que seria de outra forma muito difícil de identificar. As águas costeiras são bastante pouco profundas, e têm fama como um dos melhores locais para a pesca na África do Sul.
 
Perigos para a navegação
 
O mar nas redondezas do Cabo Agulhas é conhecido pelas suas tempestades de Inverno e ondas gigantes, que podem atingir alturas de 30 metros e afundar embarcações de grandes dimensões. Estas condições meteorológicas são causadas por diversos factores, por exemplo os ventos fortíssimos dominantes na região e o encontro da água fria da Corrente Circumpolar Antárctica com a Corrente das Agulhas, bastante mais quente. As águas relativamente pouco profundas do Banco das Agulhas, que se estende 250 km para sul do Cabo, contribuem para exacerbar o efeito do choque entre águas de diferentes densidades
.
 
Fonte: Wikipédia.

sinto-me: O Cabo saiu mas foi um "31"...
Publicado por: Praia da Claridade às 15:30
Link do post | comentar
6 comentários:
De soaresesilva a 7 de Abril de 2006 às 15:58
Já estava admirada com a falta do "jornal" que costumo ler antes do almoço, todos os dias. Chegou agora mas chegou e isso é que é preciso! Quanto ao artigo achei-o muito interssante. Não sabia que naquele local é que se encontravam o dois Mares: Indico e Atlântico. Que dados científicos levaram os geógrafos a escolher precisamente aquele local? As tais correntes fria e quente de que falas?


De Sindarin a 7 de Abril de 2006 às 17:26
Olá Filipe! Espero k esteja td bem contigo. Obrigada pelos comentários e como já sabes o Cabo das Tormentas e o da Boa Esperança são o mesmo, mas este não conhecia e o teu artigo como sempre é espectacular, oportuno e interessante. Contigo a nossa cultura geral enriquece-se. Eu tb estive ontem às voltas com o meu post k ñ saía bem (vá-se lá saber porquê) e resultou naquela foto mínima e linhas desalinhadas k viste. Peço-te mais uma vez desculpa (já começa a ser habitual :D) porque deves ter pensado k estava aborrecida, mas ñ. As tuas visitas eram tão prontas k estranhei, além disso sempre pronto a ajudar-me com os meus problemas...Desejo k a tua saúde esteja melhor, fiquei radiante por te ter de volta e estarei sempre aqui ao teu lado, para te ler, apreciar e mimar se for preciso tal como tu sabes fazer tão bem. Sempre k precisares de mim nem sequer penses duas vezes, porque eu estou sempre contigo e estarei incondicionalmente. Desculpa o alongamento e bom f semana. Um bejão do tamanho do mundo. Fika bem k eu volto em breve.


De Nice a 7 de Abril de 2006 às 21:17
Olá! Como eu gosto de aprender coisas quando navego pelos blogs.. e hoje já aprendi qualquer coisa. Gostei deste post. Beijinhos


De catarina a 7 de Abril de 2006 às 23:55
Obrigado pela visita ao meu blog! Ainda não conhecia este cantinho cheio de informações interessantes! Prometo voltar!


De Sofia a 23 de Janeiro de 2008 às 15:20
Gosto do seu blog mas tem que mudar as cores dos títulos porque não se percebe nada do que lá está escrito, tá? Espero que não me leve a mal porque seu blog me deu boas informações para um trabalho da escola! Obrigado! Beijos e continue assim!


De Praia da Claridade a 23 de Janeiro de 2008 às 18:04
Sofia: não levo a mal teres chamado a atenção das cores. Pelo contrário. Agradeço essa tua observação e a visita ao meu blog. Fiquei satisfeito por teres obtido aqui informações para o teu trabalho da Escola.
No que respeita às cores passa-se o seguinte:
Depois de mais de 1.000 artigos publicados decidi que deveria dar uma nova imagem de fundo (template) ao meu blog. Por esse motivo algumas cores de texto e de títulos ficaram desconfiguradas. Tenho rectificado muitos mas é difícil chegar a todos...
Por isso agradeço que se encontrares algum problema de cores me chames a atenção através de um pequeno comentário que eu procederei à rectificação.
Agradeço mais uma vez. Se leres esta minha resposta agradeço que me informes.
Aguardo novas visitas a esta minha Praia da Claridade, e eu continuarei a publicar mais assuntos sempre que me for possível...
Beijos.


Comentar Artigo

FILIPE FREITAS

Pesquisar neste blog

 

Os 50 Artigos mais Recentes

Batalha da Roliça

Revolução dos Cravos

Massacre de Lisboa de 150...

O Alasca foi vendido

Páscoa: este ano é muito ...

Feliz Dia de São Valentim...

Padre António Vieira

Centenário do Regicídio d...

Descoberta da Vacina

Daguerreótipo

Feliz Ano de 2008 !

Lua Azul

Fossa das Marianas

Flor-do-Natal

Calçada da Fama

Beatriz Costa

Frank Sinatra

Tubarão-touro

Miguel de Vasconcelos

Restauração da Independên...

Egas Moniz

Maiores campos de gelo e ...

Tumba de Herodes

A Bela Adormecida na Figu...

Bola de ténis

Qual a cidade mais fria d...

Tautologia

O maior grupo de lagos de...

Macaronésia

Chuva de estrelas

Erupções vulcânicas

Lenda de São Martinho

Mário Viegas

Muro de Berlim

Libelinha

Castanhas

Falha de Santo André

Quinze anos ao telemóvel

Fotografia Aérea com Papa...

Chuva de animais

Pseudo-fruto

Elevador da Glória

1.º avião do mundo

Maçã

Funicular

Amistad

Turbante

O primeiro satélite artif...

José Hermano Saraiva

Masseiras

Arquivos Mensais

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Temas

acidentes

açores

actores

alimentação

ambiente

animais

arquitectura

artes

astrologia

astronáutica

astronomia

aves

aviação

brasil

cantinhos de portugal

cantores

capitais

ciências ocultas

civilizações

crustáceos

culinária

curiosidades

desportos

electrónica

energia

fenómenos

festividades

figueira da foz

filosofia

geografia

guerra

história de portugal

história mundial

humor

informática

insectos

lazer

lisboa

literatura

locais sagrados

madeira

máquinas

mar

medicina

medicina natural

mistérios

monumentos

música

natureza

oceanos

palácios

peixes

pensamentos

pessoas célebres

poemas

poetas

religião

relíquias

rios

saúde

superstições

tecnologias

tradições

transportes

turismo

união europeia

todas as tags