Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2006

Homo sapiens

 
Ilustração de um homem e uma mulher, por Linda Salzman Sagan, utilizada emplacas levadas pelas naves Pioneer 10 e 11
 
Ilustração de um homem e uma mulher, por Linda Salzman Sagan,
utilizada em placas levadas pelas naves Pioneer 10 e 11

 

 
 
 

O Ser Humano pode ser definido em termos biológicos, sociais e consciência. Biologicamente, os humanos são classificados como a espécie Homo sapiens (latim para homem sábio, homem racional), um primata bípede pertencente à superfamília Hominoidea juntamente com outros símios: chimpanzés, bonobos, gorilas, orangotangos e gibões, além de outras espécies actualmente extintas.
 
Os humanos adoptam uma postura erecta que possibilita a libertação dos membros anteriores para a manipulação de objectos, possuem um cérebro bem desenvolvido que lhes proporciona as capacidades de raciocínio abstracto, linguagem e introspecção.
 
A mente humana tem vários atributos distintos. É responsável pela complexidade do comportamento humano, especialmente a linguagem. A curiosidade e a observação científica levaram ao aparecimento de uma variedade de explicações para a consciência e a relação entre o corpo e a mente. A Psicologia (especialmente a Neuropsicologia) tenta estudar estas manifestações e relações sob o ponto de vista científico. As perspectivas religiosas geralmente enfatizam a existência de uma alma como sendo a essência do ser, normalmente associada à crença e adoração de Deus, deuses ou espíritos. A Filosofia tenta sondar as profundezas de cada uma destas perspectivas. A Arte, a Música e a Literatura são muitas vezes usadas como forma de expressão deste conceitos e sentimentos.
 
O Ser Humano é uma espécie eminentemente social. Criam estruturas sociais complexas, compostas de muitos grupos cooperantes e competidores. Estas estruturas variam desde as nações até ao nível da família, desde a comunidade até ao eu. A tentativa de compreender e manipular o mundo à sua volta, possibilitou aos humanos desenvolverem tecnologia e ciência como um projecto comum e não individual. Estas instituições levaram ao aparecimento de artefactos partilhados, crenças, mitos, rituais, valores e normas sociais que, no conjunto, formam uma cultura de grupo.
 
Terminologia
 
No geral, a palavra pessis é utilizada quando se quer referir a um grupo específico de indivíduos.
 
No entanto, quando se quer referir a um grupo que possui semelhança étnica, cultural ou de nacionalidade, utiliza-se o termo povo (exemplos: povo índio, povo falante de português).
 
O macho juvenil desta espécie é denominado rapaz, (no Brasil, também podendo ser usado o termo "moço"). À fêmea juvenil dá-se o nome de rapariga, (no Brasil, esse termo é considerado pejorativo, e é usado normalmente o termo "moça"). O termo Homem, com inicial maiúscula, é geralmente utilizado para referir o conjunto de todos os seres humanos (em contraste com homem, o macho da espécie), tal como o termo humanidade, raça humana ou género humano. O termo humano é utilizado como sinónimo de Ser Humano. Como adjectivo, o termo humano, tem significância neutra, mas poderá ser utilizado para enfatizar os aspectos positivos da natureza humana e ser sinónimo de benevolência (em contraposição com o termo inumano).
 
Por vezes, em Filosofia, é mantida uma distinção entre as noções de ser humano (ou Homem) e de pessoa. O primeiro refere-se à espécie biológica enquanto que o segundo se refere a um agente racional (ver, por exemplo, a obra de John Locke, Ensaio sobre o Entendimento Humano II 27, e a obra de Immanuel Kant, Introdução à Metafísica da Moral). Segundo a perspectiva de John Locke, a noção de pessoa passa a ser a de uma colecção de acções e operações mentais. O termo pessoa poderá assim ser utilizado para referir animais para além do Homem, para referir seres míticos, uma inteligência artificial ou um ser extraterrestre. Uma importante questão em Teologia e na Filosofia da religião concerne em saber se Deus é uma pessoa.
 
Em latim, humanus é a forma adjectival do nome homo, traduzido como Homem (para incluir machos e fêmeas).
 
 
Biologia
 
Anatomia e Fisiologia
 
O Ser Humano apresenta locomoção bípede completa. Este facto proporciona a utilização dos membros anteriores para a manipulação de objectos, por meio da oponibilidade dos polegares.
 
Os humanos variam substancialmente em relação à altura e ao peso médio, conforme a localização e aspectos históricos. Apesar de o peso ser largamente determinado pelos genes, é também, muito influenciado pela dieta e exercício.
 
Em comparação com a pele de outros primatas, a pele humana possui menor pelagem. A cor do pêlo e da pele é determinada pela presença de pigmentos, chamados melaninas. A maioria dos autores acredita que o escurecimento da pele foi uma adaptação que evoluiu como uma defesa contra a radiação solar ultravioleta (UV); a melanina é uma substância eficaz contra esta radiação. A cor da pele, em humanos actuais, pode variar desde o castanho escuro até ao rosa pálido. A distribuição geográfica da cor da pele correlaciona com os níveis ambientais de raios UV. A cor do pêlo e da pele humana é controlada, em parte, pelo gene MC1R. Por exemplo, o cabelo ruivo e pele pálida de alguns europeus é o resultado de mutações no gene MC1R. A pele humana tem a capacidade de escurecer (bronzeamento) em resposta à exposição a raios UV. A variação na capacidade de bronzeamento também é parcialmente controlado pelo gene MC1R.
 
Porque os humanos são bípedes, a região pélvica e a coluna vertebral tendem a sofrer desgaste, criando dificuldades locomotoras em indivíduos mais idosos.
 
A necessidade individual de uma regular administração de comida e bebida é proeminentemente reflectida na cultura humana. A falha na obtenção de comida leva ao estado de fome e eventualmente ao de inanição, enquanto que a falha na obtenção de bebida leva à desidratação e ao estado de sede. Tanto a inanição (fraqueza extrema por falta de alimento) como a desidratação poderão levar à morte, se não forem combatidas: o Ser Humano pode sobreviver para além de sete dias sem comida, mas somente cerca de dois dias sem bebida.
 
O tempo médio de sono requerido é de entre sete e oito horas por dia, para um adulto, e de nove a dez horas por dia numa criança. Indivíduos mais idosos usualmente têm sonos de seis a sete horas. É comum, nas sociedades modernas, as pessoas dormirem menos que o necessário.
 
O corpo humano está sujeito a doenças e ao processo de envelhecimento. A Medicina é a ciência que explora métodos para preservar a saúde humana.
 
Habitat
 
De acordo com as teorias mais comummente aceites entre os antropólogos actuais, o Homo sapiens teve origem nas savanas de África entre 200.000 a 250.000 anos atrás, descendendo do Homo erectus, e terá colonizado a Eurásia (massa que forma em conjunto a Europa e a Ásia) e a Oceânia há 40.000 anos, colonizando as Américas apenas há 10.000 anos.
 
Tendo em conta que existe vida na Terra há mais de 3,5 biliões (109) de anos, pode dizer-se que esta espécie é muito recente. Para uma avaliação mais clara, poderia fazer-se o seguinte paralelo: se existisse vida há 10 dias, o homem teria aparecido no último minuto em África, há um segundo na Eurásia e Oceânia, e apenas há 1/4 de segundo nas Américas.
 
O Homo sapiens ocupou o lugar do Homo neanderthalensis, do Homo floresiensis e de outras espécies descendentes do Homo erectus (que colonizou a Eurásia há já 2 milhões de anos) devido à sua superior capacidade de reprodução e maior competitividade pelos recursos naturais.
 
Evolução e criação
 
A origem do Homo sapiens é explicada satisfatoriamente pela ciência (através da teoria do Neodarwinismo, baseada na teoria da Origem das Espécies Segundo a Selecção Natural elaborada por Charles Darwin), sendo amplamente suportada por factos. A religião também dá explicações, mas baseando-se unicamente na fé e não possuindo evidências (destaca-se no Ocidente o Criacionismo, em sua forma mais tradicional e em forma de Design Inteligente, ambas suportadas unicamente pela fé).
Fonte: Wikipédia. 
 

..........................
Publicado por: Praia da Claridade às 00:00
Link do post | comentar
4 comentários:
De Barão da Tróia a 18 de Dezembro de 2006 às 15:13
Excelente post. Aproveito para lhe desejar um Bom Natal.


De Maria Elisa a 18 de Dezembro de 2006 às 16:10
Amigo Filipe!.. Tudo de bom,e muito especial pelo excelente trabalho,sobre a origem do homem e sobre a sua anatomia?..Gostei muito!...
Amigo beijinho,estou a preparar,as coisas para aminha ida há Figueira?..
Beijo da tua amiga.
Maria Elisa


De soaresesilva a 18 de Dezembro de 2006 às 21:40
Dizes no teu artigo que o homem moderno é muito recente no universo mas quantas transformações tivemos que sofrer no decorrer de milhares de anos para sermos o que agora somos. Quem sabe se partir de nós não haverá ainda mais evoluções? Nunca se sabe...Este tema é muitíssimo interessante e a palavra final sobre ele ainda não foi dita.


De zelerias a 19 de Dezembro de 2006 às 00:44
...e eu também não sou crente no "criacionismo ". Que Deus me perdoe !

Este tema das origens do Homem é apaixonante.

Então o almoço aqui na Marinha Grande foi bem servido? Apesar do restaurante ( Park Time ") ficar a menos de 5o metros da minha casa, apenas lá vou de vez enquanto , tomar uma bica.

Você tinha razão. O PPS referente às fotos da Figueira, que postei, não funciona. A minha ignorância ainda é muita nestas áreas. Se você quiser posso enviar-lhe um e-mail com esse anexo PPS . Para o efeito, caso não queira indicar aqui o seu e-mail, pode contactar-me via Skype : o.deca

Um abraço


Comentar Artigo

FILIPE FREITAS

Pesquisar neste blog

 

Figueira da Foz
PORTUGAL




Os meus outros cantinhos
Clique nas duas imagens:
 



  Clique na imagem seguinte
        para ver o vídeo do

    Mar da Figueira da Foz


       Fonte Luminosa
       Figueira da Foz

      
Video: Filipe Freitas



SELO da minha Praia
..... pode levá-lo .....




Músicas



PRAIA da CLARIDADE nasceu em:

30/Janeiro/2005

Os 50 Artigos mais Recentes

Batalha da Roliça

Revolução dos Cravos

Massacre de Lisboa de 150...

O Alasca foi vendido

Páscoa: este ano é muito ...

Feliz Dia de São Valentim...

Padre António Vieira

Centenário do Regicídio d...

Descoberta da Vacina

Daguerreótipo

Feliz Ano de 2008 !

Lua Azul

Fossa das Marianas

Flor-do-Natal

Calçada da Fama

Beatriz Costa

Frank Sinatra

Tubarão-touro

Miguel de Vasconcelos

Restauração da Independên...

Egas Moniz

Maiores campos de gelo e ...

Tumba de Herodes

A Bela Adormecida na Figu...

Bola de ténis

Qual a cidade mais fria d...

Tautologia

O maior grupo de lagos de...

Macaronésia

Chuva de estrelas

Erupções vulcânicas

Lenda de São Martinho

Mário Viegas

Muro de Berlim

Libelinha

Castanhas

Falha de Santo André

Quinze anos ao telemóvel

Fotografia Aérea com Papa...

Chuva de animais

Pseudo-fruto

Elevador da Glória

1.º avião do mundo

Maçã

Funicular

Amistad

Turbante

O primeiro satélite artif...

José Hermano Saraiva

Masseiras

Arquivos Mensais

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Temas

acidentes

açores

actores

alimentação

ambiente

animais

arquitectura

artes

astrologia

astronáutica

astronomia

aves

aviação

brasil

cantinhos de portugal

cantores

capitais

ciências ocultas

civilizações

crustáceos

culinária

curiosidades

desportos

electrónica

energia

fenómenos

festividades

figueira da foz

filosofia

geografia

guerra

história de portugal

história mundial

humor

informática

insectos

lazer

lisboa

literatura

locais sagrados

madeira

máquinas

mar

medicina

medicina natural

mistérios

monumentos

música

natureza

oceanos

palácios

peixes

pensamentos

pessoas célebres

poemas

poetas

religião

relíquias

rios

saúde

superstições

tecnologias

tradições

transportes

turismo

união europeia

todas as tags

Hora e Temperatura locais (clique, veja a sua zona)

Click for Coimbra, Portugal Forecast

........ Anjo da Paz ........

Anjo da PAZ

Blogues Amigos



À Beira Mar


A Iluminura


A Magia das Palavras


A Papoila


A Serpente Emplumada


Acerca do Mundo


Amicus Ficaria


Ana Luar


Arodla 2006


As the world turns


Barão da Tróia


Bella Mistura


Bióloga Poetisa


Blog da Berenice


Blog da Dalva


Blog das Trevas


Blogamizade


Blog Blogs SAPO


Boanova


Cantinho da Florinda


Cantinho da TiBéu


Canto da Conchita


Chica Ilhéu - Açores


Chuviscos


Cidália Santos


Competências


Confraria das Bifanas


Continua a Sorrir


Dador de Madula Óssea


Deixa-me !...


Doença de Parkinson


Domínio dos Anjos


Dreamers of the Night


Ecos do Tempo


Escrevinhando com o Coração


Eterna Parte de Mim


Evasões Bárbaras


Ex-Improviso


Fadinha Arodla


Fallen Angel - Marisocas


Fátima Cidade de Acolhimento


Floresta de Lórien


FLP - Aloé Vera


Formas & Meios


Formiguinha Atómica


Gatinhos Voadores


Ideias e Ideais - Terceira


Isis


Janela Aberta


José Lessa


Lua e Estrela


Mar y Sol


Menina Marota


Momentos a Dois


Mudar o Template


Noites do Amanhecer


O Atónito


O Estrelado


O PALHETAS -Figueira da Foz-


O Sal da Nossa Pele


O Sino da Aldeia


O Teu Doce Olhar


Paraquedista


Paredes de Coura


Parkinson Campinas


PAVANN


Por Terras do Rei Wamba


Princesa do Mar


Putoreguila


Quinto Poder


Rumo ao Sul


Sabor Latino


Sabor da Cozinha


Segunda Vida


Sem Imaginação


Sentimentos


Som & Tom


Sombreiro


Terena, vila Alentejana


Uma caracol falante


Virtual Realidade






Utilitários



FIGUEIRA DA FOZ
on-line

O seu browser não suporta flash. Necessita instalar o "plug-in".



Meteorologia




Portal dos Sites