Sábado, 1 de Abril de 2006

Você sabia...


Você sabia... que não é só a Terra que tem lua?
Outros seis planetas do Sistema Solar também têm seus satélites naturais!
 
Além da Terra, mais seis planetas do Sistema Solar têm satélites, ou seja, corpos celestes que giram ao seu redor. São eles: Marte, Júpiter, Saturno, Urano, Neptuno e Plutão. De todos, o que mais tem luas é Júpiter, com 63. Mas se há planetas com muitos satélites, há outros com nenhum. Mercúrio e Vénus, por exemplo, não têm sequer uma lua para contar história. Sobre as dos outros planetas, porém, quanto há para contar...
 
A maior lua de Saturno, Titã, é uma das poucas que tem atmosfera: uma camada de gases ao seu redor. Acredita-se que essa atmosfera seja semelhante à da Terra antes do surgimento da vida. Por isso, uma sonda pousou em Titã recentemente para estudá-lo.
 
Bianca, Miranda, Julieta e outras luas de Urano, por sua vez, podem ser consideradas únicas porque, ao contrário da maioria dos satélites do Sistema Solar, levam nomes de personagens criados por William Shakespeare, autor de peças famosas como Romeu e Julieta. Em geral, as luas são baptizadas com nomes da mitologia grega. A única lua de Plutão, Caronte, por exemplo, recebe o nome do barqueiro que, para os gregos, levava as almas dos mortos para o mundo inferior.
 
E o que dizer de Tritão, a maior lua de Neptuno? Ela gira para um lado e o planeta... para outro, sendo que é o único dos grandes satélites a fazer isso.
 
Já as luas de Marte...
Em 1887, um astrónomo estava quase desistindo de buscar luas ao redor desse planeta quando a sua mulher o encorajou a prosseguir a busca. Na noite seguinte, ele descobriu Deimos, e seis noites depois, Phobos. Para você ver o valor de um incentivo!

Mara Figueira
Instituto Ciência Hoje/RJ.
Publicado por: Praia da Claridade às 00:10
Link do post | comentar
1 comentário:
De Vô-Zé a 2 de Abril de 2006 às 16:59
...e não esquecer que Galileu com a sua luneta viu as 4 maiores luas de Júpiter, um grande feito para a época e hoje podem-se ver com um vulgar binóculo 10x50 e apreciar o seu "bailado" entre elas e o Planeta, noite a noite.


Comentar Artigo

FILIPE FREITAS

Pesquisar neste blog

 

Os 50 Artigos mais Recentes

Batalha da Roliça

Revolução dos Cravos

Massacre de Lisboa de 150...

O Alasca foi vendido

Páscoa: este ano é muito ...

Feliz Dia de São Valentim...

Padre António Vieira

Centenário do Regicídio d...

Descoberta da Vacina

Daguerreótipo

Feliz Ano de 2008 !

Lua Azul

Fossa das Marianas

Flor-do-Natal

Calçada da Fama

Beatriz Costa

Frank Sinatra

Tubarão-touro

Miguel de Vasconcelos

Restauração da Independên...

Egas Moniz

Maiores campos de gelo e ...

Tumba de Herodes

A Bela Adormecida na Figu...

Bola de ténis

Qual a cidade mais fria d...

Tautologia

O maior grupo de lagos de...

Macaronésia

Chuva de estrelas

Erupções vulcânicas

Lenda de São Martinho

Mário Viegas

Muro de Berlim

Libelinha

Castanhas

Falha de Santo André

Quinze anos ao telemóvel

Fotografia Aérea com Papa...

Chuva de animais

Pseudo-fruto

Elevador da Glória

1.º avião do mundo

Maçã

Funicular

Amistad

Turbante

O primeiro satélite artif...

José Hermano Saraiva

Masseiras

Arquivos Mensais

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Temas

acidentes

açores

actores

alimentação

ambiente

animais

arquitectura

artes

astrologia

astronáutica

astronomia

aves

aviação

brasil

cantinhos de portugal

cantores

capitais

ciências ocultas

civilizações

crustáceos

culinária

curiosidades

desportos

electrónica

energia

fenómenos

festividades

figueira da foz

filosofia

geografia

guerra

história de portugal

história mundial

humor

informática

insectos

lazer

lisboa

literatura

locais sagrados

madeira

máquinas

mar

medicina

medicina natural

mistérios

monumentos

música

natureza

oceanos

palácios

peixes

pensamentos

pessoas célebres

poemas

poetas

religião

relíquias

rios

saúde

superstições

tecnologias

tradições

transportes

turismo

união europeia

todas as tags