Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

24
Mar05

Tuberculose

Praia da Claridade

24 DE MARÇO – DIA MUNDIAL DE LUTA CONTRA A TUBERCULOSE

Uma recomendação... um pensamento...

“Todos os dias morrem quase 500 crianças com tuberculose (TB).
Este número tem tendência a aumentar, se não se incrementarem os esforços de prevenção de tratamento. Mais do que nunca, mais pessoas, em mais países, estão em risco de contrair TB.
A tuberculose cria mais crianças órfãs do que qualquer doença infecciosa. É também a doença que mais mata entre as mulheres, ultrapassando todas as causas de mortalidade materna. As mortes por tuberculose entre as mulheres têm implicações importantes para a sobrevivência da criança e para o bem-estar da família.
É difícil diagnosticar a TB em crianças. Contudo, o tratamento e um controle efectivo, são ambos possíveis e financeiramente acessíveis.

O que é a Tuberculose ?

A tuberculose é causada por infecção com o bacilo Mycobacterium tuberculosis. A tuberculose pode afectar os pulmões – Tuberculose pulmonar. Os bacilos da tuberculose também podem entrar na corrente sanguínea e difundir-se para outros órgãos do corpo – Tuberculose extra-pulmonar. A Tuberculose pulmonar é mais vulgar nos adultos; a Tuberculose extra-pulmonar é mais frequente em crianças. A tuberculose extra-pulmonar não é contagiosa.
Há diferença entre a infecção tuberculosa e a doença tuberculosa. Uma pessoa exposta aos bacilos da tuberculose e que se infecta, tem infecção tuberculosa (ou tuberculose latente). Por vezes, a infecção progride para doença tuberculosa (tubérculos, tuberculose activa, doença activa).
Uma vez infectada com tuberculose, uma pessoa permanece infectada para o resto da vida. Muitas pessoas não desenvolvem doença tuberculosa. Num indivíduo saudável, o sistema imunitário impede os bacilos de se multiplicar, a ponto de causarem doença. O sistema imunitário de uma criança é menos desenvolvido do que o de um adulto. Isto permite que a tuberculose se espalhe por diferentes partes do corpo, durante a infecção inicial. Mais tarde, a doença pode começar a desenvolver-se nestes locais, especialmente se o sistema imunitário da criança não estiver a funcionar bem.
O risco de desenvolver doença activa depende do estado nutricional da criança. As crianças mal-nutridas estão em maior risco. As crianças que têm sarampo ou tosse convulsa também têm menos resistência aos bacilos da tuberculose e têm mais tendência a desenvolver doença activa.

Como se transmite a TB ?

Os adultos são a principal fonte de infecção tuberculosa na comunidade.
A tuberculose pulmonar activa é a única forma de doença que é contagiosa, transmitindo-se de pessoa a pessoa, através do ar.
Os pulmões de uma pessoa com doença pulmonar activa podem criar cavidades que estão cheias de bacilos da TB.
Quando a pessoa tosse ou espirra, espalha para o ar grandes quantidades de bacilos da TB, a partir dos pulmões, em pequenas gotículas. A família, os amigos, os colegas e trabalhadores de saúde que têm contacto estreito com alguém que tenha TB activa, estão em maior risco.

Transmissão intra-domiciliária

As crianças com TB, são normalmente infectadas por um adulto com baciloscopia positiva que vive na mesma casa. Por isso o rastreio dos contactos é essencial para detectar, precocemente, a infecção em crianças pequenas.
No Malawi, 282 crianças com menos de seis anos de idade, que tinham contactos domiciliários de adultos com baciloscopia positiva, foram investigados para TB. O despiste  (baseado na consistência  dos sintomas, aspectos radiológicos, testes de reacção a tuberculina e respostas ao tratamento) demonstrou que 180 destas crianças (63,8 por cento) tinham TB. Esta taxa de transmissão é extremamente elevada. O estudo concluiu que o despiste de contactos de crianças é essencial nas famílias em que um adulto tem TB contagiosa, dado o risco considerável da criança desenvolver doença tuberculosa.

Sintomas de TB

Adultos com tuberculose pulmonar têm dor torácica e tosse persistente, por vezes com sangue na expectoração. Fraqueza (astenia), suores nocturnos, febre e perda de peso são sintomas de TB pulmonar e extra-pulmonar.
Contudo, os sinais e sintomas de TB nas crianças, são inespecíficos. Por outras palavras, são semelhantes aos sintomas resultantes de uma série de doenças da infância. As crianças com tuberculose podem ter tosse, perda de peso inexplicada, gânglios aumentados, convulsões e rigidez da nuca.
As comunidades devem conhecer os sintomas da TB, que esta pode ser tratada e os pais devem saber quando os seus filhos necessitam de cuidados médicos. As atitudes e crenças dos pais em relação a TB têm também influência no facto deles trazerem ou não os seus filhos para serem observados numa consulta e garantir que completem o tratamento.
”

Fonte: http://www.stome.net/cnes/cnes0/tuberc.htm
In Boletim internacional...
”Falando da Saúde da Criança”, Nº. 2, 2ºtrim. 1997

Acrescento, com bastante preocupação:
Apesar do estado avançado da medicina em relação à tuberculose - actualmente consegue-se curar - ainda morrem 2 milhões de pessoas por ano no mundo, segundo dados divulgados hoje pela Comunicação Social.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D