Quinta-feira, 28 de Setembro de 2006

Amélia de Orleães, Rainha de Portugal

 
Amélia de Orleães, Rainha de Portugal

  
 

Maria Amélia Luísa Helena de Orleães (nasceu em Twickenham, Inglaterra, 28 de Setembro de 1865, fazia hoje 141 anos, faleceu em Versalhes, França, 25 de Outubro de 1951) foi princesa de França e última Rainha de Portugal.
 
D.Amélia era a filha primogénita de Luís Filipe de Orleães, conde de Paris (neto do último rei de França, Luís Filipe I, e como tal pretendente ao trono francês) e de Maria Isabel de Orleães-Montpensier, filha do Duque Fernando de Montpensier. D.Amélia passou a sua infância em Inglaterra, onde nasceu, devido ao exílio a que a sua família estava sujeita desde que, em 1848, Napoleão III assumira o Trono de França. Somente após a queda do império, em 1871, os Orleães puderam regressar ao país. A princesa teve então a esmerada educação reservada aos príncipes europeus, embora o seu pai apenas fosse pretendente à coroa.
 
A jovem princesa conheceu então Príncipe Real D.Carlos de Portugal, Duque de Bragança, curiosamente também nascido a 28 de Setembro, com quem se casou, em 22 de Maio de 1886, na Igreja de São Domingos, em Lisboa. Após três anos de permanência em Portugal, como esposa do herdeiro do Trono, veio a ocupar o lugar de Rainha em 1889, com a subida do seu marido, D.Carlos, ao trono.
 
Como rainha, desempenhou um papel importante, influenciando, com o seu carácter culto e elegante, a corte portuguesa. Fundou o Instituto de Socorros a Náufragos em 1892 e o Museu Nacional dos Coches 
em 1905 (então chamado "Museu dos Coches Reais", após o golpe republicano de 1910 teve seu nome alterado). Fundou ainda a Assistência Nacional aos Tuberculosos, instituição que combatia o maior flagelo da época.
 
Como mãe soube dar uma excelente educação aos seus dois filhos, alargando-lhes os horizontes culturais com uma viagem pelo Mediterrâneo, a bordo do iate real Amélia, mostrando-lhes as antigas civilizações romana, grega e egípcia.
 
O regicídio de 1 de Fevereiro de 1908, lançou-a num profundo desgosto, do qual jamais se recuperou totalmente. Retirou-se então para o Palácio da Pena
, em Sintra, não deixando porém de procurar apoiar, por todos os meios, o seu jovem filho Rei D.Manuel II no período a que se assistiu ao degradar das instituições monárquicas. Encontrava-se justamente no Palácio da Pena, quando eclodiu a revolução de Outubro de 1910.
 
Após a proclamação da República Portuguesa, em 5 de Outubro de 1910, D.Amélia seguiu o caminho do exílio, com o resto da família real, para Londres. Depois do casamento de D.Manuel II passou a residir em Versalhes, na França. Sofreria ainda um novo desgosto, com a morte de D.Manuel II, em 1932. Passou então a simbolizar toda uma dinastia, da qual era a única representante viva. Durante a II Guerra Mundial, o governo de Salazar, ofereceu-lhe asilo político, que ela recusou, e declarou o seu castelo território nacional, tornando-o território neutro, intocável, na França ocupada. Após o fim da guerra, em 8 de Junho de 1945, regressou a Portugal, numa emocionante jornada, visitando Fátima e todos os lugares que lhe estavam ligados, excepto Vila Viçosa, pela grande afeição que sentia por esta residência alentejana.
 
Foi ainda madrinha de baptismo de Dom Duarte Nuno, o actual Duque de Bragança, D. Duarte Pio, nascido em 1945, casado e pai de três filhos.
 
A Rainha D.Amélia faleceu em Outubro de 1951, na sua residência em Versalles. A derradeira rainha de Portugal foi então transladada para junto do marido e dos filhos, no Panteão Real dos Braganças
, na Igreja de São Vicente de Fora, em Lisboa.
 
Descendência
 
D.Amélia foi mãe do príncipe D.Luís Filipe, herdeiro do trono, assassinado com o seu pai o rei D.Carlos no dia 1 de Fevereiro de 1908 (Regicídio), assim como do seu irmão D.Manuel II, último rei de Portugal.
Fonte: Wikipédia.
 
 
Publicado por: Praia da Claridade às 00:00
Link do post | comentar
5 comentários:
De soaresesilva a 28 de Setembro de 2006 às 15:09
Gostei imenso destes teus artigos sobre D. Carlos e D. Amélia. Educada numa família tradicionalista, sempre respeitei muito a Monarquia e muitas vezes a minha Avó materna me contava histórias sobre o regicídio. Parece que D. Carlos foi um péssimo político mas ainda hoje podemos admirar a sua obra como cientista e artista. Vi uma vez uma exposição com os seus quadros que são excelentes. Também assisti à visita de D. Amélia a Portugal em 1945


De Maria Papoila a 28 de Setembro de 2006 às 22:04
Gostei destes artigos sobre D. Carlos e D. Amélia e descobri que nasceram no mesmo dia.
Beijo


De Caracol a 30 de Outubro de 2006 às 22:21
"E foi aqui, na paraia dos pescardores que Rainha D.Amélia desembarcou no Iate D.Maria", contou-me um dia a minha irmã com tiques, expressões e vozes de um professor tão nosso.

Sempre gostei desta nossa última rainha e isso devo-o a minha irmã


De CENTENARIO DO REGICIDIO a 18 de Novembro de 2007 às 18:27
O Site Evocativo do Centenário do Regicídio está disponível ao Público, em:

http://www.regicidio.org

Uma visita valerá a pena e se houver disponibilidade, divulguem o espaço.

O Regicídio foi um crime inqualificável e merece a maior cobertura possível neste Centenário.

Cumprimentos


De Praia da Claridade a 23 de Novembro de 2007 às 22:18
Agradeço este comentário. Já tinha agendada a comemoração de Regicídio.
Cumprimentos


Comentar Artigo

FILIPE FREITAS

Pesquisar neste blog

 

Figueira da Foz
PORTUGAL




Os meus outros cantinhos
Clique nas duas imagens:
 



  Clique na imagem seguinte
        para ver o vídeo do

    Mar da Figueira da Foz


       Fonte Luminosa
       Figueira da Foz

      
Video: Filipe Freitas



SELO da minha Praia
..... pode levá-lo .....




Músicas



PRAIA da CLARIDADE nasceu em:

30/Janeiro/2005

Os 50 Artigos mais Recentes

Batalha da Roliça

Revolução dos Cravos

Massacre de Lisboa de 150...

O Alasca foi vendido

Páscoa: este ano é muito ...

Feliz Dia de São Valentim...

Padre António Vieira

Centenário do Regicídio d...

Descoberta da Vacina

Daguerreótipo

Feliz Ano de 2008 !

Lua Azul

Fossa das Marianas

Flor-do-Natal

Calçada da Fama

Beatriz Costa

Frank Sinatra

Tubarão-touro

Miguel de Vasconcelos

Restauração da Independên...

Egas Moniz

Maiores campos de gelo e ...

Tumba de Herodes

A Bela Adormecida na Figu...

Bola de ténis

Qual a cidade mais fria d...

Tautologia

O maior grupo de lagos de...

Macaronésia

Chuva de estrelas

Erupções vulcânicas

Lenda de São Martinho

Mário Viegas

Muro de Berlim

Libelinha

Castanhas

Falha de Santo André

Quinze anos ao telemóvel

Fotografia Aérea com Papa...

Chuva de animais

Pseudo-fruto

Elevador da Glória

1.º avião do mundo

Maçã

Funicular

Amistad

Turbante

O primeiro satélite artif...

José Hermano Saraiva

Masseiras

Arquivos Mensais

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Temas

acidentes

açores

actores

alimentação

ambiente

animais

arquitectura

artes

astrologia

astronáutica

astronomia

aves

aviação

brasil

cantinhos de portugal

cantores

capitais

ciências ocultas

civilizações

crustáceos

culinária

curiosidades

desportos

electrónica

energia

fenómenos

festividades

figueira da foz

filosofia

geografia

guerra

história de portugal

história mundial

humor

informática

insectos

lazer

lisboa

literatura

locais sagrados

madeira

máquinas

mar

medicina

medicina natural

mistérios

monumentos

música

natureza

oceanos

palácios

peixes

pensamentos

pessoas célebres

poemas

poetas

religião

relíquias

rios

saúde

superstições

tecnologias

tradições

transportes

turismo

união europeia

todas as tags

Hora e Temperatura locais (clique, veja a sua zona)

Click for Coimbra, Portugal Forecast

........ Anjo da Paz ........

Anjo da PAZ

Blogues Amigos



À Beira Mar


A Iluminura


A Magia das Palavras


A Papoila


A Serpente Emplumada


Acerca do Mundo


Amicus Ficaria


Ana Luar


Arodla 2006


As the world turns


Barão da Tróia


Bella Mistura


Bióloga Poetisa


Blog da Berenice


Blog da Dalva


Blog das Trevas


Blogamizade


Blog Blogs SAPO


Boanova


Cantinho da Florinda


Cantinho da TiBéu


Canto da Conchita


Chica Ilhéu - Açores


Chuviscos


Cidália Santos


Competências


Confraria das Bifanas


Continua a Sorrir


Dador de Madula Óssea


Deixa-me !...


Doença de Parkinson


Domínio dos Anjos


Dreamers of the Night


Ecos do Tempo


Escrevinhando com o Coração


Eterna Parte de Mim


Evasões Bárbaras


Ex-Improviso


Fadinha Arodla


Fallen Angel - Marisocas


Fátima Cidade de Acolhimento


Floresta de Lórien


FLP - Aloé Vera


Formas & Meios


Formiguinha Atómica


Gatinhos Voadores


Ideias e Ideais - Terceira


Isis


Janela Aberta


José Lessa


Lua e Estrela


Mar y Sol


Menina Marota


Momentos a Dois


Mudar o Template


Noites do Amanhecer


O Atónito


O Estrelado


O PALHETAS -Figueira da Foz-


O Sal da Nossa Pele


O Sino da Aldeia


O Teu Doce Olhar


Paraquedista


Paredes de Coura


Parkinson Campinas


PAVANN


Por Terras do Rei Wamba


Princesa do Mar


Putoreguila


Quinto Poder


Rumo ao Sul


Sabor Latino


Sabor da Cozinha


Segunda Vida


Sem Imaginação


Sentimentos


Som & Tom


Sombreiro


Terena, vila Alentejana


Uma caracol falante


Virtual Realidade






Utilitários



FIGUEIRA DA FOZ
on-line

O seu browser não suporta flash. Necessita instalar o "plug-in".



Meteorologia




Portal dos Sites