Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

14
Jun05

O urso polar

Praia da Claridade

Vamos lá conhecer este "bichinho" !

O urso polar (Ursus maritimos) é um membro da família Ursidae, típico do Árctico e actualmente o maior carnívoro terrestre conhecido. Os machos desta espécie pesam cerca de 600kg, mas podem atingir 800kg e medem até 2,6m. As fêmeas são em média bastante mais pequenas, com 200 a 300kg de peso e 210cm de comprimento. A população actual de ursos polares é estimada entre 16,000 a 35,000 indivíduos, 60% dos quais vivendo no Norte do Canadá.

Os ursos polares têm uma cauda curta e orelhas pequenas e arredondadas. As patas dianteiras são largas para facilitar o nado e o mergulho e as patas posteriores têm 5 dedos. O seu corpo tem um formato mais alongado que os outros ursos, que lhes proporciona um maior hidrodinamismo que facilita a natação. A pelagem dos ursos polares é branca e cobre todo o corpo, inclusive a planta das patas, como isolamento do frio. No Verão a pelagem  torna-se amarelada, talvez devido à oxidação produzida pelo sol.

O urso polar habita as regiões do círculo polar Árctico, a ilha de Baffin e as baías de Hudson e de James no Canadá, como também a costa oeste da Gronelândia. Esta espécie concentra-se junto à costa uma vez que depende das águas para encontrar as suas presas. Os ursos polares são excelentes nadadores e podem percorrer até 80 km sem descanso. Alguns animais migram desta forma do Norte para o Sul seguindo as margens das geleiras mas podem deslocar-se também por terra firme. O urso polar é um animal de hábitos diurnos e carácter solitário, que não forma outros laços familiares que não entre fêmeas e as suas crias.

A principal presa do urso polar é a foca, mas também se pode alimentar de plantas, moluscos, algas marinhas e cadáveres de diversos mamíferos marinhos que chegam até a costa. Esta espécie é extremamente perigosa para o Homem que encara como presa, especialmente se não houver abundância dos seus alimentos habituais. Na Ilha de Baffin, por exemplo, os geólogos fazem trabalho de campo armados de caçadeiras como medida de protecção contra os ursos polares.

Os ursos polares acasalam entre os meses de Março e Junho, com implantação diferida dos óvulos fecundados, de modo que o período de gestação se torna muito longo, entre 200 a 265 dias, variando de acordo com as condições ambientais. As crias, em média duas, nascem entre Novembro e Janeiro, no abrigo invernal construído pela fêmea, e não se separam da mãe até completarem dois anos de idade. Atingem a maturidade sexual entre os 5 e 6 anos e em condições naturais, vivem em média de 20 a 25 anos.

Esta espécie encontra-se ameaçada de extinção devido ao efeito de estufa que vem aquecendo cada vez mais o Árctico, diminuindo a área disponível para os ursos polares e suas presas.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D