Quinta-feira, 31 de Março de 2005

Torre Eiffel


31 de MARÇO
Inauguração da Torre Eiffel, em Paris-França, no ano de 1889
.


O séc. XIX foi palco de um espectacular progresso da técnica construtiva, ligado às necessidades da população industrial, ao crescimento da urbanização, etc. A interacção entre o cimento e aço, o vidro e o cristal, teve aí as suas origens. Um facto histórico é a Torre Eiffel, erguida no ano de 1889 para comemorar o centenário da revolução francesa.
A Torre foi construída por Gustave Eiffel para ser exposta temporariamente na Feira Mundial, realizada naquele ano em Paris. Foi quase destruída em 1909, e só foi salva por ter sido descoberto que era útil para a transmissão de sinais de rádio. Tornou-se assim um dos monumentos mais famosos do mundo.
A sua estrutura não é apenas um ponto de referência reconhecido no mundo inteiro. É também uma das mais populares obras arquitectónicas do mundo ocidental, um emblema da modernidade francesa.
A Torre Eiffel serve actualmente como ponto turístico da cidade de Paris.
Anualmente, recebe cerca de seis milhões de turistas de todo o mundo. A iluminação interna faz com que a Torre, durante a noite, se pareça com uma gigantesca vela dourada. De qualquer forma, seja durante o dia ou durante a noite, é o cartão postal mais representativo do país e a imagem que mais faz recordar a França.


TorreEiffel.jpg

Publicado por: Praia da Claridade às 00:09
Link do post | comentar
Quarta-feira, 30 de Março de 2005

Gago Coutinho e Sacadura Cabral

Primeira travessia aérea do Atlântico Sul.

 

Entre os dias 30 de março e 17 de junho de 1922  - faz hoje 83 anos - os aviadores portugueses Gago Coutinho e Sacadura Cabral, a bordo de um hidroavião inglês Fairey III D, voaram de Lisboa (Portugal) até Rio de Janeiro (Brasil), com várias escalas, a bordo de um hidroavião inglês Fairey III D.
Publicado por: Praia da Claridade às 22:42
Link do post | comentar

Espaço RISOTA


Alentejanos no balet


Maria e Manuel vão ao Teatro Municipal assistir "A Morte  do  Cisne".
Maria, muito cansada após um longo dia de trabalho,  dorme profundamente durante a maior parte do espectáculo. Acorda, sem graça, pergunta ao marido:
"Manuel, dormi...  Será que alguém da plateia notou?"
Responde o Manuel:
"Da plateia não sei, mas todos os artistas sim, pois há  horas que caminham na pontinha dos pés para não te acordar..."
Publicado por: Praia da Claridade às 00:34
Link do post | comentar
Terça-feira, 29 de Março de 2005

Figueira da Foz - dados históricos


"A Figueira da Foz é uma cidade portuguesa no Distrito de Coimbra, região Centro e sub-região do Baixo Mondego, com cerca de 32.500 habitantes.


O Município

É sede de um município com 378,21 km² de área e 62.601 habitantes (2001), subdividido em 18 freguesias. O município é limitado a norte pelo município de Cantanhede, a leste por Montemor-o-Velho e Soure, a sul por Pombal e a oeste tem litoral no Oceano Atlântico.

A Figueira da Foz fica, portanto, situada no litoral atlântico, junto à foz do rio Mondego, e foi um dos centros turísticos mais importantes de Portugal.

A população activa reparte-se entre as várias actividades económicas da região, com destaque para a pesca, indústria vidreira, actividades ligadas ao turismo, construção naval, produção de celulose, indústria de sal e, como não podia deixar de ser, a agricultura.

O território concelhio é atravessado a meio pelo Rio Mondego e da sua rede hidrográfica fazem parte várias ribeiras e cinco lagoas (Salgueiros, Vela, Braças, Corvos e Leirosa). A regularização das margens do rio provocou sérias transformações na prática agrícola.


História

Lugar de ocupação humana muito antiga, a Figueira da Foz conheceu um grande crescimento no século XVIII devido ao movimento do porto e ao desenvolvimento da indústria de construção naval.
Foi elevada à categoria de vila em 1771. Continuou a crescer ao longo do século XIX devido à abertura de novas vias de comunicação e à afluência de veraneantes. Em 1882, foi elevada à categoria de cidade. Nos finais do século XIX e início do século XX construiu-se o chamado Bairro Novo, de malha regular, onde se instalaram os hotéis, casino, restaurantes e onde se concentra a actividade comercial. Devido às condições naturais e ao equipamento turístico, a Figueira impôs-se como estância balnear não apenas para a zona centro de Portugal, mas também para famílias alentejanas abastadas e espanholas."

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Figueira_da_Foz

 

A economia do concelho da Figueira da Foz é baseada na indústria da celulose, papel, têxtil e construção naval.

Segundo a história, pensa-se que o Couto de Tavarede estará na base da independência administrativa da Figueira da Foz.
No ano de 1516 D. Manuel I concede-lhe Foral e em 1770 a Câmara transfere-se de Tavarede para a Figueira da Foz.
No ano de 1771, por decreto do Rei D. José I, é elevada a vila com a designação de Figueira da Foz do Mondego e em 1882 é elevada a cidade.

LocalizarFigueiraDaFoz.jpg               BandeiraFigueiraDaFoz.jpg
        Localização   e   Bandeira da Figueira da Foz

Publicado por: Praia da Claridade às 00:04
Link do post | comentar | ver comentários (1)
Segunda-feira, 28 de Março de 2005

O mar (da Figueira da Foz?...)

A VOZ DO MAR

O Artur sentiu sobre a orelha uma coisa muito fria, com um som...
- O que é, mãe?
- Não ouves?
Sim, ouvia. Era um som pesado lá ao longe e que depois vinha, vinha e subia, e que depois se tornava mais brandinho, para logo voltar a vir de longe. Parecia música, mas não era bem música. E talvez fosse. Bom, não seria bem música.
- O que é, mãe? - voltou a perguntar. - Que barulho é este?
- É o mar... É a voz do mar...
- A voz do mar?!
- O mar fica longe, mas a voz meteu-se aí dentro. Isto é um búzio.
- E onde nascem os búzios?
- No mar.
- Então é por isso que se ouve...
- Pois é. As ondas fazem um barulho assim quando se ouvem ao longe. E a gente está longe. Não ouves a voz que lá vem?
- Oiço.
- E depois quebra-se assim como as ondas na areia.
- Então isto é o mar? O mar é o oceano. No mapa chamam-lhe oceano. Parece que há vários... . Eu já ouvi aos que andam no  quarto ano: é o Oceano Atlântico, o Oceano Índico...
- Não achas que mar é mais bonito?
- Pois é, mar é muito mais bonito.
De repente, fechou os olhos e juntou as duas mãos sobre o búzio, apertando-o contra o ouvido.
- Agora deve ser um navio que lá vem. É mesmo, é, é um navio...
A mãe aproximou  o ouvido, desviando o lenço.
- Não ouves?
Não, a mãe não ouvia... Mas o importante para ele era ter o mar apertado entre as mãos. Lá vinha uma onda... e outra.

Alves Redol, Histórias Afluentes
Publicado por: Praia da Claridade às 00:17
Link do post | comentar

FIGUEIRA antiga

Há muitos anos havia "carros eléctricos" na Figueira da Foz...
Mas, nesse tempo, a "electricidade" eram....  cavalos !!!...
Reparem:


136.jpg


040.jpg


Fonte: www.figueira.net/fotosantigas/slideshow.html

Publicado por: Praia da Claridade às 00:08
Link do post | comentar
Domingo, 27 de Março de 2005

As castanhas

Já não se dá às castanhas
O valor de antigamente
Havia festas tamanhas
Que alegravam toda a gente!...

Eram as celebrações
Da festa de São Martinho
D'água pé em garrafões
Ou na falta o novo vinho.

Comiam-se até fartar
E não nos faziam mal
Mas agora é só provar
Logo elas dão sinal !...

Bem quietinhas e caladas
Mas depois as atrevidas
Tornam-se disparatadas
Depois de serem comidas!…

Se as comemos ao jantar
E nada a ninguém dizemos
Elas vão apregoar
Que nós castanhas comemos.

Sabem bem mas são estranhas
Discutem e armam briga
Porque as malditas castanhas
Não se dão com a barriga!…

Euclides Cavaco
______________________________________________

Mas como estamos na Páscoa, não coma castanhas, coma amêndoas, mas cuidado com os dentes...

... Comer amêndoas durante o período da Páscoa é para nós, que vivemos no mundo ocidental, uma atitude normal.
As amêndoas são uma gulodice que faz parte da nossa civilização.

Publicado por: Praia da Claridade às 00:02
Link do post | comentar | ver comentários (3)
Sábado, 26 de Março de 2005

Páscoa

A origem da Páscoa na Europa remonta a bem longe, aos antigos rituais pagãos do início da primavera (que no Hemisfério Norte inicia em Março).
Nestes lugares, as tradições de Páscoa incluem a decoração de ovos cozidos e as brincadeiras com os ovos de Páscoa como, por exemplo, rolá-los ladeira abaixo, onde será vencedor aquele ovo que rolar mais longe sem quebrar...

Para todos os que visitarem esta página os meus votos sinceros de:

PASCOA2.GIF

Publicado por: Praia da Claridade às 00:08
Link do post | comentar | ver comentários (1)
Sexta-feira, 25 de Março de 2005

D. Sebastião

D. Sebastião, neto de D.João III, nasceu em Lisboa, em 20 de Janeiro de 1554.
Foi rei de Portugal a partir de 1568, ano em que atingiu a maioridade legal, até 1578, quando desapareceu...
... 
numa manhã de nevoeiro, na batalha de Alcácer Quibir.
Não chegou a conhecer o seu pai, o príncipe D.João, que morreu 18 dias antes do seu nascimento.
Após o desaparecimento de D. Sebastião a disputa pela sucessão revelou-se problemática: a união dinástica com Espanha estava eminente, dado que Filipe II de Espanha era neto de D. Manuel e pretendente em linha directa do trono de Portugal. Se a união interessava às classes privilegiadas, não era aprovada pelo povo, que, por tradição, se opunha a tudo o que era castelhano.
Assim, se explica o porquê da figura de D. Sebastião constituir um autêntico estandarte da portugalidade.
D. Sebastião deu prioridade às conquistas africanas. Aliás, tal facto acabará por lhe ser fatal para a sua própria vida, visto que foi em África, na já referida praça de Alcácer Quibir, que morreu.
D. Sebastião, o Desejado, desapareceu na Batalha de Alcácer Quibir, uma praça forte do Norte de África, em 1578. O rei estava de tal modo empenhado na política de reconquistas de terras aos Mouros e pelo ideal da cruzada anti-islâmica, que ele próprio foi combater. Contudo, as tropas portuguesas sofreram uma derrota catastrófica e o jovem monarca não escapou à tragédia.
Depois de ter atracado em Alcácer-Quibir a 27 de Julho, terá morrido a 4 de Agosto de 1578, o dia da batalha.

Fonte: http://www.citi.pt/cultura/historia/personalidades/d_sebastiao/nota.html
Publicado por: Praia da Claridade às 01:25
Link do post | comentar | ver comentários (1)
Quinta-feira, 24 de Março de 2005

Tuberculose

24 DE MARÇO – DIA MUNDIAL DE LUTA CONTRA A TUBERCULOSE

Uma recomendação... um pensamento...

“Todos os dias morrem quase 500 crianças com tuberculose (TB).
Este número tem tendência a aumentar, se não se incrementarem os esforços de prevenção de tratamento. Mais do que nunca, mais pessoas, em mais países, estão em risco de contrair TB.
A tuberculose cria mais crianças órfãs do que qualquer doença infecciosa. É também a doença que mais mata entre as mulheres, ultrapassando todas as causas de mortalidade materna. As mortes por tuberculose entre as mulheres têm implicações importantes para a sobrevivência da criança e para o bem-estar da família.
É difícil diagnosticar a TB em crianças. Contudo, o tratamento e um controle efectivo, são ambos possíveis e financeiramente acessíveis.

O que é a Tuberculose ?

A tuberculose é causada por infecção com o bacilo Mycobacterium tuberculosis. A tuberculose pode afectar os pulmões – Tuberculose pulmonar. Os bacilos da tuberculose também podem entrar na corrente sanguínea e difundir-se para outros órgãos do corpo – Tuberculose extra-pulmonar. A Tuberculose pulmonar é mais vulgar nos adultos; a Tuberculose extra-pulmonar é mais frequente em crianças. A tuberculose extra-pulmonar não é contagiosa.
Há diferença entre a infecção tuberculosa e a doença tuberculosa. Uma pessoa exposta aos bacilos da tuberculose e que se infecta, tem infecção tuberculosa (ou tuberculose latente). Por vezes, a infecção progride para doença tuberculosa (tubérculos, tuberculose activa, doença activa).
Uma vez infectada com tuberculose, uma pessoa permanece infectada para o resto da vida. Muitas pessoas não desenvolvem doença tuberculosa. Num indivíduo saudável, o sistema imunitário impede os bacilos de se multiplicar, a ponto de causarem doença. O sistema imunitário de uma criança é menos desenvolvido do que o de um adulto. Isto permite que a tuberculose se espalhe por diferentes partes do corpo, durante a infecção inicial. Mais tarde, a doença pode começar a desenvolver-se nestes locais, especialmente se o sistema imunitário da criança não estiver a funcionar bem.
O risco de desenvolver doença activa depende do estado nutricional da criança. As crianças mal-nutridas estão em maior risco. As crianças que têm sarampo ou tosse convulsa também têm menos resistência aos bacilos da tuberculose e têm mais tendência a desenvolver doença activa.

Como se transmite a TB ?

Os adultos são a principal fonte de infecção tuberculosa na comunidade.
A tuberculose pulmonar activa é a única forma de doença que é contagiosa, transmitindo-se de pessoa a pessoa, através do ar.
Os pulmões de uma pessoa com doença pulmonar activa podem criar cavidades que estão cheias de bacilos da TB.
Quando a pessoa tosse ou espirra, espalha para o ar grandes quantidades de bacilos da TB, a partir dos pulmões, em pequenas gotículas. A família, os amigos, os colegas e trabalhadores de saúde que têm contacto estreito com alguém que tenha TB activa, estão em maior risco.

Transmissão intra-domiciliária

As crianças com TB, são normalmente infectadas por um adulto com baciloscopia positiva que vive na mesma casa. Por isso o rastreio dos contactos é essencial para detectar, precocemente, a infecção em crianças pequenas.
No Malawi, 282 crianças com menos de seis anos de idade, que tinham contactos domiciliários de adultos com baciloscopia positiva, foram investigados para TB. O despiste  (baseado na consistência  dos sintomas, aspectos radiológicos, testes de reacção a tuberculina e respostas ao tratamento) demonstrou que 180 destas crianças (63,8 por cento) tinham TB. Esta taxa de transmissão é extremamente elevada. O estudo concluiu que o despiste de contactos de crianças é essencial nas famílias em que um adulto tem TB contagiosa, dado o risco considerável da criança desenvolver doença tuberculosa.

Sintomas de TB

Adultos com tuberculose pulmonar têm dor torácica e tosse persistente, por vezes com sangue na expectoração. Fraqueza (astenia), suores nocturnos, febre e perda de peso são sintomas de TB pulmonar e extra-pulmonar.
Contudo, os sinais e sintomas de TB nas crianças, são inespecíficos. Por outras palavras, são semelhantes aos sintomas resultantes de uma série de doenças da infância. As crianças com tuberculose podem ter tosse, perda de peso inexplicada, gânglios aumentados, convulsões e rigidez da nuca.
As comunidades devem conhecer os sintomas da TB, que esta pode ser tratada e os pais devem saber quando os seus filhos necessitam de cuidados médicos. As atitudes e crenças dos pais em relação a TB têm também influência no facto deles trazerem ou não os seus filhos para serem observados numa consulta e garantir que completem o tratamento.
”

Fonte: http://www.stome.net/cnes/cnes0/tuberc.htm
In Boletim internacional...
”Falando da Saúde da Criança”, Nº. 2, 2ºtrim. 1997

Acrescento, com bastante preocupação:
Apesar do estado avançado da medicina em relação à tuberculose - actualmente consegue-se curar - ainda morrem 2 milhões de pessoas por ano no mundo, segundo dados divulgados hoje pela Comunicação Social.

Publicado por: Praia da Claridade às 00:07
Link do post | comentar

FILIPE FREITAS

Pesquisar neste blog

 

Figueira da Foz
PORTUGAL




Os meus outros cantinhos
Clique nas duas imagens:
 



  Clique na imagem seguinte
        para ver o vídeo do

    Mar da Figueira da Foz


       Fonte Luminosa
       Figueira da Foz

      
Video: Filipe Freitas



SELO da minha Praia
..... pode levá-lo .....




Músicas



PRAIA da CLARIDADE nasceu em:

30/Janeiro/2005

Os 50 Artigos mais Recentes

Batalha da Roliça

Revolução dos Cravos

Massacre de Lisboa de 150...

O Alasca foi vendido

Páscoa: este ano é muito ...

Feliz Dia de São Valentim...

Padre António Vieira

Centenário do Regicídio d...

Descoberta da Vacina

Daguerreótipo

Feliz Ano de 2008 !

Lua Azul

Fossa das Marianas

Flor-do-Natal

Calçada da Fama

Beatriz Costa

Frank Sinatra

Tubarão-touro

Miguel de Vasconcelos

Restauração da Independên...

Egas Moniz

Maiores campos de gelo e ...

Tumba de Herodes

A Bela Adormecida na Figu...

Bola de ténis

Qual a cidade mais fria d...

Tautologia

O maior grupo de lagos de...

Macaronésia

Chuva de estrelas

Erupções vulcânicas

Lenda de São Martinho

Mário Viegas

Muro de Berlim

Libelinha

Castanhas

Falha de Santo André

Quinze anos ao telemóvel

Fotografia Aérea com Papa...

Chuva de animais

Pseudo-fruto

Elevador da Glória

1.º avião do mundo

Maçã

Funicular

Amistad

Turbante

O primeiro satélite artif...

José Hermano Saraiva

Masseiras

Arquivos Mensais

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Temas

acidentes

açores

actores

alimentação

ambiente

animais

arquitectura

artes

astrologia

astronáutica

astronomia

aves

aviação

brasil

cantinhos de portugal

cantores

capitais

ciências ocultas

civilizações

crustáceos

culinária

curiosidades

desportos

electrónica

energia

fenómenos

festividades

figueira da foz

filosofia

geografia

guerra

história de portugal

história mundial

humor

informática

insectos

lazer

lisboa

literatura

locais sagrados

madeira

máquinas

mar

medicina

medicina natural

mistérios

monumentos

música

natureza

oceanos

palácios

peixes

pensamentos

pessoas célebres

poemas

poetas

religião

relíquias

rios

saúde

superstições

tecnologias

tradições

transportes

turismo

união europeia

todas as tags

Hora e Temperatura locais (clique, veja a sua zona)

Click for Coimbra, Portugal Forecast

........ Anjo da Paz ........

Anjo da PAZ

Blogues Amigos



À Beira Mar


A Iluminura


A Magia das Palavras


A Papoila


A Serpente Emplumada


Acerca do Mundo


Amicus Ficaria


Ana Luar


Arodla 2006


As the world turns


Barão da Tróia


Bella Mistura


Bióloga Poetisa


Blog da Berenice


Blog da Dalva


Blog das Trevas


Blogamizade


Blog Blogs SAPO


Boanova


Cantinho da Florinda


Cantinho da TiBéu


Canto da Conchita


Chica Ilhéu - Açores


Chuviscos


Cidália Santos


Competências


Confraria das Bifanas


Continua a Sorrir


Dador de Madula Óssea


Deixa-me !...


Doença de Parkinson


Domínio dos Anjos


Dreamers of the Night


Ecos do Tempo


Escrevinhando com o Coração


Eterna Parte de Mim


Evasões Bárbaras


Ex-Improviso


Fadinha Arodla


Fallen Angel - Marisocas


Fátima Cidade de Acolhimento


Floresta de Lórien


FLP - Aloé Vera


Formas & Meios


Formiguinha Atómica


Gatinhos Voadores


Ideias e Ideais - Terceira


Isis


Janela Aberta


José Lessa


Lua e Estrela


Mar y Sol


Menina Marota


Momentos a Dois


Mudar o Template


Noites do Amanhecer


O Atónito


O Estrelado


O PALHETAS -Figueira da Foz-


O Sal da Nossa Pele


O Sino da Aldeia


O Teu Doce Olhar


Paraquedista


Paredes de Coura


Parkinson Campinas


PAVANN


Por Terras do Rei Wamba


Princesa do Mar


Putoreguila


Quinto Poder


Rumo ao Sul


Sabor Latino


Sabor da Cozinha


Segunda Vida


Sem Imaginação


Sentimentos


Som & Tom


Sombreiro


Terena, vila Alentejana


Uma caracol falante


Virtual Realidade






Utilitários



FIGUEIRA DA FOZ
on-line

O seu browser não suporta flash. Necessita instalar o "plug-in".



Meteorologia




Portal dos Sites