Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

16
Mai05

Figueira da Foz

Praia da Claridade

Ir à Figueira da Foz ainda que não seja Verão, descansar na praia e visitar monumentos que nos contam histórias sobre esta terra... Um programa que apetece com a companhia certa.

Visitar durante o Inverno um dos locais mais frequentados no Verão tem sempre o seu encanto. No Inverno é  altura de se aproveitar o facto que não fazer calor para conheceres o que a Figueira da Foz tem para oferecer para além dos banhos de sol.

Para vires à Figueira não precisas de ter carro próprio. A cidade está muito bem servida de transportes. Para lá chegares tens comboio e camionetas que vêm do norte e do sul do país. Se trouxeres carro deixa-o bem estacionado e faz a tua vida aqui a pé. A Figueira merece e tu também. Afinal um pouco de exercício nunca fez mal a ninguém, bem pelo contrário.


A calçada da Figueira


Pois, ao contrário do que se pode pensar, não é só pela estação quente que se deve visitar esta cidade. Esta altura tem as suas vantagens. Vem muita gente passear pela marginal apanhando sol e vendo o mar.

É certo que as praias estão vazias e por isso não te propomos ir a banhos, mas ainda assim fica a descansar no areal, bem agasalhado e com companhia. Uma manta e um termo de chá ou chocolate quente também são bem vindos.

Depois sugerimos um passeio no calçadão. Bem que poderia ser o de Copacabana mas como não estamos no Brasil, nesta altura do ano, gente de roupa leve e reduzida é coisa que não se vê, mas às vezes, lá aparecem... Mas quer faça frio ou calor há sempre gente que se passeia pela longa faixa costeira que é este passeio todo em calçada portuguesa.

Se trouxeres contigo a tua bicicleta percorre a marginal do início até ao fim, ou seja da foz do Mondego onde começa a Figueira até Buarcos. A ciclovia está lá para isso. A pé, de patins ou moda mais recente, de trotionete, há sempre quem exercite os músculos. Até podias fazer o mesmo percurso no areal junto à rebentação das ondas, o frio não permite tais brincadeiras, mas há muitos que se aventuram e nem dispensam um mergulho... Agora vê lá, não abuses do exercício físico, senão ficas sem forças para o que ainda falta conhecer. Afinal são 12 quilómetros de areal.

Se encontrares um bar de praia aberto descansa aí mesmo, de outra forma vai até à Avenida Principal onde não faltam cafés.

Se ficares alguns dias e quiseres manter a forma física intervala o Calçadão com o Parque das Abadias, uma extensa área verde com campos de jogos e um circuito de manutenção. Tudo a bem da forma física.


Fortes, fortins e fortalezas

Pelo meio de toda a actividade e exercício podes visitar três fortes, ou o que resta deles. O de Santa Catarina, o de Buarcos e pelo meio, o fortim de Palheiros. Este trio foi edificado para a defesa do litoral e hoje em dia apenas um tem ainda alguma actividade, o de Santa Catarina, que se encontra na foz do Mondego guiando as embarcações que entram na barra.

O de Palheiros é o mais recente. D. Miguel mandou-o erguer e pouco dessa História chegou até nós. O Forte de Buarcos, onde só se vê parte do pano da muralha. Ainda assim sobe pelas escadas que lá se encontram e que vão dar a uma estrada. Vale a pena, não pelo o que vais encontrar do outro lado da rua mas sim pela vista que daqui tens para o mar.

Andes por onde andares não te vás embora sem passares pelo Palácio Sotto Mayor. De estilo francês, este edifício foi mandado construir em Novecentos e o seu luxo e pompa são difíceis de explicar por palavras. Até à Figueira vieram os melhores artistas da altura e o resultado com certeza que não te vai desiludir.

Visita ainda a Casa do Paço, outro magnífico edifício com vista para o Mondego e mandado construir por um bispo no século XVII.


Sob a luz da lua

Apesar dos dias serem bem puxados para quem quer aproveitar ao máximo, reserva algumas energias para a noite. Passear pela Marginal, ir a um café, uma discoteca, e por que não entrar no Casino ?...

Fonte: http://www.pousadasjuventude.pt/

 



Estância de férias de eleição das famílias mais abastadas do Norte do País, a Figueira da Foz é um local animado e desenvolvido, situado na costa Oeste de Portugal, no Distrito de Coimbra, mais ou menos a meio caminho entre Lisboa e Porto. O Casino é um dos maiores da Península Ibérica.


Com grandes Supermercados onde se pode passar um dia inteiro e até com vários filmes em exibição diária.


No Inverno existem muitas atracções, já não é uma "cidade morta"...
No Verão tudo "aquece" a Figueira não pára e há muitos divertimentos de todo o género...


No que toca a desporto pode-se assistir ao Mundialito de Futebol de Praia ou ao Campeonato do Mundo de Surf.
É altura de poder saborear uns bons banhos de sol nas praias e uns bons mergulhos no mar.
Quem gostar de piscina, na cidade tem uma na Avenida Marginal (25 de Abril).
E não podemos esquecer do S. João da Figueira, em 24 de Junho, onde acorrem milhares de pessoas...


Durante todo o Verão um programa extenso para satisfazer todos os que vierem até à Figueira da Foz, a "Praia da Claridade".


"Não tem outro remédio, senão vir à Figueira quem quiser ver a mais linda praia de Portugal!"
... escrevia Ramalho Ortigão, no final do século XIX.


 

O que visitar:

Forte de Santa Catarina, Fortaleza de Buarcos, Capela de Nossa Senhora da Conceição, Igreja de Santo António, Convento de Santo António, Igreja Matriz, Teatro da Trindade em Buarcos, Pelourinhos de Buarcos, Pelourinho da Figueira da Foz, Cruzeiro, Casa do Paço, Paço de Tavarede, Fonte de Tavarede, Serra da Boa Viagem, Cabo Mondego, Farol do Cabo Mondego, Museu do Mar - Núcleo Museológico, Museu e Biblioteca Municipal Dr. Santos Rocha, Centro de Artes e Espectáculos, Palácio Sotto Maior, Coliseu Figueirense...

Nos arredores:

Dólmen das Carniçosas, Castro de Santa Olaia, Capela de Nossa Senhora de Seiça,
Monumentos da Serra de Brenha/Alhadas, Paço de Maiorca, Lagoas de Quiaios, Moinho das Doze Pedras, Museu do Sal...

 

E muitas outras coisas para descobrir.
Informe-se, por exemplo, no Posto de Turismo, Av. 25 de Abril.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D