Sábado, 19 de Março de 2005

Dia do Pai

Pai...
Hoje senti uma falta de você...
Do seu jeito de ser
Do seu modo de se preocupar
Dos seus telefonemas
Do seu sorriso
Do seu olhar
Do seu silêncio
Do seu movimento
Da maneira como gesticulava
E se empolgava quando algo contava

Pai...
Me perdoa pela saudade imensa
Pela falta que você me faz
Mesmo sem falar nada
Eu entendia o que queria
O que pensava, o que emitia
E seguia, como se nada o preocupasse

Pai...
Muitas saudades sinto de você
Mas não posso reclamar
Tenho que me conter
Foram só momentos de lembrança
Que hoje eu tive de você
Talvez por me sentir mais criança
Por querer me apoiar em uma esperança
Ouvir palavras que só você sabia me dizer

Pai...
Sei que continua ao meu lado
Só não posso olhar o seu rosto
Mas vejo no seu retrato
Uma luz forte, iluminando o meu quarto
E sorrio de novo, quando olho para o seu rosto
Porque escuto você me dizendo
Que enquanto aqui, estou sofrendo
Pela sua ausência e seu carinho
Você constrói nosso novo cantinho
Para de novo, um dia...
Estar juntinho de novo, com você


by: Regina O.
Webmaster: Bethynha



A história do dia do pai  
 
Tudo começou em 1909, quando Sonora Louise Smart Dodd, de Spokane, Washington, teve a ideia de escolher um dia especial para homenagear os pais, depois de ouvir um sermão no Dia da Mãe.
Sonora Dodd queria homenagear o seu pai, William Jackson Smart, um veterano da Guerra Civil. Depois da morte da mulher, em 1898, o Sr. Smart passou a cuidar sozinho dos seis filhos do casal, numa quinta no leste de Washington.
Já adulta, Sonora Dodd compreendeu a força e a generosidade demonstradas pelo seu pai ao criar os filhos sozinho. Com o apoio da Associação Ministerial de Spokane e da Associação de Jovens Cristãos, redigiu uma petição em que recomendava a aceitação de um Dia Nacional do Pai.
Graças aos esforços da Sra. Dodd, o primeiro Dia do Pai foi celebrado a 19 de Junho de 1910, em Spokane. Aproximadamente ao mesmo tempo, em vários locais por toda a América começava a comemorar-se um “dia do pai” e em 1924 o Presidente Calvin Coolidge apoiou publicamente a ideia de um Dia do Pai a nível nacional. Finalmente, em 1966, o Presidente Lyndon Johnson assinou uma proclamação presidencial, em que decretava o terceiro Domingo de Junho como o Dia do Pai. Em 1972, o Presidente Richard Nixon introduziu o Dia do Pai na lei.
A partir desta data, passou a homenagear-se não só o pai, mas todos os homens que representam a figura paterna, como o avô, o padrasto ou o tio.
Em Portugal, foi escolhido o Dia de S. José, como Dia do Pai - 19 de Março, pelos filhos portugueses para homenagear os seus pais.


___________________

Resposta pública a um comentário feito a este artigo:

Celebrar o Dia do Pai depende dos sentimentos de cada um.... não é dever ou obrigação.... o CORAÇÃO é que deve "falar".
Isto não é um "frete" nem "desrespeito", porque não o devemos desrespeitar, muito menos neste dia. Mas não critico para quem este dia é um dia igual aos outros... Critico sim quem não aceita os sentimentos dos outros... Cada qual é responsável pelas suas atitudes e sentimentos e de achar ou não que o Pai tem um dia mais especial, como tem a Mãe, a criança ou a Mulher. E eu, que já perdi o meu pai, (mas é como se estivesse sempre presente...) tenho neste dia um maior sofrimento de não poder tê-lo comigo, em pessoa. Mas não me esqueço dele, seja em que altura for....
Um beijo dado no dia do pai tinha um significado diferente. Nunca mais lhe posso dar um carinho, um beijo... porque o perdi, para sempre !!!...
Estou errado ?  Cada qual deve fazer o seu exame de consciência...

Publicado por: Praia da Claridade às 00:34
Link do post | comentar
3 comentários:
De Anónimo a 20 de Março de 2005 às 19:54
Resposta do autor deste blog a "colibri": Celebrar o Dia do Pai depende dos sentimentos de cada um.... não é dever ou obrigação.... o CORAÇÃO é que deve "falar". Isto não é um "frete" nem "desrespeito", porque não o devemos desrespeitar, muito menos neste dia. Mas não critico para quem este dia é um dia igual aos outros... Critico sim quem não aceita os sentimentos dos outros... Cada qual é responsável pelas suas atitudes e sentimentos e de achar ou não que o Pai tem um dia mais especial, como tem a Mãe,a criança ou a Mulher. E eu, que já perdi o meu pai, tenho neste dia um maior sofrimento de não o poder ter comigo. Mas não me esqueço dele, seja em que altura for.... Um beijo dado no dia do pai tinha um significado diferente. Nunca mais lhe posso dar um carinho, um beijo... porque o perdi, para sempre !!!... Estou errado ? Cada qual deve fazer o seu exame de consciência...
Filipe Freitas
(http://topazio1950.blogs.sapo.pt/)
(mailto:aviador51@iol.pt)


De Anónimo a 20 de Março de 2005 às 17:25
Feliz dia do pai..
Pai... sinceramente para mim o dia do pai é como outro dia qualquer.. porque deveriamos mostrar aos nossos pais (e a todas as pessoas) que gostamos deles e os respeirtamos, em todos os dias...
Tenho pena em ver que muitas pessoas não celebram este dia com amor mas sim com um "frete" do tamanho de um comboio...
Acho que se tornou uma obrigação dar um "carinho" aos pais e nºao um prazer....colibri
(http://colibri.blogs.sapo.py)
(mailto:castrozita@hotmail.com)


De Anónimo a 19 de Março de 2005 às 17:32
Eu sabia que hoje ao abrir seu Blog , vinha encontrar o dia do Pai .
Eu não comemoro esta data , pq nunca tive Pai .
Mas admiro todos os Pais do Mundo e pelo que sei este dia é muito importante para si .Pelo seu Pai e pelo o Pai que é . Eu gostaria de ter um Pai como você .
Não faltaria carinho ,atenção e miminhos .
Parabens á sua Filha pelo Pai que tem .
Sim pq nós é que escolhemos os nossos Pais :)
Um Beijinho grande Isabel
</a>
(mailto:nirgaby@netcabo.pt)


Comentar Artigo

FILIPE FREITAS

Pesquisar neste blog

 

Os 50 Artigos mais Recentes

Batalha da Roliça

Revolução dos Cravos

Massacre de Lisboa de 150...

O Alasca foi vendido

Páscoa: este ano é muito ...

Feliz Dia de São Valentim...

Padre António Vieira

Centenário do Regicídio d...

Descoberta da Vacina

Daguerreótipo

Feliz Ano de 2008 !

Lua Azul

Fossa das Marianas

Flor-do-Natal

Calçada da Fama

Beatriz Costa

Frank Sinatra

Tubarão-touro

Miguel de Vasconcelos

Restauração da Independên...

Egas Moniz

Maiores campos de gelo e ...

Tumba de Herodes

A Bela Adormecida na Figu...

Bola de ténis

Qual a cidade mais fria d...

Tautologia

O maior grupo de lagos de...

Macaronésia

Chuva de estrelas

Erupções vulcânicas

Lenda de São Martinho

Mário Viegas

Muro de Berlim

Libelinha

Castanhas

Falha de Santo André

Quinze anos ao telemóvel

Fotografia Aérea com Papa...

Chuva de animais

Pseudo-fruto

Elevador da Glória

1.º avião do mundo

Maçã

Funicular

Amistad

Turbante

O primeiro satélite artif...

José Hermano Saraiva

Masseiras

Arquivos Mensais

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Temas

acidentes

açores

actores

alimentação

ambiente

animais

arquitectura

artes

astrologia

astronáutica

astronomia

aves

aviação

brasil

cantinhos de portugal

cantores

capitais

ciências ocultas

civilizações

crustáceos

culinária

curiosidades

desportos

electrónica

energia

fenómenos

festividades

figueira da foz

filosofia

geografia

guerra

história de portugal

história mundial

humor

informática

insectos

lazer

lisboa

literatura

locais sagrados

madeira

máquinas

mar

medicina

medicina natural

mistérios

monumentos

música

natureza

oceanos

palácios

peixes

pensamentos

pessoas célebres

poemas

poetas

religião

relíquias

rios

saúde

superstições

tecnologias

tradições

transportes

turismo

união europeia

todas as tags