Sexta-feira, 10 de Março de 2006

Grande Barreira de Coral



A Grande Barreira de Coral é o maior recife de coral do mundo, com uma extensão de cerca de 2.300 km, situada junto à costa nordeste do estado australiano de Queensland.

A Grande Barreira de Coral é composta por cerca de 2.900 recifes (1), 600 ilhas continentais e 300 atóis de coral (2). Neste ecossistema complexo vivem em torno de 1.500 espécies de peixe, 360 espécies de coral, 5.000 a 8.000 espécies de moluscos, 400 a 500 espécies de algas marinhas, 1.330 espécies de crustáceos e mais de 800 espécies de equinodermes (3). A área é também notória pela presença de cubozoários, um grupo de cnidários conhecidos pelas toxinas perigosas para o Homem.

(1) - Recife ou arrecife é uma formação rochosa submersa logo abaixo da superfície de águas oceânicas, normalmente próxima à costa e em áreas de pouca profundidade. Os recifes são ecossistemas marinhos de grande biodiversidade que se desenvolvem em águas tropicais, atraindo a atenção de oceanógrafos e biólogos, além dos aficionados pelo mergulho. Por se desenvolverem próximos à superfície da água dos oceanos, os recifes representam um grande perigo para a navegação, tendo sido a causa de diversos naufrágios.

(2) - Corais ou antozoários são animais cnidários e uma das maravilhas do mundo submarino. Os corais constituem colónias coloridas e de formas espantosas que crescem nos mares e podem formar recifes de grandes dimensões que albergam um ecossistema com uma biodiversidade e produtividade extraordinárias.

 

O maior recife de coral vivo encontra-se na Grande Barreira de Coral, na costa da Queensland, Austrália. A maioria dos corais desenvolve-se em águas tropicais e subtropicais, mas podem encontrar-se pequenas colónias de coral até em águas frias, como ao largo da Noruega. De facto, os corais são rochas vivas muito procuradas no comércio aquarista - por isso, encontram-se ameaçados. O coral é o exosqueleto de colónias de cnidários.

(3) - Os equinodermos são os seres do filo Echinodermata (gr. echinos, espinho; derma, pele), pertencente à clade Deuterostomia  do reino Animalia.  São animais de simetria radial, e como exemplo podem ser citados os equinodermas: estrela-do-mar, holotúria e ouriço-do-mar.
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
 
Publicado por: Praia da Claridade às 00:01
Link do post | comentar
8 comentários:
De soaresesilva a 10 de Março de 2006 às 12:51
Gostava imenso de ver uma barreira de coral. Deve ser uma coisa espantosa! Fiquei com esta ideia desde que em pequena li um livro de aventuras chamado "A Ilha de Coral".


De soaresesilva a 10 de Março de 2006 às 12:51
Gostava imenso de ver uma barreira de coral. Deve ser uma coisa espantosa! Fiquei com esta ideia desde que em pequena li um livro de aventuras chamado "A Ilha de Coral".


De Martuxa a 10 de Março de 2006 às 16:28
Deve ser lindo =D
Sorrisos e beijos e bom fim de semana


De Martuxa a 10 de Março de 2006 às 16:29
Deve ser lindo =D
Sorrisos e beijos e bom fim de semana


De Martuxa a 10 de Março de 2006 às 16:29
Deve ser lindo =D
Sorrisos e beijos e bom fim de semana


De mariaelisaramos@sapo.pt a 10 de Março de 2006 às 18:02
Olá amigo Filipe,com este blog novo,ou com outra roupagem,mas bonito na mesma,para nos dar a conhecer coisas que por vezes nos passam,eu não conheço corais mas gostaria,mas estes assim bonitos,so existem em Países Tropicais,e são de grande beleza.
Bom fim de semana e um beijinho e saúde amigo.Maria Elisa


De petit_snow a 10 de Março de 2006 às 18:41
Olá! bem os teus posts sempre muito educativos :D ihihih gostei, só tneho uma dúvida, se bem me lmebro no meu livro de biologia está escrito equinodermes e não equinodermos, o nome em latim penso que está bem escrito, mas em portugues eu sempre li equinodermes, mas vou confirmar posso estar a fazer confusão :p bjinhos e bom fim de semana


De Praia da Claridade a 11 de Março de 2006 às 02:16
Segundo a " Priberam", especialista na concepção e desenvolvimento de software especialmente nas áreas de tecnologias linguísticas, de bases de dados jurídicas e da saúde, pode-se dizer das duas maneiras:
"equinodermos ou equinodermos, do Gr. echînos, ouriço + dérma, pele.
s. m. pl., Zool., animais que têm o tegumento coberto de espinhos e tentáculos locomotores retrácteis, tendo por tipo o ouriço-do-mar."


Comentar Artigo

FILIPE FREITAS

Pesquisar neste blog

 

Os 50 Artigos mais Recentes

Batalha da Roliça

Revolução dos Cravos

Massacre de Lisboa de 150...

O Alasca foi vendido

Páscoa: este ano é muito ...

Feliz Dia de São Valentim...

Padre António Vieira

Centenário do Regicídio d...

Descoberta da Vacina

Daguerreótipo

Feliz Ano de 2008 !

Lua Azul

Fossa das Marianas

Flor-do-Natal

Calçada da Fama

Beatriz Costa

Frank Sinatra

Tubarão-touro

Miguel de Vasconcelos

Restauração da Independên...

Egas Moniz

Maiores campos de gelo e ...

Tumba de Herodes

A Bela Adormecida na Figu...

Bola de ténis

Qual a cidade mais fria d...

Tautologia

O maior grupo de lagos de...

Macaronésia

Chuva de estrelas

Erupções vulcânicas

Lenda de São Martinho

Mário Viegas

Muro de Berlim

Libelinha

Castanhas

Falha de Santo André

Quinze anos ao telemóvel

Fotografia Aérea com Papa...

Chuva de animais

Pseudo-fruto

Elevador da Glória

1.º avião do mundo

Maçã

Funicular

Amistad

Turbante

O primeiro satélite artif...

José Hermano Saraiva

Masseiras

Arquivos Mensais

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Temas

acidentes

açores

actores

alimentação

ambiente

animais

arquitectura

artes

astrologia

astronáutica

astronomia

aves

aviação

brasil

cantinhos de portugal

cantores

capitais

ciências ocultas

civilizações

crustáceos

culinária

curiosidades

desportos

electrónica

energia

fenómenos

festividades

figueira da foz

filosofia

geografia

guerra

história de portugal

história mundial

humor

informática

insectos

lazer

lisboa

literatura

locais sagrados

madeira

máquinas

mar

medicina

medicina natural

mistérios

monumentos

música

natureza

oceanos

palácios

peixes

pensamentos

pessoas célebres

poemas

poetas

religião

relíquias

rios

saúde

superstições

tecnologias

tradições

transportes

turismo

união europeia

todas as tags