Quarta-feira, 19 de Outubro de 2005

A Coluna Vertebral

ColunaVertebral.jpg 


A coluna vertebral é formada por várias vértebras que é ligada por articulações que são divididas por discos.
Esses discos são constituídos de material fibroso e gelatinoso que desempenham a função de amortecedores e dão mobilidade para nos locomover, correr ou mesmo quando saltamos. A coluna vertebral serve de apoio para outras partes do esqueleto.
A n
ossa medula nervosa passa por um canal que existe nas vértebras e por esse motivo ela está protegida.
A coluna vertebral é constituída de vértebras que se articulam; sendo assim, podemos realizar vários movimentos.

Quando é vista de frente a coluna vertebral é recta, e quando vista de lado forma duas curvaturas em forma de S. Essa curvatura dá o equilíbrio adequado ao homem para se manter na posição vertical.

A região cervical é constituída por sete vértebras localizadas no pescoço. A primeira vértebra chama-se Atlas e articula-se com o crânio, e isso possibilita que se movimente.

A região torácica é constituída de doze vértebras que servem de inserção para as costelas.

A região lombar é constituída por cinco vértebras grandes e é nesta região onde suporta a maior carga.

Ainda existe a região sacrococcigiana que é composta pelo osso sacro que é resultado da soldadura de cinco vértebras que também serve de articulação para o osso do ilíaco que se articula com o fémur.

O osso cóccix é formado pela soldadura das últimas quatro vértebras.


Alguns desenvolvimentos do exposto acima:


As vértebras

São os
ossos que compõem a coluna vertebral dos vertebrados. Normalmente, existem 33 vértebras no ser humano, incluindo as cinco que se encontram fundidas e formam o sacro, e as quatro coccígeas. As três regiões superiores compreendem as restantes 24 vértebras e são agrupadas segundo cervicais (7 vértebras), torácicas (12 vértebras) e lombares (5 vértebras), de acordo com a zona em que se encontram. Este número é por vezes aumentado por uma vértebra adicional numa região, ou diminuído numa região, sendo que esta deficiência é frequentemente compensada por uma vértebra extra noutra região. O número de vértebras cervicais é, no entanto, muito raramente aumentado ou diminuído.

O pescoço

O pescoço é a parte do
corpo dos vertebrados que une a cabeça ao tronco. É formado pelas sete vértebras cervicais que articulam com o crânio, com as clavículas e com a porção inferior (ou posterior) da coluna vertebral e é suportado por vários músculos que dão à cabeça os seus movimentos.

No seu interior encontram-se a laringe e a traqueia e, por trás destas, a parte superior do esófago; na parte frontal, estas estruturas e ainda a glândula tiróide são protegidas, de cima para baixo, pelo osso ióide, a cartilagem tiróide que, no homem, toma vulgarmente o nome de “maçã de Adão” e a cartilagem cricóide. Lateralmente, por baixo da pele, notam-se os músculos esterno-mastóides, os dois ramos da artéria carótida e da veia jugular e a glândula submaxilar, por baixo da mandíbula.

Apesar destas protecções, o pescoço é um dos pontos fracos dos vertebrados uma vez que, seccionando-o, o animal perde a vida, não só pela perda de grande quantidade de sangue, como principalmente por deixar de haver comunicação entre o cérebro e o resto do corpo. O enforcamento é outra forma de terminar a vida dum animal, por sufocação; esta acção também pode ser realizada voluntariamente, como uma forma de suicídio.

As costelas

São ossos alongados, comparáveis a arcos, que se estendem da coluna vertebral até o esterno, ao qual se unem através das cartilagens costais. Há doze de cada lado. As seis primeiras articulam-se na frente com o esterno por meio de uma cartilagem, que lhes é própria ( costelas verdadeiras ). Da sétima à décima costela elas se unem através de suas cartilagens a uma cartilagem comum, que se articula com o esterno ( costelas falsas ).  A 11ª. e a 12ª. costela não se articulam com o esterno ( costelas flutuantes ).

Região Sacrococcigiana

Em
anatomia, chama-se região sacrococcigiana à porção terminal (posterior, nos animais quadrúpedes, ou inferior nos bípedes) da coluna vertebral.

No homem, é constituída por dois ossos:

  • o sacro que é resultado da soldadura de cinco vértebras grandes, que articula com a última vértebra da região lombar e também serve de articulação para o ilíaco; e
  • o cóccix é formado pela soldadura das últimas quatro vértebras.

Nos vertebrados com cauda (com excepção das aves, que têm a anatomia desta região semelhante aos bípedes), esta é formada pela maior parte das vértebras desta região.

O fémur

É o
osso mais longo e mais volumoso do corpo humano, e localiza-se na coxa. Também é o osso mais resistente.
O fémur consiste da
diáfise, da epífise proximal que se prolonga, através de um pescoço, até uma cabeça (esférica)  -  que o articula com o osso do quadril  -  e da epífise distal que se divide em dois côndilos, que se ligam à tíbia e à patela.
Uma pessoa de 1,80m tem um fémur de aproximadamente 50cm.
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Publicado por: Praia da Claridade às 00:08
Link do post | comentar
2 comentários:
De Anónimo a 19 de Outubro de 2005 às 18:23
Olá amigo Filipe sempre que posso vizito o seu blog,sempre com boa imformação e cultura geral,hoje vem falar daquilo que uma grande parte de portugueses sofrem da nossa culuna,eu por vezes queixo-me porque doí bastante, principalmente no inverno.aqui vai o Abraço Amigo
Maria ElisaMaria Elisa
</a>
(mailto:mariaelisaramos@sapo.pt)


De Anónimo a 19 de Outubro de 2005 às 14:08
Amigo Filpe: Continuas imparável como sempre. Os artigos que escolhes são são mais uma acha para a nossa cultura geral. É Sempre com prazer que visito o teu belog e retiro dele as lições que ele nos dá. Um abraço do companheiiro e amigo f.bFernando Bento
</a>
(mailto:fb.fb@iol.pt)


Comentar Artigo

FILIPE FREITAS

Pesquisar neste blog

 

Figueira da Foz
PORTUGAL




Os meus outros cantinhos
Clique nas duas imagens:
 



  Clique na imagem seguinte
        para ver o vídeo do

    Mar da Figueira da Foz


       Fonte Luminosa
       Figueira da Foz

      
Video: Filipe Freitas



SELO da minha Praia
..... pode levá-lo .....




Músicas



PRAIA da CLARIDADE nasceu em:

30/Janeiro/2005

Os 50 Artigos mais Recentes

Batalha da Roliça

Revolução dos Cravos

Massacre de Lisboa de 150...

O Alasca foi vendido

Páscoa: este ano é muito ...

Feliz Dia de São Valentim...

Padre António Vieira

Centenário do Regicídio d...

Descoberta da Vacina

Daguerreótipo

Feliz Ano de 2008 !

Lua Azul

Fossa das Marianas

Flor-do-Natal

Calçada da Fama

Beatriz Costa

Frank Sinatra

Tubarão-touro

Miguel de Vasconcelos

Restauração da Independên...

Egas Moniz

Maiores campos de gelo e ...

Tumba de Herodes

A Bela Adormecida na Figu...

Bola de ténis

Qual a cidade mais fria d...

Tautologia

O maior grupo de lagos de...

Macaronésia

Chuva de estrelas

Erupções vulcânicas

Lenda de São Martinho

Mário Viegas

Muro de Berlim

Libelinha

Castanhas

Falha de Santo André

Quinze anos ao telemóvel

Fotografia Aérea com Papa...

Chuva de animais

Pseudo-fruto

Elevador da Glória

1.º avião do mundo

Maçã

Funicular

Amistad

Turbante

O primeiro satélite artif...

José Hermano Saraiva

Masseiras

Arquivos Mensais

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Temas

acidentes

açores

actores

alimentação

ambiente

animais

arquitectura

artes

astrologia

astronáutica

astronomia

aves

aviação

brasil

cantinhos de portugal

cantores

capitais

ciências ocultas

civilizações

crustáceos

culinária

curiosidades

desportos

electrónica

energia

fenómenos

festividades

figueira da foz

filosofia

geografia

guerra

história de portugal

história mundial

humor

informática

insectos

lazer

lisboa

literatura

locais sagrados

madeira

máquinas

mar

medicina

medicina natural

mistérios

monumentos

música

natureza

oceanos

palácios

peixes

pensamentos

pessoas célebres

poemas

poetas

religião

relíquias

rios

saúde

superstições

tecnologias

tradições

transportes

turismo

união europeia

todas as tags

Hora e Temperatura locais (clique, veja a sua zona)

Click for Coimbra, Portugal Forecast

........ Anjo da Paz ........

Anjo da PAZ

Blogues Amigos



À Beira Mar


A Iluminura


A Magia das Palavras


A Papoila


A Serpente Emplumada


Acerca do Mundo


Amicus Ficaria


Ana Luar


Arodla 2006


As the world turns


Barão da Tróia


Bella Mistura


Bióloga Poetisa


Blog da Berenice


Blog da Dalva


Blog das Trevas


Blogamizade


Blog Blogs SAPO


Boanova


Cantinho da Florinda


Cantinho da TiBéu


Canto da Conchita


Chica Ilhéu - Açores


Chuviscos


Cidália Santos


Competências


Confraria das Bifanas


Continua a Sorrir


Dador de Madula Óssea


Deixa-me !...


Doença de Parkinson


Domínio dos Anjos


Dreamers of the Night


Ecos do Tempo


Escrevinhando com o Coração


Eterna Parte de Mim


Evasões Bárbaras


Ex-Improviso


Fadinha Arodla


Fallen Angel - Marisocas


Fátima Cidade de Acolhimento


Floresta de Lórien


FLP - Aloé Vera


Formas & Meios


Formiguinha Atómica


Gatinhos Voadores


Ideias e Ideais - Terceira


Isis


Janela Aberta


José Lessa


Lua e Estrela


Mar y Sol


Menina Marota


Momentos a Dois


Mudar o Template


Noites do Amanhecer


O Atónito


O Estrelado


O PALHETAS -Figueira da Foz-


O Sal da Nossa Pele


O Sino da Aldeia


O Teu Doce Olhar


Paraquedista


Paredes de Coura


Parkinson Campinas


PAVANN


Por Terras do Rei Wamba


Princesa do Mar


Putoreguila


Quinto Poder


Rumo ao Sul


Sabor Latino


Sabor da Cozinha


Segunda Vida


Sem Imaginação


Sentimentos


Som & Tom


Sombreiro


Terena, vila Alentejana


Uma caracol falante


Virtual Realidade






Utilitários



FIGUEIRA DA FOZ
on-line

O seu browser não suporta flash. Necessita instalar o "plug-in".



Meteorologia




Portal dos Sites