Segunda-feira, 4 de Setembro de 2006

O Palácio Nacional da Ajuda

 
Palácio Nacional da Ajuda e Estátua de D. Carlos I, Lisboa, Portugal
 
Palácio Nacional da Ajuda e Estátua de D. Carlos I, Lisboa, Portugal
 
 

 

O Palácio Nacional da Ajuda é um monumento nacional português, situado na freguesia da Ajuda, em Lisboa.
 
Antigo Palácio Real, é hoje um museu, estando também instalados no edifício a Biblioteca Nacional da Ajuda e o Ministério da Cultura
.
 
Origens: a Real Barraca
 
As origens do Paço da Ajuda remontam ao terramoto de 1 de Novembro de 1755, que destruiu praticamente toda a cidade de Lisboa, incluindo a residência do Rei, o velho Palácio da Ribeira, que estava situado no Terreiro do Paço, junto ao Rio Tejo. A família Real encontrava-se nesse dia em Belém, zona oriental da cidade onde os efeitos do terramoto não se fizeram sentir com tanta intensidade. Desta forma, o Rei D.José mandou construir no alto da Ajuda um Palácio de Madeira (com medo de um novo abalo telúrico), a que se chamou Real Barraca. Aí viveria até morrer, em 1777. A sua filha e sucessora, D.Maria I habitava, desde o seu casamento com D.Pedro III, o Palácio de Queluz, pelo que a construção de um novo Palácio Real só foi decidido na sequência de um incêndio que destruiu a Real Barraca, em 1795. Decidiu então o Príncipe Regente D.João fazer construir o actual edifício (começado a erguer no início do século XIX
ao gosto neoclássico), que ficou incompleto devido às invasões francesas, que obrigaram a família real a retirar-se para o Brasil.
 
Regresso de D.João VI
 
Quando D.João VI regressou a Portugal (na sequência na revolução liberal de 1820), ainda o Palácio não estava concluído, pelo que o monarca foi viver para o Palácio da Bemposta, onde morreu. Em 1828, foi ainda palco (na actual Sala dos Banquetes) da reunião das Cortes que aclamaram D.Miguel
como Rei de Portugal.
 
Residência oficial do Rei
 
Só foi residência permanente da família real quando D. Luís I se tornou rei em 1861 e casou com uma princesa italiana, Maria Pia de Sabóia. D.Luís tomou a decisão de se instalar no Palácio depois das mortes sucessivas dos seus irmãos D.Pedro V, D.Fernando e D.João, respondendo assim aos apelos do povo, que considerava amaldiçoado o Palácio das Necessidades. A sua jovem esposa, D.Maria Pia, encarregou-se então da condigna decoração das principais salas do palácio. Aqui nasceram os príncipes D.Carlos e D.Afonso. O Palácio foi palco dos principais acontecimentos políticos da segunda metade do século XIX, como é o caso do golpe do Marechal Saldanha
, que cercou o Paço, obrigando o Rei a nomeá-lo chefe do governo, tendo ouvido então a célebre frase de D.Maria Pia: se eu fosse o rei, mandava-o fuzilar.
 
Residência da Rainha-Mãe
 
Após a morte de D.Luís, em 1889, D.Carlos não quis privar a mãe de residir na Ajuda, resolvendo então habitar o velho Paço das Necessidades, reservando porém as salas do andar nobre da Ajuda para as cerimónias oficiais do seu reinado. Aqui decorreram os banquetes e recepções de Estado em honra de Eduardo VII de Inglaterra, Afonso XIII de Espanha, Guilherme II da Alemanha, Émile Loubet, Presidente da República Francesa, entre outros convidados de Estado que visitaram Portugal durante o reinado de D.Carlos. D.Maria Pia residiu no Palácio até Outubro de 1910, data em que foi forçada a abandonar Portugal, na sequência da derrocada da Monarquia
.
 
O Palácio na actualidade
 
Encerrado durante vários anos, apenas no Estado Novo
o Palácio seria transformado em Museu, continuando a servir de cenário às recepções oficiais do Estado.
 
As luxuosas salas estão decoradas com papel de seda, porcelanas de Sèvres e candelabros de cristal. Um dos exemplos do luxo real é a extraordinária Sala Saxe, um presente do rei da Saxónia a Maria Pia, em que todas as peças de mobiliário estão decoradas com porcelanas de Meissen
. No piso térreo conservam-se ainda relativamente intactos os aposentos de D.Luís I e de D.Maria Pia.
 
No primeiro andar, o enorme Salão de Banquetes apresenta candelabros de cristal, cadeiras forradas a seda e uma alegoria ao nascimento de D. João VI nos frescos do tecto, o que é realmente impressionante. Na outra extremidade do palácio, o estúdio neogótico de D. Luís I é decorado com mobílias refinadamente esculpidas. São ainda particularmente imponentes as Salas do Trono, dos Embaixadores e de D.João IV, que são ainda utilizadas pela Presidência da República
para recepções e cerimónias de Estado, nomeadamente a posse dos Governos Constitucionais.
 
Foi classificado como Monumento Nacional em 1910.
Fonte: Wikipédia.

Publicado por: Praia da Claridade às 00:55
Link do post | comentar
7 comentários:
De Moura a 4 de Setembro de 2006 às 11:38
Parabéns pelo blog! Graças aos posts que tenho escrito sobre a Ilha Terceira acabei por estabelecer uma "teia" que me conduziu a este blog "vizinho" (da Figueira da Foz-praia da minha infância e juventude).Vai ser útil para recomendar aos meus alunos. Um abraço, Moura


De soaresesilva a 4 de Setembro de 2006 às 12:07
Tenho visitado diversas vezes o Palácio da Ajuda não só o Palácio em si mas muitas exposições que ali se realizam. Acho que tem sido bem aproveitado e há sempre longas filas de pessoas a visitá-lo.


De Cakau a 4 de Setembro de 2006 às 15:36
Aqui aprende-se! Parabéns pelo blog :) E votos de uma boa semana, também *


De Martuxa a 4 de Setembro de 2006 às 19:41
Um monumento lindíssimo =)


De aldoramira a 4 de Setembro de 2006 às 20:04
Ando a anos par ir visitar este Palácio mas nunca calhou.
Já ouvi dizer que está bem conservado, e que é muito bonito.
Bj
Aroda


De jo a 4 de Setembro de 2006 às 21:20
Acho o Palácio da Ajuda lindo e tenho visto lá muitas exposições, mas tenho pena que nunca tenham construído a outra ala. Não esquecer, estamos em Portugal!
Abraço


De isa&luis a 7 de Setembro de 2006 às 00:39
Olá,
Vir ao teu cantinho é sair sempre mais rica em sabedoria.

Obrigada por todo este conhecimento precioso.

Beijinhos

Isa


Comentar Artigo

FILIPE FREITAS

Pesquisar neste blog

 

Figueira da Foz
PORTUGAL




Os meus outros cantinhos
Clique nas duas imagens:
 



  Clique na imagem seguinte
        para ver o vídeo do

    Mar da Figueira da Foz


       Fonte Luminosa
       Figueira da Foz

      
Video: Filipe Freitas



SELO da minha Praia
..... pode levá-lo .....




Músicas



PRAIA da CLARIDADE nasceu em:

30/Janeiro/2005

Os 50 Artigos mais Recentes

Batalha da Roliça

Revolução dos Cravos

Massacre de Lisboa de 150...

O Alasca foi vendido

Páscoa: este ano é muito ...

Feliz Dia de São Valentim...

Padre António Vieira

Centenário do Regicídio d...

Descoberta da Vacina

Daguerreótipo

Feliz Ano de 2008 !

Lua Azul

Fossa das Marianas

Flor-do-Natal

Calçada da Fama

Beatriz Costa

Frank Sinatra

Tubarão-touro

Miguel de Vasconcelos

Restauração da Independên...

Egas Moniz

Maiores campos de gelo e ...

Tumba de Herodes

A Bela Adormecida na Figu...

Bola de ténis

Qual a cidade mais fria d...

Tautologia

O maior grupo de lagos de...

Macaronésia

Chuva de estrelas

Erupções vulcânicas

Lenda de São Martinho

Mário Viegas

Muro de Berlim

Libelinha

Castanhas

Falha de Santo André

Quinze anos ao telemóvel

Fotografia Aérea com Papa...

Chuva de animais

Pseudo-fruto

Elevador da Glória

1.º avião do mundo

Maçã

Funicular

Amistad

Turbante

O primeiro satélite artif...

José Hermano Saraiva

Masseiras

Arquivos Mensais

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Temas

acidentes

açores

actores

alimentação

ambiente

animais

arquitectura

artes

astrologia

astronáutica

astronomia

aves

aviação

brasil

cantinhos de portugal

cantores

capitais

ciências ocultas

civilizações

crustáceos

culinária

curiosidades

desportos

electrónica

energia

fenómenos

festividades

figueira da foz

filosofia

geografia

guerra

história de portugal

história mundial

humor

informática

insectos

lazer

lisboa

literatura

locais sagrados

madeira

máquinas

mar

medicina

medicina natural

mistérios

monumentos

música

natureza

oceanos

palácios

peixes

pensamentos

pessoas célebres

poemas

poetas

religião

relíquias

rios

saúde

superstições

tecnologias

tradições

transportes

turismo

união europeia

todas as tags

Hora e Temperatura locais (clique, veja a sua zona)

Click for Coimbra, Portugal Forecast

........ Anjo da Paz ........

Anjo da PAZ

Blogues Amigos



À Beira Mar


A Iluminura


A Magia das Palavras


A Papoila


A Serpente Emplumada


Acerca do Mundo


Amicus Ficaria


Ana Luar


Arodla 2006


As the world turns


Barão da Tróia


Bella Mistura


Bióloga Poetisa


Blog da Berenice


Blog da Dalva


Blog das Trevas


Blogamizade


Blog Blogs SAPO


Boanova


Cantinho da Florinda


Cantinho da TiBéu


Canto da Conchita


Chica Ilhéu - Açores


Chuviscos


Cidália Santos


Competências


Confraria das Bifanas


Continua a Sorrir


Dador de Madula Óssea


Deixa-me !...


Doença de Parkinson


Domínio dos Anjos


Dreamers of the Night


Ecos do Tempo


Escrevinhando com o Coração


Eterna Parte de Mim


Evasões Bárbaras


Ex-Improviso


Fadinha Arodla


Fallen Angel - Marisocas


Fátima Cidade de Acolhimento


Floresta de Lórien


FLP - Aloé Vera


Formas & Meios


Formiguinha Atómica


Gatinhos Voadores


Ideias e Ideais - Terceira


Isis


Janela Aberta


José Lessa


Lua e Estrela


Mar y Sol


Menina Marota


Momentos a Dois


Mudar o Template


Noites do Amanhecer


O Atónito


O Estrelado


O PALHETAS -Figueira da Foz-


O Sal da Nossa Pele


O Sino da Aldeia


O Teu Doce Olhar


Paraquedista


Paredes de Coura


Parkinson Campinas


PAVANN


Por Terras do Rei Wamba


Princesa do Mar


Putoreguila


Quinto Poder


Rumo ao Sul


Sabor Latino


Sabor da Cozinha


Segunda Vida


Sem Imaginação


Sentimentos


Som & Tom


Sombreiro


Terena, vila Alentejana


Uma caracol falante


Virtual Realidade






Utilitários



FIGUEIRA DA FOZ
on-line

O seu browser não suporta flash. Necessita instalar o "plug-in".



Meteorologia




Portal dos Sites