Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

03
Mai05

Dia do SOL - 3 de Maio

Praia da Claridade


A importância do SOL


Sem a luz (energia) do Sol, a vida na Terra não seria possível. Não existiriam as plantas,  os ventos, os rios, as cores, enfim nenhuma forma de vida. Seríamos uma imensa massa, escura e fria, congelada a uma temperatura de -270 ºC.

Todas as coisas vivas precisam de se alimentar de energia para crescer, mover e reproduzir. As plantas suprem as suas necessidades captando a luz do sol e convertendo-a em energia química num processo conhecido como fotossíntese. Outros seres vivos, como os seres humanos, que não conseguem realizar a captação de energia dessa forma têm de supri-la alimentando-se de outros animais ou plantas.

Na Terra, quase todas as fontes de energia conhecidas e utilizadas pelos homens foram ou são derivadas do Sol. O carvão, o petróleo, e o gás natural conhecidos como combustíveis fósseis, são produtos da captação e armazenamento da luz solar em plantas, algas e animais pré-históricos, que existiram há milhões de anos atrás. As florestas e culturas agrícolas existentes hoje (como a cana de açúcar), chamadas de biomassas, são também produtos do processo de fotossíntese.

A evaporação de parte da água dos rios, lagos e mares é provocada pela luz do sol. Esses vapores sobem para a atmosfera, reúnem-se formando nuvens que se deslocam, condensam e caem como chuva, reabastecendo os rios e lagos que correm para o mar.

Este ciclo, desde a evaporação até a precipitação é chamado de ciclo hidrológico. A energia contida nas águas correntes dos rios foi aproveitada antigamente através de moinhos de água e mais recentemente por intermédio das chamadas "fábricas" hidroeléctricas. O aquecimento desigual da atmosfera terrestre pelo Sol provoca o surgimento de regiões com diferenças na pressão do ar. As regiões de ar sob altas pressões tendem a mover-se para regiões de baixas pressões, criando os ventos.

Fonte:
http://www.ufpe.br/grupofae/feiras/luzdosol.htm

Barra_comprida_animada.gif

Sol

Estrela de grandeza média, relativamente ao conjunto da nossa galáxia, a Via Láctea, em torno da qual gravitam a Terra e os outros membros do nosso sistema planetário. A sua massa é 333 000 vezes a da Terra e o seu volume 1 400 000 vezes. A distância do nosso planeta ao Sol é de cerca de 150 milhões de quilómetros (ou 1 U.A., aproximadamente), demorando a sua luz, para chegar até nós, pouco mais de oito minutos.

O Sol apresenta uma estrutura granulosa e o seu brilho não é uniforme, sendo o bordo menos brilhante que a parte central do disco solar. As camadas exteriores do Sol dividem-se em: fotosfera, a mais profunda, com cerca de 300 km de espessura e uma temperatura mínima de 6000°C; a cromosfera tem cerca de 8000 km de espessura, de onde emergem enormes jactos luminosos, as protuberâncias, que chegam a atingir 800 000 km; e a coroa com a altura de 1 milhão de quilómetros e temperatura de 1 milhão de graus Celsius; a temperatura interna solar atinge 20 milhões de graus Celsius. Presume-se que o Sol tenha 5 biliões de anos de idade, pela sequência principal do diagrama de Hertzsprung-Russel, pode ser considerado uma estrela anã. O seu império - o Sistema Solar - compreende 9 planetas, 1600 asteróides, 32 satélites e um grande número de cometas. Diâmetro: 1 390 000 km; Superfície: 1 940 000 km²; Volume: 2 700 000 milhões de km3; Massa: 2 x 103 t; Velocidade absoluta (em relação ao centro da via Láctea): 216 km/s; relativa (em relação às estrelas mais próximas): 19 km/s. Futuro: o Sol perde cada dia 360 mil milhões de toneladas transformadas em energia. A sua atracção vai, por isso, enfraquecendo e daí que a Terra se afasta do Sol 1 metro por ano.

Além da alternância das estações do ano, entre dias e noites, o Ciclo Solar tem muitos efeitos importantes, que influenciam o nosso Planeta. Estudos de Heliosismologia executados a partir de sondas espaciais, permitiram observar certas "vibrações solares", cuja frequência aumenta com o aumento da actividade solar, acompanhando o ciclo de onze anos de erupções, a cada vinte e dois anos existe a manifestação do chamado hemisfério dominador, além da movimentação das estruturas magnéticas em direcção aos pólos, que resultam em dois ciclos de dezoito anos com incremento da actividade geomagnética da Terra e da oscilação da temperatura do plasma ionosférico na estratosfera de nosso planeta.

Foram observadas emissões electromagnéticas em forma de anéis de diversos tamanhos com temperaturas na ordem de dois milhões de graus Kelvin, além de emissão de massa coronal a cada vinte e quatro horas aproximadamente.


Para quem estiver interessado:

Sol
Dados astronómicos

Distância média à Terra ..........     150 000 000 km (93 000 000 milhas)
Brilho Aparente (V) ................     -26,8
m
Brilho Absoluto .......................        4,8
m


Características Físicas

Diâmetro ........................................    1 392 000 km
Diâmetro relativo (dS/dE) ................    109
Área de superfície ............................    6,09 × 1012 km2

Volume ..........................................     1,41 × 1027 m3
Massa .............................................    1,9891 × 1030    kg
Massa em relação à Terra .................    333 400
Densidade média .............................    1411 kg m
-3
Densidade em relação à Terra............    0,26
Densidade em relação à água ............    1,409
Gravidade na superfície ....................    274 m s
-2
Gravidade relativa (superfície)..........    27,9 g
Temperatura na superfície ................    5506,85 ºC
Temperatura da coroa ......................             5 × 106ºC
Luminosidade (LS) ............................   3,827 × 1026 J s
-1

Características Orbitais


Período de rotação : 

No equador .............     27d   6h 36m
A 30° latitude .........     28d   4h 48m
A 60° latitude .........     30d 19h 12m
A 75° latitude .........     31d 19h 12m

Período de translação em
torno do centro da Galáxia ........   2,2 × 108 anos

Composição da
Fotosfera

Hidrogénio ............   73,46 %
Hélio .....................   24,85 %
Oxigénio ................     0,77 %
Carbono .................     0,29 %
Ferro .....................     0,16 %
Neón .....................     0,12 %
Azoto .....................     0,09 %
Silício ....................     0,07 %
Magnésio ................     0,05 %
Enxofre ..................     0,04 %

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.



Barra_comprida_animada.gif A importância do sol no organismo

Os raios solares ativam a vitamina D no nosso organismo. E é ela a responsável pela absorção de cálcio. Apenas 15 minutos diários, antes das 10 horas ou depois das 15 horas  são suficientes.
Evite os ladrões de cálcio:  refrigerantes, bebidas alcoólicas, cafeína, açúcar, proteínas em excesso e sódio reduzem os efeitos do cálcio. O tabaco também pode eliminar os minerais que existem nos ossos.

Energia Solar:  economia para o seu bolso,

benefício para o futuro

O Sol é uma fonte emissora de energia que existe há mais ou menos 5 biliões de anos e que continuará emitindo energia por, no mínimo, mais uns 5 biliões. A energia solar é totalmente gratuita, inesgotável e disponível em todo o globo terrestre. Além disso, ela é não poluente e susceptível a inúmeras aplicações. Mesmo assim,  ainda é pouco utilizada no nosso país. Muitas pessoas acham que o investimento em equipamentos que trabalham com esse tipo de energia é muito alto ou que não existe tecnologia avançada o suficiente para tal.
A realidade é bastante diferente. Se reparar, já se encontram com facilidade. Actualmente, é possível recuperar o investimento feito nesses equipamentos e na manutenção em aproximadamente dois  anos, devido à redução das contas de energia eléctrica do seu distribuidor normal. E as placas colectoras, que ficam no telhado das casas, não sofrem mais rompimentos, pois são utilizados materiais resistentes e até anti-congelantes na sua fabricação. E as opções são várias também no aspecto da temperatura, das horas de utilização e, se necessário poderá haver uma compensação técnica para dias com menos sol.
Não deixe de considerar a energia solar 
por respeito ao nosso planeta. Ela será de importância vital para o futuro, por duas razões. Primeiro, as fontes de combustível fóssil e de fusão nuclear são limitadas e a utilização desta última apresenta sérios problemas de segurança. Segundo, o uso de reservas de combustível resulta na poluição do meio ambiente por meio da disposição dos resíduos e da libertação de calor, ocasionando inclusivé perigosas mudanças climáticas.




























1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D