Sábado, 17 de Fevereiro de 2007

Cardume, grupo de peixes

 
Cardume, grupo de peixes


 

Um cardume é o substantivo colectivo que designa um grupo de peixes, normalmente da mesma espécie e do mesmo grupo etário que nadam como se fossem um único indivíduo.
 
Os peixes são animais vertebrados, aquáticos poiquilotérmicos e que possuem os membros transformados em barbatanas sustentadas por raios ósseos, esqueleto ósseo ou cartilaginoso. As principais adaptações a este meio de vida são o corpo fusiforme, as guelras ou brânquias com que respira o oxigénio dissolvido na água (embora os dipnóicos usem pulmões), os membros transformados em barbatanas e, na sua maior parte, o corpo coberto de escamas.
 
A palavra "peixe" usa-se por vezes para designar vários animais aquáticos (por exemplo na palavra peixe-mulher  para designar o dugongo). Mas a maior parte dos organismos aquáticos muitas vezes designados por "peixe", incluindo as medusas e água-vivas, os moluscos e crustáceos e mesmo animais muito parecidos com os peixes como os golfinhos, não são peixes.
 
O peixe é um dos símbolos do cristianismo. A palavra peixe, em grego, é IXTIS, cujas letras são iniciais da frase "Jesus Cristo Filho de Deus Salvador".
 
Os peixes encontram-se em praticamente todos os ecossistemas aquáticos, tanto em água doce como salgada, desde a água da praia até às grandes profundezas dos oceanos. Mas há alguns lagos hiper-salinos, como o Grande Lago Salgado, nos Estados Unidos da América do Norte onde não vivem peixes.
 
Os peixes têm uma grande importância para a humanidade e desde tempos imemoriais foram pescados para a sua alimentação. Muitas espécies de peixes são criadas em condições artificiais (aquacultura), não só para alimentação humana, mas também para outros fins, como os aquários.
 
Há algumas espécies perigosas para o Homem, como os peixes-escorpião que têm espinhos venenosos e algumas espécies de tubarão, que podem atacar pessoas nas praias. Mas é necessário referir que muitas espécies de peixe se encontram ameaçadas de extinção, quer por pesca excessiva, quer por deterioração dos seus habitats.
 
Alguns peixes ingerem água para recuperar a água perdida pelas brânquias, por osmose, e pela urina. Eles retiram oxigénio da água para respirar. Uma enguia, por exemplo, toma o equivalente a uma colher de sopa de água por dia. Os peixes também retiram uma certa quantidade de água dos alimentos. Por viverem em meio líquido, não precisam beber água para hidratar a pele, como fazem os animais terrestres.
 
Os peixes urinam, mas nem todos urinam da mesma maneira. Os peixes de água doce precisam eliminar o excesso de água que se acumula nos seus corpos. Os seus rins produzem muita urina para evitar que os tecidos fiquem saturados. Comparados aos peixes de água doce, os peixes de água salgada, que já perdem água por osmose, produzem muito menos urina. O ramo da zoologia que estuda os peixes do ponto de vista da sua posição sistemática é a ictiologia. No entanto, os peixes são igualmente estudados no âmbito da ecologia, da biologia pesqueira, da fisiologia, etc.
 
Os peixes não dormem. Eles apenas alternam estados de vigília e repouso. O período de repouso consiste num aparente estado de imobilidade, em que os peixes mantêm o equilíbrio por meio de movimentos bem lentos.
 
Como não tem pálpebras, os seus olhos ficam sempre abertos. Algumas espécies deitam-se no fundo do mar ou no rio, enquanto os menores se escondem em buracos para não serem comidos enquanto descansam.
Fonte: Wikipédia. 
 

.......................
Publicado por: Praia da Claridade às 00:00
Link do post | comentar
8 comentários:
De Samara Angel a 17 de Fevereiro de 2007 às 03:40
oie navegando cheguei ate aqui e ameiiii amo peixes e nao sabia que eles nao dormiam,adorei seu blog parabens seu blog é cultura e maravilhoso,deixo meu carinho e desejo um lindo fim de semana iluminado, bjs


De zelerias a 17 de Fevereiro de 2007 às 03:41
"Os peixes não dormem".
Era bom que também nós não nos deixássemos dormir quando ouvimos e vemos tantas barbaridades por parte de alguns políticos...
Bom, de todos os peixes o que piores recordações de deixou foi um malvado peixe aranha, quando a "nossa" praia ainda não era tão larga...

Um abraço e bom fim de semana.


De Chicailheu a 17 de Fevereiro de 2007 às 07:32
Filipe
tens aí uma imagem muito gira, em constante movimento.
Eu queria ser como os peixes, não precisava dormir..mas inflixment o sono é necessário aos humanos, e o meu foi para longe...
Beijokas
Tua amiga
Chicailheu


De Jofre Alves a 17 de Fevereiro de 2007 às 08:27
Caro Filipe: visitar a sua página é sempre do meu inteiro agrado, mesmo quando nada “pesco” do tema, ou então é por isso que é imprescindível visitá-la, a fim de aprendermos mais e mais. Aqui, na sua enciclopédia, um verdadeiro serviço público. Como sempre gostei de passar por aqui. Óptimo fim-de-semana.



De soaresesilva a 17 de Fevereiro de 2007 às 16:53
Sempre a aprender!!!!! Não sabia desse fenómeno dos peixes não dormirem....Estão sempre a recomendar-nos que comamos peixe em vez de carne mas começa a haver o perigo da extinsão de algumas espécies. O futuro talvez esteja na construção de viveiros para cada vez mais espécies mas parece que há dificuldades técnicas para algumas. Antigamente comia-se muito bom peixe aí na Figueira. Não sei se ainda acontece o mesmo agora.


De maripossa a 17 de Fevereiro de 2007 às 19:40
Amigo Filipe,muito engraçado este trabalho sobre os peixes,eu sou pescador desportivo e adoro ir para as Barragems daqui do nosso lado pescar,e realmente tem vezes que se tiram muitos outras não,se calhar nas vezes que dormem engolem o isco,das outras em que se encontram em vigilia não e como tenho peixes de aquário em casa é um facto eles estarem muitas vezes no fundo...como digo aprender até morrer,bom trabalho beijinho amigo
Filipe-maripossa


De TiBéu ( Isa) a 17 de Fevereiro de 2007 às 23:29
Adoro peixies e em minha casa tenho sempre um aquario com dois ou três peixes, aguns duram anos outros duram dias.... nunca percebi muito bem porquê.
Hoje na Figueira teve uma concentração de smarts, viste? Os meus filhos tiveram por lá.
Votos de um bom fim de semana e um beijo


De soaresesilva a 18 de Fevereiro de 2007 às 15:49
Filipe, como se faz para p^pr no bog um vídeo já aberto como esse teu do cadume de peixes. Usualmente é preciso primeiro ckicar sobre ele.


Comentar Artigo

FILIPE FREITAS

Pesquisar neste blog

 

Figueira da Foz
PORTUGAL




Os meus outros cantinhos
Clique nas duas imagens:
 



  Clique na imagem seguinte
        para ver o vídeo do

    Mar da Figueira da Foz


       Fonte Luminosa
       Figueira da Foz

      
Video: Filipe Freitas



SELO da minha Praia
..... pode levá-lo .....




Músicas



PRAIA da CLARIDADE nasceu em:

30/Janeiro/2005

Os 50 Artigos mais Recentes

Batalha da Roliça

Revolução dos Cravos

Massacre de Lisboa de 150...

O Alasca foi vendido

Páscoa: este ano é muito ...

Feliz Dia de São Valentim...

Padre António Vieira

Centenário do Regicídio d...

Descoberta da Vacina

Daguerreótipo

Feliz Ano de 2008 !

Lua Azul

Fossa das Marianas

Flor-do-Natal

Calçada da Fama

Beatriz Costa

Frank Sinatra

Tubarão-touro

Miguel de Vasconcelos

Restauração da Independên...

Egas Moniz

Maiores campos de gelo e ...

Tumba de Herodes

A Bela Adormecida na Figu...

Bola de ténis

Qual a cidade mais fria d...

Tautologia

O maior grupo de lagos de...

Macaronésia

Chuva de estrelas

Erupções vulcânicas

Lenda de São Martinho

Mário Viegas

Muro de Berlim

Libelinha

Castanhas

Falha de Santo André

Quinze anos ao telemóvel

Fotografia Aérea com Papa...

Chuva de animais

Pseudo-fruto

Elevador da Glória

1.º avião do mundo

Maçã

Funicular

Amistad

Turbante

O primeiro satélite artif...

José Hermano Saraiva

Masseiras

Arquivos Mensais

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Temas

acidentes

açores

actores

alimentação

ambiente

animais

arquitectura

artes

astrologia

astronáutica

astronomia

aves

aviação

brasil

cantinhos de portugal

cantores

capitais

ciências ocultas

civilizações

crustáceos

culinária

curiosidades

desportos

electrónica

energia

fenómenos

festividades

figueira da foz

filosofia

geografia

guerra

história de portugal

história mundial

humor

informática

insectos

lazer

lisboa

literatura

locais sagrados

madeira

máquinas

mar

medicina

medicina natural

mistérios

monumentos

música

natureza

oceanos

palácios

peixes

pensamentos

pessoas célebres

poemas

poetas

religião

relíquias

rios

saúde

superstições

tecnologias

tradições

transportes

turismo

união europeia

todas as tags

Hora e Temperatura locais (clique, veja a sua zona)

Click for Coimbra, Portugal Forecast

........ Anjo da Paz ........

Anjo da PAZ

Blogues Amigos



À Beira Mar


A Iluminura


A Magia das Palavras


A Papoila


A Serpente Emplumada


Acerca do Mundo


Amicus Ficaria


Ana Luar


Arodla 2006


As the world turns


Barão da Tróia


Bella Mistura


Bióloga Poetisa


Blog da Berenice


Blog da Dalva


Blog das Trevas


Blogamizade


Blog Blogs SAPO


Boanova


Cantinho da Florinda


Cantinho da TiBéu


Canto da Conchita


Chica Ilhéu - Açores


Chuviscos


Cidália Santos


Competências


Confraria das Bifanas


Continua a Sorrir


Dador de Madula Óssea


Deixa-me !...


Doença de Parkinson


Domínio dos Anjos


Dreamers of the Night


Ecos do Tempo


Escrevinhando com o Coração


Eterna Parte de Mim


Evasões Bárbaras


Ex-Improviso


Fadinha Arodla


Fallen Angel - Marisocas


Fátima Cidade de Acolhimento


Floresta de Lórien


FLP - Aloé Vera


Formas & Meios


Formiguinha Atómica


Gatinhos Voadores


Ideias e Ideais - Terceira


Isis


Janela Aberta


José Lessa


Lua e Estrela


Mar y Sol


Menina Marota


Momentos a Dois


Mudar o Template


Noites do Amanhecer


O Atónito


O Estrelado


O PALHETAS -Figueira da Foz-


O Sal da Nossa Pele


O Sino da Aldeia


O Teu Doce Olhar


Paraquedista


Paredes de Coura


Parkinson Campinas


PAVANN


Por Terras do Rei Wamba


Princesa do Mar


Putoreguila


Quinto Poder


Rumo ao Sul


Sabor Latino


Sabor da Cozinha


Segunda Vida


Sem Imaginação


Sentimentos


Som & Tom


Sombreiro


Terena, vila Alentejana


Uma caracol falante


Virtual Realidade






Utilitários



FIGUEIRA DA FOZ
on-line

O seu browser não suporta flash. Necessita instalar o "plug-in".



Meteorologia




Portal dos Sites