Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

PRAIA DA CLARIDADE

Figueira da Foz - Portugal

19
Jun05

Campo de concentração

Praia da Claridade
Campo de concentração é o "estabelecimento" utilizado para a detenção, suposta reeducação, exploração de mão-de-obra gratuita ou mesmo extermínio de presos políticos, prisioneiros de guerra e membros de grupos étnicos, por motivos ideológicos, políticos e militares.

Em diversos momentos da história, a combinação de autoritarismo político e uso arbitrário do poder militar levou ao surgimento de campos de concentração.

Os campos de concentração não integram os sistemas penitenciários usuais   - onde são presas as pessoas condenadas segundo a legislação civil  -,  nem se confundem com os centros de confinamento dos prisioneiros de guerra, os quais se organizam de acordo com os princípios do direito internacional. São prisões sem qualquer vinculação com a norma jurídica, e não passam de uma manobra económica para recrutar mão-de-obra a preço vil, voltada sobretudo à produção de guerra, e de uma manobra política para subjugar grupos sociais dissidentes ou contrários às directrizes estatais.

Nunca a condição humana esteve tão ameaçada, quanto na época dos campos de concentração nazistas. Não apenas os judeus, eslavos, ciganos, homossexuais e deficientes foram atingidos fisicamente e moralmente ao serem tratados como coisas, pragas, ou raças inferiores, mas toda Humanidade se viu reduzida à massa de manobra de um sistema totalitário que se considerava perfeito em sua concepção pervertida sobre o bem-estar de uma nação. Para satisfazerem seus desejos de supremacia, alguns seres humanos pensavam ter o direito de usufruir dos corpos de milhões de outros seres humanos até sua exaustão completa. Desde 1933, quando os primeiros campos de concentração de presos em massa foram construídos em Boyermoor e Dachau (Alemanha), oito milhões de pessoas perderam seus nomes, ganharam números, foram escravizadas, transformadas em cobaias, ou simplesmente eliminadas pelas doenças, torturas e câmaras de gás numa organização civil e militar, cujos objectivos transcendiam a questão racial ou política, revelando os fins ideológicos de uma sociedade voltada para exploração e extinção de tudo que fosse diferente daquilo considerado correcto segundo seus critérios subjectivos e exclusivistas. Na obra de Adolf Hitler (1889-1945) e seus comparsas, a lógica de uma civilização massificadora foi posta nua, para ser encoberta hoje pelos modismos e os meios de comunicação de massa que transformam todos em consumidores e trabalhadores compulsivos dos produtos criados pelos novos pequenos “hitleres”, para seu deleite pessoal.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D