Terça-feira, 7 de Novembro de 2006

Rio Guadiana

 
Localização do Rio Guadiana
 
 
 

O Guadiana é um rio internacional que nasce a uma altitude de cerca de 1700 m, nas lagoas de Ruidera, na província espanhola de Ciudad Real. Renasce no Ojos del Guadiana e desagua no Oceano Atlântico, através de um grande estuário entre a cidade portuguesa de Vila Real de Santo António e a espanhola Ayamonte no golfo de Cádis, um braço do Oceano Atlântico. Os romanos chamavam-lhe Anas ao que os Mouros juntaram Uádi, a palavra árabe para rio, sendo então o Uádi Ana; a forma vernácula Odiana perdurou até ao século XVIII, altura em que foi substituída pelo termo de origem castelhana Guadiana.
 
O Guadiana faz por duas vezes fronteira entre Portugal e Espanha. Primeiro entre o rio Caia e a ribeira de Cucos, e depois desde o rio Chança até à foz. É navegável até Mértola. O primeiro sector da fronteira não está demarcado entre a ribeira de Olivença e a ribeira de Táliga, devido ao litígio fronteiriço de Olivença. No seu curso total, de 829 km, o rio é navegável até uma distância de 68 km da sua foz.
 
No rio Guadiana,  no Alentejo interior, perto da fronteira espanhola, está situada a Barragem do Alqueva, a maior barragem portuguesa. Foi construída com o objectivo de regadio para toda a zona do Alentejo e produção de energia eléctrica para além de outras actividades complementares. Encontram-se já diversas infra-estruturas do Sistema Global construídas (Barragem do Pedrógão, infra-estrutura 12, Aldeia da Luz) e muitas em fase avançada de projecto.
 
Grande parte do território da freguesia de Luz (Mourão), a tão falada  Aldeia da Luz, foi submerso pelas águas da albufeira da Barragem de Alqueva, a partir de 2002. Foi construída uma nova aldeia, para onde se mudaram todos os habitantes da Luz.
 

Panorâmica da Barragem do Alqueva
 
 
Pormenor da Barragem do Alqueva
Fonte: Wikipédia. 
 
 
Temas: ,
Publicado por: Praia da Claridade às 00:00
Link do post | comentar
10 comentários:
De Jofre Alves a 7 de Novembro de 2006 às 04:01
Quem não dorme, atacado de insónias, vem aqui, não para adormecer, mas sim para saber mais e tomar conhecimento de mais alguma coisa, hoje sobre o rio Guadiana, ontem sobre o Rei D. João IV, cuja mulher a então duquesa D. Luísa de Gusmão disse a famosa frase: «Mais vale ser rainha uma hora, do que duquesa toda a vida». Até breve.


De soaresesilva a 7 de Novembro de 2006 às 13:24
É um dos mais belos rios de Portugal. Conheço-o bem junto a Alcoutim onde trabalha um amigo meu que vive do outro lado, em Espanha, e que atravessa o rio todos os dias para vir trabalhar.


De leticia gabian a 7 de Novembro de 2006 às 14:24
Oi, Filipe,
Passei pra te deixar um beijo e te desejar um bom dia e acabei por me banhar no meu lindo Oceano Atlântico.


De Barão da Tróia a 7 de Novembro de 2006 às 14:33
Passei para desejar uma boa semana e agradecer a sempre soberba e preciosa informação que este cantinho especial disponibiliza.


De Paola Vannucci a 7 de Novembro de 2006 às 14:51
Meu amado amido, vim atualizar minhas leituras........

Tem novidades no blog

beijos


De Ricardo a 7 de Novembro de 2006 às 15:54
A barragem do Alqueva, que proporciona o maior lago artificial da europa actualmente serve maioritareiamente para turismo e não para irrigação do alentejo.
Os canais de irrigação ainda se encontram por construir.
Temos a agua, mas não temos como faze-la chegar aos campos...


De Caracol a 7 de Novembro de 2006 às 22:05
Eu fui lá antes da aldeia da Luz ser inundada... mas sinceramente (e culpem a minha loirice se quiserem) nunca entendi o porquê desta inundação... pode ser que aui o meu professorzinho (que não gosta que o tratem assim) me explique....

Um bem haja,
Inês


De kapa a 7 de Novembro de 2006 às 22:28
Como já nos habituou, mais um belos post, aliás mais uns belos posts, já que só hoje cá pude passar.

Excelentes posts "D. João IV" (uma visita a Vila Viçosa e logo ali ao lado Terena), rio Guadiana tendo como um dos seus afluentes a Ribeira de Lucefecit, que com a barragem com o mesmo nome dão uma paisagem deslumbrante a Terena.

Uma boa semana

Um abraço

Kapa


De Quico, Ventor e Pilantras a 7 de Novembro de 2006 às 22:33
A Barragem do Alqueva é uma bela barragem que em muito poderá beneficiar o Alentejo, quer pela irrigação quer pela produção de energia. Pelo menos, segundo me disse o Ventor ela é uma beleza quando o nosso amigo Apolo se espelha nas suas águas azuis-escuras ao aproximar-se o lusco-fusco. E vê-la fazer chi-chi, como nessa foto em cima, faz-nos acreditar que o Alentejo não morrerá de secura.
O Ventor diz que gosta do Alentejo, e de ver de cima do castelo de Monsaraz a "planície de água" em direcção a terras de Espanha e aquele somatório de ilhotas e enseadas a perder de vista sempre ao longe! Acho que nunca verei o que me contam sobre Alqueva porque o Ventor não me arranca daqui por nada deste mundo, nem com 100 alquevas. Basta-me ver tudo daqui! Olha eu a molhar as minhas patinhas onde os linces já não resistem ... irra! E este só me chama "garo chato"!


De ACÁCIO SIMÕES a 7 de Novembro de 2006 às 23:13
Que se passa amigo Filipe?
Houve algum azar?
Estará o meu bom amigo doente?
Faço estas perguntas porque não tem "aparecido".
Espero e desejo que tudo esteja normal aí para a beira mar gozando esses ares iodados com saúde de ferro.
ESPERANDO NOVAS ENVIO UM ABRAÇO.


Comentar Artigo

FILIPE FREITAS

Pesquisar neste blog

 

Figueira da Foz
PORTUGAL




Os meus outros cantinhos
Clique nas duas imagens:
 



  Clique na imagem seguinte
        para ver o vídeo do

    Mar da Figueira da Foz


       Fonte Luminosa
       Figueira da Foz

      
Video: Filipe Freitas



SELO da minha Praia
..... pode levá-lo .....




Músicas



PRAIA da CLARIDADE nasceu em:

30/Janeiro/2005

Os 50 Artigos mais Recentes

Batalha da Roliça

Revolução dos Cravos

Massacre de Lisboa de 150...

O Alasca foi vendido

Páscoa: este ano é muito ...

Feliz Dia de São Valentim...

Padre António Vieira

Centenário do Regicídio d...

Descoberta da Vacina

Daguerreótipo

Feliz Ano de 2008 !

Lua Azul

Fossa das Marianas

Flor-do-Natal

Calçada da Fama

Beatriz Costa

Frank Sinatra

Tubarão-touro

Miguel de Vasconcelos

Restauração da Independên...

Egas Moniz

Maiores campos de gelo e ...

Tumba de Herodes

A Bela Adormecida na Figu...

Bola de ténis

Qual a cidade mais fria d...

Tautologia

O maior grupo de lagos de...

Macaronésia

Chuva de estrelas

Erupções vulcânicas

Lenda de São Martinho

Mário Viegas

Muro de Berlim

Libelinha

Castanhas

Falha de Santo André

Quinze anos ao telemóvel

Fotografia Aérea com Papa...

Chuva de animais

Pseudo-fruto

Elevador da Glória

1.º avião do mundo

Maçã

Funicular

Amistad

Turbante

O primeiro satélite artif...

José Hermano Saraiva

Masseiras

Arquivos Mensais

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Temas

acidentes

açores

actores

alimentação

ambiente

animais

arquitectura

artes

astrologia

astronáutica

astronomia

aves

aviação

brasil

cantinhos de portugal

cantores

capitais

ciências ocultas

civilizações

crustáceos

culinária

curiosidades

desportos

electrónica

energia

fenómenos

festividades

figueira da foz

filosofia

geografia

guerra

história de portugal

história mundial

humor

informática

insectos

lazer

lisboa

literatura

locais sagrados

madeira

máquinas

mar

medicina

medicina natural

mistérios

monumentos

música

natureza

oceanos

palácios

peixes

pensamentos

pessoas célebres

poemas

poetas

religião

relíquias

rios

saúde

superstições

tecnologias

tradições

transportes

turismo

união europeia

todas as tags

Hora e Temperatura locais (clique, veja a sua zona)

Click for Coimbra, Portugal Forecast

........ Anjo da Paz ........

Anjo da PAZ

Blogues Amigos



À Beira Mar


A Iluminura


A Magia das Palavras


A Papoila


A Serpente Emplumada


Acerca do Mundo


Amicus Ficaria


Ana Luar


Arodla 2006


As the world turns


Barão da Tróia


Bella Mistura


Bióloga Poetisa


Blog da Berenice


Blog da Dalva


Blog das Trevas


Blogamizade


Blog Blogs SAPO


Boanova


Cantinho da Florinda


Cantinho da TiBéu


Canto da Conchita


Chica Ilhéu - Açores


Chuviscos


Cidália Santos


Competências


Confraria das Bifanas


Continua a Sorrir


Dador de Madula Óssea


Deixa-me !...


Doença de Parkinson


Domínio dos Anjos


Dreamers of the Night


Ecos do Tempo


Escrevinhando com o Coração


Eterna Parte de Mim


Evasões Bárbaras


Ex-Improviso


Fadinha Arodla


Fallen Angel - Marisocas


Fátima Cidade de Acolhimento


Floresta de Lórien


FLP - Aloé Vera


Formas & Meios


Formiguinha Atómica


Gatinhos Voadores


Ideias e Ideais - Terceira


Isis


Janela Aberta


José Lessa


Lua e Estrela


Mar y Sol


Menina Marota


Momentos a Dois


Mudar o Template


Noites do Amanhecer


O Atónito


O Estrelado


O PALHETAS -Figueira da Foz-


O Sal da Nossa Pele


O Sino da Aldeia


O Teu Doce Olhar


Paraquedista


Paredes de Coura


Parkinson Campinas


PAVANN


Por Terras do Rei Wamba


Princesa do Mar


Putoreguila


Quinto Poder


Rumo ao Sul


Sabor Latino


Sabor da Cozinha


Segunda Vida


Sem Imaginação


Sentimentos


Som & Tom


Sombreiro


Terena, vila Alentejana


Uma caracol falante


Virtual Realidade






Utilitários



FIGUEIRA DA FOZ
on-line

O seu browser não suporta flash. Necessita instalar o "plug-in".



Meteorologia




Portal dos Sites