Quinta-feira, 4 de Maio de 2006

O Chuchu

 
O Chuchu
   
  
 

O Chuchu  (Sechium edule) é uma hortaliça-fruto ou seja, um vegetal da categoria dos legumes.
 
Apesar de ser uma hortaliça, ou seja, poder ser cultivada na horta caseira, é considerada um fruto, tal como o tomate. A sua origem é atribuída à América Central em países como Costa Rica e Panamá.
 
 
Origem
 
Segundos alguns historiadores essa hortaliça-fruto já era cultivada no Caribe à época do descobrimento da América.
 
Era bem conhecida na antiguidade pelos Astecas e tinha grande destaque entre as demais hortaliças cultivadas na época, devido ao seu sabor característico e bastante suave para ser consumido durante o ano todo. De fácil digestão, rica em fibras e pobre em calorias, bom para um regime alimentar.
 
Na Madeira é conhecida por pepinela e faz parte da gastronomia local.
 
Destaca-se por ser uma fonte de potássio e fornecer vitaminas A e C. O chuchu é uma Cucurbitácea, tal como o pepino, as abóboras, o melão e a melancia.
 
 
Tipos
 
Possui uma grande gama de frutos quanto à forma, tamanho e cor. Estes podem ser arredondados ou terem a forma de pêra, mais comummente encontrada nas feiras e mercados.
 
A casca pode ser lisa ou com espinhos, conforme a espécie, a sua cor varia do branco ao verde bem escuro. No mercado há preferência pelos frutos de casca verde-clara, sem espinhos, com tamanho de 12 a 18 cm de comprimento (fruto graúdo) e 7 a 10 cm (fruto miúdo). Os frutos quando passados apresentam a casca sem brilho e amarelada e com a ponta mais larga começando a abrir-se. Por ser um fruto muito frágil, machuca-se com facilidade e a casca escurece rapidamente quando danificada, portanto deve-se escolher os frutos com cuidado, evitando de feri-los.
 
 
Como é vendido
 
Podemos encontrá-lo já descascado, cortado em cubos e embalado com filmes de plástico, ao natural ou pré-cozidos em mercados e locais de grande acesso público.
 
Certifique-se sempre que esse produto esteja exposto em gôndolas refrigeradas para garantir a sua adequada conservação, pois quando mantido em condição ambiente, estraga-se rapidamente. Os melhores preços de chuchu ocorrem entre os meses de Junho a Outubro.
 
 
Conservação
 
Para conservá-lo deve-se mantê-lo em condição ambiente entre 3 a 5 dias depois de colhidos, pois murcham muito rapidamente. Podemos conservá-lo por mais tempo, entre 6 a 8 dias, na parte de baixo do frigorífico, embalados em saco de plástico, caso contrário queimam-se com o frio pois são sensíveis a temperaturas baixas. O produto já descascado e picado conserva-se até 3 dias após o seu preparo, desde que mantido embalado em vasilha tapada ou em saco de plástico, na gaveta inferior do frigorífico.
 
 
Forma de consumo
 
Para consumi-lo não devemos comê-los crus, pois são duros para mastigar e quando os cortamos e o descascamos crus, devemos fazê-lo debaixo de água corrente, pois estes têm um líquido que "cola" nas mãos. Podem ser cozidos e refogados, podemos transformá-los em cremes, sopas, suflés, bolo ou salada fria. Para consumo como refogado ou salada, escolha os frutos mais novos e menores e com casca brilhante.
 
Quando os frutos estão maduros, com a parte de baixo a começar a abrir, são excelentes para a elaboração de suflés, pois são mais consistentes e têm mais fibra. A casca pode ser removida antes ou após o cozimento. Quando os frutos estão bem novos podem ser consumidos com casca e miolo.
 
Do chuchu nada é desperdiçado, podemos consumir as folhas, brotos e raízes da planta, claro que depois de devidamente lavados. Os brotos refogados são ricos em vitaminas B e C e sais minerais como cálcio, fósforo e ferro.
 
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Publicado por: Praia da Claridade às 00:03
Link do post | comentar
7 comentários:
De soaresesilva a 4 de Maio de 2006 às 01:39
Queres crer quee nunca comi chuchu???? Hei-de procurá-los na praça e experimentar uma das tuas receitas.


De arodla2006 a 4 de Maio de 2006 às 13:29
Olá que bom Chuchus é raro comprar ,talvez porque onde faço as compras normalmente não tem, mas gosto muito guisados, gosto de colocar sempre verduras no arroz ou no esparguete, pois acho que torna mais saudavel, fujo de batatas e fritas nem vê-las senão fico mais gorda ainda.
beijinhos
Aldora


De Dalva a 4 de Maio de 2006 às 16:36
oi Filipe..
por aqui se come mmmmuuuiiitttooo chuchu.. minha preferencia é em forma de salada.
Mas.. eu te conto.. que usamos a expressäo chuchu.. qdo a pessoa é simpatica, agradável.. rsrsr..
dizemos: fulano é um chuchu.. hihihi
entao Filipe.. vc é um chuchu (é uma forma carinhosa de tratamento)
um grande abraco


De Sindarin a 4 de Maio de 2006 às 18:09
Olá Filipe! K saudades, desculpa a ausência. Chuchu...ainda bem k se aproveita tudo porque qualquer dia só podemos comer mesmo chuchus :D Fora de brincadeiras, mais um óptimo post cheio de informações valiosas ñ sabia k tinha tantas vitaminas e sais minerais, ñ como confesso mas fizeste-me ficar curiosa! Bom fim de semana! Um beijo


De isa&luis a 5 de Maio de 2006 às 00:42
Olá,
Gostei de ler sobre o chuchu, visto que eu já os tive, mas so comia o fruto, as folhas e as raízes ,não sabia que se comiam:))

Estamos sempre aprender.

beijinhos

Isa


De teresa a 17 de Janeiro de 2008 às 16:38
olá!

gostava de saber onde posso comprar chuchus para plantar.

um abraço
Teresa


De Praia da Claridade a 17 de Janeiro de 2008 às 23:11
Agradeço a visita.
Sobre a plantação de chuchus, para já, desconheço...
Talvez possa encontrar ajuda neste site:
http://mulher.sapo.pt/articles/entusiasmo_media/jardins/artigos/dicas_e_truques/787356.print.html
Um Abraço
Filipe


Comentar Artigo

FILIPE FREITAS

Pesquisar neste blog

 

Figueira da Foz
PORTUGAL




Os meus outros cantinhos
Clique nas duas imagens:
 



  Clique na imagem seguinte
        para ver o vídeo do

    Mar da Figueira da Foz


       Fonte Luminosa
       Figueira da Foz

      
Video: Filipe Freitas



SELO da minha Praia
..... pode levá-lo .....




Músicas



PRAIA da CLARIDADE nasceu em:

30/Janeiro/2005

Os 50 Artigos mais Recentes

Batalha da Roliça

Revolução dos Cravos

Massacre de Lisboa de 150...

O Alasca foi vendido

Páscoa: este ano é muito ...

Feliz Dia de São Valentim...

Padre António Vieira

Centenário do Regicídio d...

Descoberta da Vacina

Daguerreótipo

Feliz Ano de 2008 !

Lua Azul

Fossa das Marianas

Flor-do-Natal

Calçada da Fama

Beatriz Costa

Frank Sinatra

Tubarão-touro

Miguel de Vasconcelos

Restauração da Independên...

Egas Moniz

Maiores campos de gelo e ...

Tumba de Herodes

A Bela Adormecida na Figu...

Bola de ténis

Qual a cidade mais fria d...

Tautologia

O maior grupo de lagos de...

Macaronésia

Chuva de estrelas

Erupções vulcânicas

Lenda de São Martinho

Mário Viegas

Muro de Berlim

Libelinha

Castanhas

Falha de Santo André

Quinze anos ao telemóvel

Fotografia Aérea com Papa...

Chuva de animais

Pseudo-fruto

Elevador da Glória

1.º avião do mundo

Maçã

Funicular

Amistad

Turbante

O primeiro satélite artif...

José Hermano Saraiva

Masseiras

Arquivos Mensais

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Temas

acidentes

açores

actores

alimentação

ambiente

animais

arquitectura

artes

astrologia

astronáutica

astronomia

aves

aviação

brasil

cantinhos de portugal

cantores

capitais

ciências ocultas

civilizações

crustáceos

culinária

curiosidades

desportos

electrónica

energia

fenómenos

festividades

figueira da foz

filosofia

geografia

guerra

história de portugal

história mundial

humor

informática

insectos

lazer

lisboa

literatura

locais sagrados

madeira

máquinas

mar

medicina

medicina natural

mistérios

monumentos

música

natureza

oceanos

palácios

peixes

pensamentos

pessoas célebres

poemas

poetas

religião

relíquias

rios

saúde

superstições

tecnologias

tradições

transportes

turismo

união europeia

todas as tags

Hora e Temperatura locais (clique, veja a sua zona)

Click for Coimbra, Portugal Forecast

........ Anjo da Paz ........

Anjo da PAZ

Blogues Amigos



À Beira Mar


A Iluminura


A Magia das Palavras


A Papoila


A Serpente Emplumada


Acerca do Mundo


Amicus Ficaria


Ana Luar


Arodla 2006


As the world turns


Barão da Tróia


Bella Mistura


Bióloga Poetisa


Blog da Berenice


Blog da Dalva


Blog das Trevas


Blogamizade


Blog Blogs SAPO


Boanova


Cantinho da Florinda


Cantinho da TiBéu


Canto da Conchita


Chica Ilhéu - Açores


Chuviscos


Cidália Santos


Competências


Confraria das Bifanas


Continua a Sorrir


Dador de Madula Óssea


Deixa-me !...


Doença de Parkinson


Domínio dos Anjos


Dreamers of the Night


Ecos do Tempo


Escrevinhando com o Coração


Eterna Parte de Mim


Evasões Bárbaras


Ex-Improviso


Fadinha Arodla


Fallen Angel - Marisocas


Fátima Cidade de Acolhimento


Floresta de Lórien


FLP - Aloé Vera


Formas & Meios


Formiguinha Atómica


Gatinhos Voadores


Ideias e Ideais - Terceira


Isis


Janela Aberta


José Lessa


Lua e Estrela


Mar y Sol


Menina Marota


Momentos a Dois


Mudar o Template


Noites do Amanhecer


O Atónito


O Estrelado


O PALHETAS -Figueira da Foz-


O Sal da Nossa Pele


O Sino da Aldeia


O Teu Doce Olhar


Paraquedista


Paredes de Coura


Parkinson Campinas


PAVANN


Por Terras do Rei Wamba


Princesa do Mar


Putoreguila


Quinto Poder


Rumo ao Sul


Sabor Latino


Sabor da Cozinha


Segunda Vida


Sem Imaginação


Sentimentos


Som & Tom


Sombreiro


Terena, vila Alentejana


Uma caracol falante


Virtual Realidade






Utilitários



FIGUEIRA DA FOZ
on-line

O seu browser não suporta flash. Necessita instalar o "plug-in".



Meteorologia




Portal dos Sites