Sábado, 23 de Julho de 2005

Greenwich

Greenwich_e_Cutty Sark.jpg
Greenwich
- Onde o mundo se divide e todos os povos se unem -  'Cutty Sark', a hora da recuperação...
Projecto de conservação aprazado para 2006


Exposto desde a década de 50 em Greenwich, o Cutty Sark, que tem hoje a venerável idade de 136 anos, rapidamente se transformou num objecto turístico de culto, visitado, desde então, por mais de 15 milhões de pessoas. Ao longo dos anos 90, porém, a crescente fragilidade do seu estado tornou evidente que só uma intervenção de fundo poderia impedir o pior desfecho. A hipótese de encerramento em 2007, e inclusive do seu abate, chegou a ser equacionada pelo Cutty Sark Trust, caso não surgissem verbas, necessariamente avultadas, para levar por diante um projecto de recuperação. Uma candidatura a financiamentos do Heritage Lottery Fund (HLF) - que o Reino Unido instituiu em 1994, canalizando parte das verbas do jogo para projectos de conservação de património - acabaria por revelar-se fundamental em Janeiro último, o HLF garantiu o seu apoio ao projecto, com metade dos 25 milhões de libras necessários para o concretizar.

Os pedidos de ajuda mantêm-se, mas, se tudo correr bem, a intervenção será iniciada em Setembro de 2006 e desenvolvida de modo a que o público possa acompanhá-la. No final, o veleiro permanecerá em doca seca, mas num arranjo museográfico radicalmente diferente suspenso, para que o seu casco seja observável e o espaço entretanto liberto utilizado para projectos educativos e zonas de apoio e de lazer.
No global, o projecto de conservação foi gizado para que, num horizonte de 50 anos, o Cutty Sark apenas tenha de submeter-se a pequenas intervenções regulares de manutenção.

-Diário de Notícias-26/06/2005-

Veja as imagens de Greenwich em: http://www.law.missouri.edu/whitman/England/Greenwich/
 

Um simples passeio ao bairro histórico de Greenwich faz o visitante pensar não apenas nas aulas de história, mas nos ponteiros que regem o desenvolvimento do mundo. Nas nações divididas entre oriente e ocidente. Nas conquistas que se deram ao longo dos séculos, nos oceanos, no poder que a natureza exerce sobre os homens. Greenwich é onde o mundo se divide, mas onde os povos se unem para contemplar a natureza e a genialidade dos homens.

Embora ainda existam controvérsias a respeito de quem pensou primeiro nessa história de fuso-horário, foi a Inglaterra o primeiro país a normalizar a hora. No início, as companhias ferroviárias de cidades vizinhas não admitiam que Londres interferisse em suas vidas.
O culpado de tudo foi o canadense Sanford Fleming, um dos engenheiros mais conhecidos do século XIX. Ele decidiu dividir o planeta em 24 fusos horários, cada um correspondendo a 15 graus de longitude e o intervalo de tempo de uma hora começando pelo Meridiano de Greenwich.

É em Londres, no alto de uma montanha, que se costuma dizer que as horas começam. A linha, que antes fazia parte apenas da imaginação de muitos, aqui é concretizada, dando-nos  a noção de divisão entre oriente e ocidente. Visitar Greenwich e não fazer a tradicional foto com um pé em cada lado do globo chega a ser pecado. Um casal de brasileiros, que se deixou fotografar pela coluna, fez questão de seguir a tradição. Na frente do globo, Célia Cristina e Adolfo Nunes. Ocidente e Oriente unidos pelo amor...

Mas para chegar ao Observatório de Londres, quase no fim da peregrinação, é preciso muitas horas livres, disposição e paciência para conhecer os mistérios que envolvem os estudos dos astrónomos. Para chegar a Greenwich de metropolitano, bastam apenas 20 minutos. De autocarro, são 50 minutos e de barco, um passeio inesquecível ao longo do Rio Tamisa que dura cerca de uma hora.

Ao chegar, a primeira vista é do Mercado de Greenwich, assim como em todos os cantos de Londres, um "mix" de produtos de todos os países, com lojas vendendo produtos de segunda-mão, cafés e restaurantes. Então, você atravessa o vilarejo e surpreende-se  com o Cutty Sark, um veleiro que servia para o transporte de chá entre a Inglaterra e a China (diz-se que chegou a pertencer a Portugal),  foi também a última das maiores embarcações construídas na Escócia (1869). Com ele, já se tem ideia do que vem pela frente  -  está transformado num museu. O Centro de Informações ao Turista é um capítulo à parte com mapas, guias, dvd's informativos e exposições. É lá onde britânicos e estrangeiros decidem por onde começar o passeio, que inclui museus e edifícios históricos. Jerry Lee, chinesa de 30 anos, decidiu, antes da lua-de-mel registar alguns momentos deste dia tão feliz no Parque de Greenwich. Saiu da igreja e foi passear, vestida de noiva, com o seu amado e o fotógrafo a "tira-colo".

Cada grama ou traço arquitectónico faz-nos  pensar na importância desse património mundial. Greenwich é o mais antigo parque real de Londres, oferecendo uma vista panorâmica da cidade do topo da montanha, onde fica o Observatório. Entre jardins, árvores, rampas e playgrounds estão diversas atracções que fizeram do lugar um paraíso de importância internacional.

The Old Naval College, por exemplo, permaneceu com a função de escola naval durante 125 anos. Hoje, abriga o salão de artes e uma capela. Ao lado, a Universidade de Greenwich e a Trinity College of Music. No The National Maritime Museum , uma herança das conquistas marinhas da Inglaterra, recriada em galerias que abrigam tesouros e artefactos. No museu, o visitante tem acesso a informações sobre as batalhas navais, famosos brasileiros e exploradores do oceano. The Queen's House, a primeira construção clássica renascentista de Londres, onde a Rainha Anne da Dinamarca tinha seus momentos de prazer ao lado de James I.  A Rainha faleceu antes mesmo da conclusão da obra, que foi concluída em homenagem a Henrietta Maria. É no The Royal Observatory onde está marcada a linha do Meridiano e o zero grau de longitude.

Sem dúvida, um lugar fascinante, onde o visitante chega a pensar que tem todo o tempo do mundo para se entregar às belezas da região. Ninguém se lembra de consultar o seu relógio de pulso. Mas isso não quer dizer que todo o trabalho dos pesquisadores de renome foi em vão.
Por Danielle Rêgo

Publicado por: Praia da Claridade às 00:20
Link do post | comentar
3 comentários:
De Anónimo a 24 de Julho de 2005 às 02:43
Gostei muito de ler estes dois textos. Obrigada pela partilha.

Não sabia que o Cutty Sark estava em situação complicada...

Beijokas da Cokas ;)cokas
(http://cokas.blogspot.com)
(mailto:bvf@netcabo.pt)


De Anónimo a 23 de Julho de 2005 às 23:10
Boa noite , amigo Filipe.
Tudo belo, por aí ?
Resolvi mandar uma "bicada" para cumprimentar,perguntar pela entrevista do Paulo e saber o que se passou no futebol de praia pois ouvi comentar em Coimbra que houve lá porrada de criar bicho !
UM ABRAÇO...acacio simões
(http://atonito.blogspot.com/)
(mailto:acacio.luis.simoes@iol.pt)


De Anónimo a 23 de Julho de 2005 às 12:29
Ja estive la,é fantastico. BeijosMAR Y SOL
(http://ricavida.blogs.sapo.pt)
(mailto:lcs32@sapo.pt)


Comentar Artigo

FILIPE FREITAS

Pesquisar neste blog

 

Figueira da Foz
PORTUGAL




Os meus outros cantinhos
Clique nas duas imagens:
 



  Clique na imagem seguinte
        para ver o vídeo do

    Mar da Figueira da Foz


       Fonte Luminosa
       Figueira da Foz

      
Video: Filipe Freitas



SELO da minha Praia
..... pode levá-lo .....




Músicas



PRAIA da CLARIDADE nasceu em:

30/Janeiro/2005

Os 50 Artigos mais Recentes

Batalha da Roliça

Revolução dos Cravos

Massacre de Lisboa de 150...

O Alasca foi vendido

Páscoa: este ano é muito ...

Feliz Dia de São Valentim...

Padre António Vieira

Centenário do Regicídio d...

Descoberta da Vacina

Daguerreótipo

Feliz Ano de 2008 !

Lua Azul

Fossa das Marianas

Flor-do-Natal

Calçada da Fama

Beatriz Costa

Frank Sinatra

Tubarão-touro

Miguel de Vasconcelos

Restauração da Independên...

Egas Moniz

Maiores campos de gelo e ...

Tumba de Herodes

A Bela Adormecida na Figu...

Bola de ténis

Qual a cidade mais fria d...

Tautologia

O maior grupo de lagos de...

Macaronésia

Chuva de estrelas

Erupções vulcânicas

Lenda de São Martinho

Mário Viegas

Muro de Berlim

Libelinha

Castanhas

Falha de Santo André

Quinze anos ao telemóvel

Fotografia Aérea com Papa...

Chuva de animais

Pseudo-fruto

Elevador da Glória

1.º avião do mundo

Maçã

Funicular

Amistad

Turbante

O primeiro satélite artif...

José Hermano Saraiva

Masseiras

Arquivos Mensais

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Temas

acidentes

açores

actores

alimentação

ambiente

animais

arquitectura

artes

astrologia

astronáutica

astronomia

aves

aviação

brasil

cantinhos de portugal

cantores

capitais

ciências ocultas

civilizações

crustáceos

culinária

curiosidades

desportos

electrónica

energia

fenómenos

festividades

figueira da foz

filosofia

geografia

guerra

história de portugal

história mundial

humor

informática

insectos

lazer

lisboa

literatura

locais sagrados

madeira

máquinas

mar

medicina

medicina natural

mistérios

monumentos

música

natureza

oceanos

palácios

peixes

pensamentos

pessoas célebres

poemas

poetas

religião

relíquias

rios

saúde

superstições

tecnologias

tradições

transportes

turismo

união europeia

todas as tags

Hora e Temperatura locais (clique, veja a sua zona)

Click for Coimbra, Portugal Forecast

........ Anjo da Paz ........

Anjo da PAZ

Blogues Amigos



À Beira Mar


A Iluminura


A Magia das Palavras


A Papoila


A Serpente Emplumada


Acerca do Mundo


Amicus Ficaria


Ana Luar


Arodla 2006


As the world turns


Barão da Tróia


Bella Mistura


Bióloga Poetisa


Blog da Berenice


Blog da Dalva


Blog das Trevas


Blogamizade


Blog Blogs SAPO


Boanova


Cantinho da Florinda


Cantinho da TiBéu


Canto da Conchita


Chica Ilhéu - Açores


Chuviscos


Cidália Santos


Competências


Confraria das Bifanas


Continua a Sorrir


Dador de Madula Óssea


Deixa-me !...


Doença de Parkinson


Domínio dos Anjos


Dreamers of the Night


Ecos do Tempo


Escrevinhando com o Coração


Eterna Parte de Mim


Evasões Bárbaras


Ex-Improviso


Fadinha Arodla


Fallen Angel - Marisocas


Fátima Cidade de Acolhimento


Floresta de Lórien


FLP - Aloé Vera


Formas & Meios


Formiguinha Atómica


Gatinhos Voadores


Ideias e Ideais - Terceira


Isis


Janela Aberta


José Lessa


Lua e Estrela


Mar y Sol


Menina Marota


Momentos a Dois


Mudar o Template


Noites do Amanhecer


O Atónito


O Estrelado


O PALHETAS -Figueira da Foz-


O Sal da Nossa Pele


O Sino da Aldeia


O Teu Doce Olhar


Paraquedista


Paredes de Coura


Parkinson Campinas


PAVANN


Por Terras do Rei Wamba


Princesa do Mar


Putoreguila


Quinto Poder


Rumo ao Sul


Sabor Latino


Sabor da Cozinha


Segunda Vida


Sem Imaginação


Sentimentos


Som & Tom


Sombreiro


Terena, vila Alentejana


Uma caracol falante


Virtual Realidade






Utilitários



FIGUEIRA DA FOZ
on-line

O seu browser não suporta flash. Necessita instalar o "plug-in".



Meteorologia




Portal dos Sites